Germinação e vigor de sementes de Caesalpinia ferrea Mart. ex. Tul. var. ferrea submetidas a diferentes regimes de luz e temperaturas

Maria de Lourdes dos Santos Lima, Edna Ursulino Alves, Luciana Rodrigues Araújo, Eliane da Silva Freire, Magnólia Martins Alves, Bruno Ferreira da Silva

Resumo


Caesalpinia ferrea Mart. ex. Tul. var. ferrea é uma arbórea da família Fabaceae recomendada na ornamentação de parques, praças, jardins centrais de avenidas, vias públicas e estacionamentos. Nesse sentido, o objetivo desse trabalho foi avaliar a germinação e o vigor de suas sementes quando submetidas a diferentes condições de luz e temperaturas. O trabalho foi realizado no Laboratório de Análise de Sementes do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal da Paraíba, em Areia - PB, com sementes de Caesalpinia ferrea submetidas aos seguintes tratamentos: regime de luz branca, verde, vermelha, vermelho distante e escura (ausência de luz), nas temperaturas de 25 e 30°C constantes e 20-30°C alternada. As características avaliadas foram a germinação, primeira contagem e índice de velocidade de germinação, bem como comprimento e massa seca de plântulas. A germinação das sementes de Caesalpinia ferrea é favorecida pela temperatura alternada de 20-30°C e não é influenciada pelos regimes de luz, sendo a espécie fotoblástica neutra. 


Palavras-chave


Caesalpinia ferrea; Florestal; Viabilidade

Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE, K. S.; GUIMARÃES, R. M. Comportamento fisiológico de sementes de Bowdichia virgilioides Kunth. sob diferentes condições de temperatura e condições de luz. Cerne, Lavras, v. 13, n. 1, p. 64-70, 2007.

BEWLEY, J. D.; BLACK, M. Seeds: physiology of development and germination. New York: Plenum Press, 1994. 445 p.

BIRUEL, R. P. Caracterização e germinação de sementes de Caesalpinia ferrea Mart. ex. Tul. var. leiostachya Benth. 2001. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Estadual Paulista, Jaboticabal, 2001.

BRAGA, R. Plantas do Nordeste especialmente do Ceará. 3. ed. Mossoró: ESAM, 1976. 540 p.

BRAGA, L. F. et al. Escarificação ácida, temperatura e luz no processo germinativo de sementes de Senna alata (L.) Roxb. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, Paulínia, v. 12, n. 1, p. 1-7, 2010.

CARVALHO, P. E. R. Caesalpinia leiostachya (Benth) Ducke. In: CARVALHO, P. E. R. (ed.). Espécies florestais brasileiras: recomendações silviculturais, potencialidades e uso da madeira. Colombo: CNPF; EMBRAPA, 1994. p. 118-122.

CARVALHO, P. E. R. Pau-ferro: Caesalpinia ferrea var. parvifolia. In: CARVALHO, P. E. R. (Ed.). Espécies arbóreas brasileiras. Colombo: EMBRAPA Florestas, 2003. v.1, p. 745-749.

CREPALDI, I. C.; SANTANA, J. R. F.; LIMA, P. B. Quebra de dormência de sementes de pauferro (Caesalpinia ferrea Mart. exTul. - Leguminosae, Caesalpinioideae). Sitientibus, Feira de Santana, n. 18, p. 19-29, 1998.

DEMUNEN, V. G. et al. Influência da luz e da temperatura na germinação de sementes de Erythrina verna (Leguminosae, Papilionoideae). Boletim do Museu de Biologia Melo Leitão, [s. l.], n. 24, p. 101-110, 2008.

DUTRA, A. S.; MEDEIROS FILHO, S.; DINIZ, F. O. Germinação de sementes de albízia (Albizia lebbeck (L.) Benth) em função da luz e do regime de temperatura. Caatinga, Mossoró, v. 21, n. 1, p. 75-81, 2008.

GONÇALVES, F. G.; GOMES, S. S.; GUILHERME, A. L. Efeito da luz na germinação de sementes de Guatteria gomeziana (Unonopsislindmanii R. E. FR.). Revista Científica Eletrônica de Engenharia Florestal, Garça, v. 4, n. 8, 2006.

JESUS, R. M.; PINÃ-RODRIGUES, F. C. M. Programa de produção e tecnologia de sementes florestais da floresta Rio Doce S.A.: uma discussão dos resultados obtidos. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO SOBRE TECNOLOGIA DE SEMENTES FLORESTAIS, 2., 1989, Atibaia. Anais [...]. São Paulo: Instituto Florestal, 1991. p. 59-86.

KAGEYAMA, P. Y.; VIANA, V. M. Tecnologia de sementes e grupos ecológicos de espécies arbóreas tropicais. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO SOBRE TECNOLOGIA DE SEMENTES FLORESTAIS, 2., 1989, Atibaia. Anais [...]. São Paulo: Instituto Florestal, 1991. p. 197-215.

KOLLER, O. Environmental control of seed germination. In: KOZLOWSKI, T. T. (ed.). Seed biology. London: Academic Press, 1972. p. 1-101.

LABOURIAU, L. G.; COSTA, J. A. F. Objetivos e instalações básicas de um laboratório de fisiologia vegetal. Rio de Janeiro: Academia Brasileira de Ciências, 1976. 59 p.

LOPES, J. C. et al. Germinação de sementes de espécies florestais de Caesalpinia ferrea Mart. ex Tul. var. leiostachya Benth., Cassia grandis L. e Samanea saman Merrill, após tratamentos para superar a dormência. Revista Brasileira de Sementes, Londrina, v. 20, n. 1, p. 80-86, 1998.

LOPES, J. C. et al. Influência de temperatura, substrato e luz na germinação de sementes de bertalha. Revista Brasileira de Sementes, Londrina, v. 27, n. 2, p. 18-24, 2005.

LORENZI, H. Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. Nova Odessa: Platarum, 2002. 368 p.

MAGUIRE, J. D. Speed of germination aid in selection and evaluation for seedling emergence and vigour. Crop Science, Madison, v. 2, n. 2, p. 176-177, 1962.

MARCOS FILHO, J. Fisiologia de sementes de plantas cultivadas. Piracicaba: FEALQ, 2005. 495 p.

MELLO, J. I. O.; BARBEDO, C. J. Temperatura, luz e substrato para germinação de sementes de Pau-Brasil (Caesalpinia echinata Lam., Leguminosae – Caesalpinioideae). Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 31, n. 4, p. 645-655, 2007.

MONDO, V. H. V. et al. Teste de germinação de sementes de Parapiptadenia rigida (Benth.) Brenan (Fabaceae). Revista Brasileira de Sementes, Londrina, v. 30, n. 2, p. 177-183, 2008.

NAKAGAWA, J. Testes de vigor baseados no desempenho das plântulas. In: KRZYZANOWSKI, F. C.; VIEIRA, R. D.; FRANÇA NETO; J. B. Vigor de sementes: conceitos e testes. Londrina: ABRATES, 1999. p. 1-24

OLIVEIRA, D. M. T. Análise morfológica comparativa de frutos, sementes, plântulas e plantas jovens de 30 espécies arbóreas de Fabaceae ocorrentes no Estado de São Paulo. 1997. Tese (Doutorado em Biologia Vegetal) - Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 1997.

SAKITA, A. E. N.; PORTO, P. R.; NAKAOKA-SAKITA, M. Utilização do extrato pirolenhoso na germinação e no desenvolvimento inicial de mudas de Anadenanthera macrocarpa (Benth.) Brenan. Revista do Instituto Florestal, São Paulo, n. 31, p. 57-61, jul. 2007.

STEFANELLO, S. et al. Germinação de sementes armazenadas de cubiu sob diferentes condições de luz. Scientia Agraria, Curitiba, v. 9, n. 3, p. 363-367, 2008.

TILLMANN, M. A. Análisis de semillas. In: BAUDET, L.; PESKE, S. Semillas: ciencia y tecnología. Pelotas: Universidade Federal de Pelotas, 2005. p. 101-158.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1980509812242

Licença Creative Commons