Superação de dormência e vigor em sementes de Fava-d’Anta (Dimorphandra gardneriana Tulasne)

Marina Matias Ursulino, Edna Ursulino Alves, Paulo Costa Araújo, Magnólia Martins Alves, Thiago de Souza Ribeiro, Rosemere dos Santos Silva

Resumo


O objetivo neste trabalho foi avaliar a eficiência de diferentes métodos para a superação da dormência em sementes Dimorphandra gardneriana Tulasne, visando fornecer conhecimentos técnico-científicos que permitam a criação de um protocolo de germinação. Em um experimento realizado no Laboratório de Análise de Sementes do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal da Paraíba (CCA-UFPB), em delineamento experimental inteiramente ao acaso, as sementes de D. gardneriana foram submetidas aos seguintes tratamentos: testemunha que consistiu de sementes não escarificadas, sementes escarificadas mecanicamente com lixa n° 120, sementes escarificadas mecanicamente com lixa e submetidas à embebição em água destilada por 6, 12, 18 e 24 horas, sementes submetidas ao desponte na região oposta ao hilo com alicate de unha, sementes submetidas ao desponte na região oposta ao hilo com alicate de unha e postas em embebição em água destilada por 6, 12, 18 e 24 horas, escarificação química com ácido sulfúrico concentrado por 5, 10 e 15 minutos. Após a aplicação dos tratamentos as sementes foram submetidas a testes de germinação e vigor (emergência, índice de velocidade de germinação e de emergência, comprimento e massa seca de hipocótilo e raízes). A escarificação mecânica com lixa e o desponte seguidos de imersão em água destilada por seis horas favorecem a porcentagem de germinação de sementes e emergência de plântulas de Dimorphandra gardneriana, e os tratamentos utilizando ácido sulfúrico reduziram drasticamente o vigor destas sementes.


Palavras-chave


Faveira; Viabilidade; Escarificação; Medicinal

Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE, K. S. et al. Métodos para a superação da dormência em sementes de sucupira-preta (Bowdichia virgilioides Kunth.). Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 31, n. 6, p. 1716-1721, 2007.

ALVES, A. F. et al. Superação de dormência de sementes de braúna (Schinopsis brasiliense Engl.). Revista Ciência Agronômica, Fortaleza, v. 38, n. 1, p. 74-77, 2007.

ALVES, A. U. et al. Superação da dormência em sementes de Bauhinia divaricata L. Acta Botanica Brasilica, São Paulo, v. 18, n. 4, p. 871-879, 2004.

ALVES, E. U. et al. Ácido sulfúrico na superação da dormência de unidades de dispersão de juazeiro (Zizyphus joazeiro Mart.), Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 30, n. 2, p. 187-195, 2006.

ALVES, E. U. et al. Escarificação ácida na superação de dormência de sementes de pau ferro (Caesalpinia férrea Mart. ex. Tu. var. leiostachya Benth.). Revista Caatinga, Mossoró, v. 22, n. 1, p. 37-47, 2009.

ARAUJO NETO, A. C. et al. Ácido sulfúrico na superação da dormência de sementes de Adenanthera pavoninaL. Scientia Plena, Sergipe, v. 8, n. 4, p. 1-5, 2012.

AVELINO, J. I. et al. Métodos de quebra de dormência em sementes de jucá (Caesalpinia férrea Mart. exTul. var. ferrea). Revista Verde, Mossoró, v. 7, n. 1, p. 102-106, 2012.

AZANIA, A. A. P. M. et al. Métodos de superação de dormência em sementes de Ipomoeae Merremia. Revista Plantas Daninhas, Viçosa, MG, v. 21, n. 2, p. 203-209, 2003.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Brasília: MAPA; ACS, 2009. 395 p.

CAMARGOS, V. N. et al. Superação da dormência e avaliação da qualidade fisiológica de sementes de Sesbania virgata. Revista Ciência Agrotecnologia, Lavras, v. 32, n. 6, p. 1858-1865, 2008.

CARVALHO, N. M.; NAKAGAWA, J. Sementes: ciência, tecnologia e produção. Jaboticabal: FUNEP, 2012. 590 p.

CHOUDHURY, B. I.; KHAN, M. L.; DIAS, A. K. Seed dormancy and germination in Gymnocladus assamicus: an endemic legume tree from Northeast India. Seed Science and Technology, Zurich, v. 37, n. 3, p. 582-588, 2009.

COELHO, M. F. B. et al. Superação da dormência tegumentar em sementes de Caesalpinia ferrea Mart exTul. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, Recife, v. 5, n. 1, p. 74-79, 2010.

COSTA, P. A.; LIMA, A. L. S.; ZANELLA, F. H. F. Quebra de dormência em sementes de Adenanthera pavoninaL. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 40, n. 1, p. 83-88, 2010.

CRUZ, E. D.; CARVALHO, J. E. U. Methodsofovercomingdormancy in Schizolobium amazonicum Huber exDucke (Leguminosae - Caesalpinioideae) seeds. Revista Brasileira de Sementes, Pelotas, v. 28, n. 3, p. 108-115, 2006.

CUNHA, P. L. R. et al. Isolation and characterization of galactomannan from Dimorphandra gardneriana Tul. seeds as a potential guar gum substitute. Food Hydrocolloids, Santé, v. 23, n. 8, p. 880-885, 2009.

DOUSSEAU, S. et al. Superação de dormência em sementes de Zeyheria Montana Mart. Revista Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 31, n. 6, p. 1744-1748, 2007.

DUTRA, A. A.; MEDEIROS FILHO, S.; DINIZ, F. O. Germinação de sementes de albízia (Albizia lebbeck (L.) Benth.) em função da luz e do regime de temperatura. Revista Caatinga, Mossoró, v. 21, n. 1, p. 75-81, 2008.

DUTRA, A. S. et al. Germinação de sementes de Senna siamea(Lam.) H.S. Irwin e Barneby Caesalpinoideae. Revista Brasileira de Sementes, Pelotas, v. 29, n. 1, p. 160-164, 2007.

EIRA, M. T. S.; FREITAS, R. W. A.; MELLO, C. M. C. Superação da dormência de sementes de Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong. - Leguminosae. Revista Brasileira de Sementes, Brasília, v. 15, n. 2, p. 177-182, 1993.

ESCOBAR, T. A. et al. Superação de dormência e temperaturas para germinação de sementes de Acacia caven (Mol.) Mol. (espinilho). Revista Brasileira de Sementes, Lavras, v. 32, n. 2, p. 124-130, 2010.

FERREIRA, D. S. SISVAR versão 4.3 (Build 45). Lavras: DEX; UFLA, 2003.

FERREIRA, M. G. R. et al. Superação de dormência em sementes de biribá (Rollinia mucosa (Jacq.) Baill). Revista Brasileira de Sementes, Lavras, v. 31, n. 4, p. 95-99, 2009.

GOMES, L. J.; GOMES, M. A. O. O extrativismo e biodiversidade: a caso da fava-d’anta. Ciência Hoje, Rio de Janeiro, v. 27, n. 161, p. 66-69, 2000.

GONÇALVES, E. P. et al. Temperatura, beneficiamento e superação de dormência sobre o potencial fisiológico de sementes de sabiá (Mimosa caesalpiniaefolia). Sitientibus Série Ciências Biológicas, Feira de Santana, v. 6, n. 1, p. 45-49, 2006.

GROTH, D. Caracterização morfológica de sementes de espécies invasoras da família Convolvulaceae Juss. Revista Brasileira Sementes, Londrina, v. 23, n. 2, p. 1-13, 2001.

LOPES, J. C.; BARBOSA, L. G.; CAPUCHO, M. T. Germinação de sementes de Bauhiniaspp. Floresta, Curitiba, v. 37, n. 2, p. 265-274, 2007.

LOPES, J. C.; DIAS, P. C.; MACEDO, C. M. P. Tratamentos para acelerar a germinação e reduzir a deterioração de sementes de OrmosianitidaVog. Revista Árvore, Viçosa, MG,

v. 30, n. 2, p. 171-177, 2006.

MAGUIRE, J. D. Speed of germination-aid in selection and evaluation for seedling emergence and vigor. Crop Science, Madison, v. 2, n. 2, p. 176-177, 1962.

MARCOS FILHO, J.; KIKUTI, A. L. P.; LIMA, L. B. Métodos para avaliação do vigor de sementes de soja, incluindo a análise computadorizada de imagens. Revista Brasileira de Sementes, Londrina, v. 31, n. 1, p. 102-112, 2009.

MARTINS, C. C. et al. Método de colheita e superação de dormência na qualidade fisiológica de sementes de Cassia ferruginea. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 33, n. 2, p. 491-498, 2012.

MARTINELLE-SEMENEME, A. et al. Germinação e sanidade de sementes de Bauhinia variegata. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 30, n. 5, p. 719-724, 2006.

MELO, J. T. et al. Coleta, propagação e desenvolvimento inicial de espécies do cerrado. In: SANO, S. M.; ALMEIDA, S. P. (Ed.). Cerrado: ambiente e flora. Planaltina: EMBRAPA; CPAC, 1998. p. 195-243.

MONTARDO, D. P. et al. Efeito de dois tratamentos na superação de dormência de sementes de cinco espécies de Adesmia DC. Ciência Rural, Santa Maria, v. 5, n. 1, p. 1-7, 2000.

NAKAGAWA, J. Testes de vigor baseados no desempenho de plântulas. In: KRZYZANOWSKI, F. C.; VIEIRA, R. D.; FRANÇA NETO, J. B. (Ed.). Vigor de sementes: conceitos e testes. Londrina: ABRATES, 1999. p. 1-21.

NASCIMENTO, I. L. et al. Influência de diferentes tipos de substrato e temperatura na germinação de sementes de Ingaingoides (Rich.) Willd. Revista Verde, Mossoró, v. 6, n. 4, p. 7-10, 2012.

NASCIMENTO, I. L. et al. Superação da dormência em sementes de faveira (Parkia platycephala Benth). Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 33, n. 1, p. 35-45, 2009.

NUNES, Y. R. F. et al. Germinação de sementes de Guazuma ulmifolia Lam. (Malvaceae) e Heteropterys byrsonimifolia A. Juss. (Malpighiaceae) sob diferentes tratamentos de escarificação tegumentar. Unimontes Científica, Montes Claros, v. 8, n. 1, p. 43-52, 2006.

OLIVEIRA, A. K. M. et al. Superação de dormência em sementes de Parkia gigantocarpa (Fabaceae - Mimosidae). Ciência Florestal, Santa Maria, v. 22, n. 3, p. 533-540, 2012.

PACHECO, M. V.; MATOS, V. P. Método para superação de dormência tegumentar em sementes de Apeiba tibourbou Aubl. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, Recife, v. 4, n. 1, p. 62-66, 2009.

PEREIRA, M. O. et al. Avaliação de métodos de escarificação na superação de dormência de Schizolobium parahyba (Vell.) Blake (Fabaceae: Caesalpinioideae). Revista em Agronegócios e Meio Ambiente, Maringá, v. 4, n. 1, p. 119-129, 2011.

PEREIRA, S. A.; FERREIRA, S. A. N. Superação da dormência em sementes de visgueiro-do-igapó (Parkia discolor). Acta Amazonica, Manaus, v. 40, n. 1, p. 151-156, 2010.

POPINIGIS, F. Fisiologia da semente. Brasília: ABRATES, 1985. 298 p.

PIVETA, G. et al. Superação de dormência na qualidade de sementes e mudas: influência na produção de Senna multijuga (L. C. Rich.) Irwin e Barneby. Acta Amazonica, Manaus, v. 40, n. 2, p. 281-288, 2010.

SCALON, S. P. Q. et al. Potencial germinativo de sementes de Dimorphandra mollis Benth.armazenamento, tratamentos pré-germinativos e temperatura de incubação. Cerne, Lavras, v. 13, n. 3, p. 321-328, 2007.

SILVA JUNIOR, V. T. et al. Erythrina velutina Willd. (Leguminosae - Papilionoideae) ocorrente em caatinga e brejo de altitude de Pernambuco: biometria, embebição e germinação. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 36, n. 2, p. 247-257, 2012.

SILVA, K. B.; MATA, M. F.; BRUNO, R. L. A. Tratamentos pré-germinativos para superação da dormência de sementes de Sterculia striataA. St. Hil. Naldin. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 33, n. 3, p. 857-866, 2012.

SILVA, R. S. Ecologia de população e aspectos etnobotânicos de Dimorphandra gardneriana Tullasne (Leguminosae) na Chapada do Araripe. 2007. 105 f. Tese (Doutorado em Ecologia) - Universidade de Brasília, Brasília, 2007.

SOARES, J. B. C. et al. Superação da dormência em sementes de Desmodium tortuosum. Agropecuária Científica no Semiárido, Patos, v. 7, n. 4, p. 5-8, 2011.

SOUZA, E. R. B. et al. Efeito de métodos de escarificação do tegumento em sementes de L. diversifolia L. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiás, v. 37, n. 3, p. 142-146, 2007.

TAGLIANI, M. C. Propagação de pinhão manso (Jatropha curcas L.) por sementes e miniestacas. 2011. 96 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2011.

VIEIRA, R. D.; BITTENCOURT, S. R. M.; PANOBIANCO, M. Seed vigour - an important component of seed quality in Brazil. ISTA - Seed Testing International, [S.l.], n. 126, p. 21-22, 2003.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1980509810460

Licença Creative Commons