ABP no contexto aromas: uma proposta de material paradidático para o ensino de funções orgânicas

Authors

DOI:

https://doi.org/10.5902/2179460X64635

Keywords:

Aprendizagem baseada em Problemas, Aromas, Ensino de Química.

Abstract

A Aprendizagem Baseada em Problemas é uma metodologia de ensino centrada no aluno, pois promove de forma ativa a autoaprendizagem, o trabalho em equipe, o pensamento crítico, por meio da resolução de problemas. O estudante de hoje apesar de ter acesso facilitado aos meios de pesquisa e informação, não se sente estimulado a fazer uma investigação acerca dos conteúdos vistos em sala de aula. Assim, sugere-se que novas estratégias de ensino sejam adotadas pelos docentes, na tentativa de estimular o interesse pela disciplina. Nessa perspectiva, esse estudo apresenta um guia paradidático, elaborado com o objetivo de contextualizar as aulas de Química Orgânica no Ensino Médio, por meio da temática “Aromas”, utilizando a Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP) como metodologia. A história usada como problemas, nesse material, foi aplicada com quatro turmas do 3ª ano do Ensino Médio, em uma escola estadual, na cidade de São Sepé/RS. Os resultados demonstraram que é possível aprimorar os resultados e o interesse dos escolares, quando se utilizam metodologias inovadoras ao ensino tradicional. 

Author Biographies

Fernando Vasconcelos de Oliveira, Universidade Federal de Santa Maria

Professor de Química e vice diretor na rede estadual de educação do RS, atuou também como coordenador pedagógico na rede estadual de educação do RS e exerceu funções como professor de Química em escolas das redes particulares de Ensino Médio e cursos preparatórios. Participou de projetos no desenvolvimento de ferramentas educacionais para o Ensino de Química, foi supervisor junto ao PIBID de Ciências Exatas da UNIPAMPA campus de Caçapava do Sul em 2019. Tem mestrado em Ensino de Ciências pelo Programa de Pós - Graduação em Educação em Ciências - Química da Vida e Saúde - da Universidade Federal de Santa Maria 2014, onde atualmente é doutorando desde 2019. 

Vanessa Candito, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Graduada em Ciências Biológicas. Mestranda no PPG em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Possuo Especialização Lato Sensu em Ciências Ambientais pela URI - de Frederico Westphalen, e Especialização Lato Sensu em Educação Ambiental, pela UFSM/RS. Áreas de Conhecimento e Interesse de Pesquisa: Ensino de Ciências e Biologia, Educação Ambiental e Sustentabilidade, Elaboração de Projetos e Formação de Professores, (CTS)Ciência-Tecnologia-Sociedade Participante do Grupo de Estudos Transdisciplinares (GET), da Universidade Federal de Santa Maria. Participante do Grupo de Estudo em Nutrição, Saúde e Qualidade de Vida (GENSQ), da Universidade Federal de Santa Maria. 

Mara Elisa Fortes Braibante, Universidade Federal de Santa Maria

Possui graduação em Quimica Licenciatura pela Universidade Federal de Santa Maria (1977), mestrado em Química pela Universidade Estadual de Campinas (1984), doutorado em Química pela Universidade Estadual de Campinas (1987) e doutorado em Química pela Universidade Estadual de Campinas (1987). Atualmente é professor titular no Departamento da Universidade Federal de Santa Maria . Foi coordenadora substituta e coordenadora do Curso de Química Licenciatura da UFSM (2001-2009 ) Coordenadora do PIBID-Química-UFSM desde 2009.Desenvolveu pesquisa na área de Química Orgânica, na Síntese e reatividade de enamino compostos, utilizando metodologias de suporte sólido, K-10, microondas. Tem experiência na área de Química, com ênfase em Ensino de Química, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de química,produção de material didático,utilização de temáticas como forma de contextualizar o ensino de Química. 

References

ARAÚJO, U. F.; SASTRE, G. (orgs.). Aprendizagem baseada em problemas no ensino superior. 1. ed. São Paulo: Summus, 2009.

ASSIS, A.; TEIXEIRA, O. P. B. Argumentações discentes e docente envolvendo aspectos ambientais em sala de aula: uma análise. Ciência & Educação, Bauru, v. 15, n.1, p. 47-60, 2009.

BARBOSA, E. F.; MOURA, D. G. Metodologias ativas de aprendizagem na Educação Profissional e Tecnológica. Boletim Técnico do Senac: a Revista da Educação Profissional, Rio de Janeiro, v. 39, n. 2, p. 48-67, maio-ago. 2013

BARELL, J. Problem-Based Learning. An Inquiry Approach. Thousand Oaks: Corwin Press. 2007.

BARROWS, H. S. A Taxonomy of Problem-Based Learning methods. Medical Education, n. 20, p. 481-486, 1986.

BERBEL, N. As metodologias ativas e a promoção da autonomia de estudantes. Semina, v. 32, n. 1, p. 25-40, 2011.

BRAIBANTE, M. E. F.; BRAIBANTE, H. T. S., Temáticas para o Ensino de Química: contribuições com atividades experimentais. Curitiba: CRV, 2019.

CARVALHO, J. C.; DOURADO, L. G. Proposta de uma tipologia de cenários usados na Aprendizagem Baseada na Resolução de Problemas. In: CONGRESSO INTERNACIONAL GALEGO

PORTUGUÊS DE PSICOPEDAGOGIA, 2013, Braga. Anais [...]. Braga: Universidade do Minho, 2013.

FINCO-MAIDAME, G.; MESQUITA, M. J. M. Aprendizagem Baseada em Problemas no Ensino Fundamental II: reflexões sob uma perspectiva geocientífica. In: ENCONTRO NACIONAL DE

PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 11., 2017, Florianópolis. Anais [...]. Florianopolis: ABRAPEC, 2017.

LAMBROS, A. Problem-Based Learning in Middle and High School Classrooms: A Teacher’s Guide to Implementation. United States of America: Corwin Press, 2004.

LEITE, L.; ESTEVES, E. Ensino orientado para a Aprendizagem Baseada na Resolução de Problemas na Licenciatura em Ensino da Física e Química. In: Congresso Galaico-Português de Psicopedagogia, 8., Braga. Anais [...]. Braga: CIED - Universidade do Minho, 2005, p. 1751-1768.

LIANDA, R. L. P.; JOYCE, B. Aplicação da Metodologia Aprendizagem Baseada em Projetos (ABP) na disciplina química orgânica por meio do estudo de méis. RIAEE – Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 13, n. esp1, p. 411-424, 2018.

MARCONDES, M. E. R. Proposições metodológicas para o Ensino de Química: Oficinas Temáticas para a Aprendizagem da Ciência e o Desenvolvimento da Cidadania. Revista Em extensão, Uberlândia, v. 7, 2008.

MORAES, R. Uma Tempestade de Luz: a Compreensão Possibilitada pela Análise Textual Discursiva. Ciência & Educação, Bauru, v. 9, n. 2, p. 191-211, out. 2003.

MORAES, R.; GALIAZZI, M. C. Análise textual: discursiva. 1. ed. Ijuí: Editora Unijuí, 2007.

MOREIRA, W. M. O Conteúdo de Polímeros no Livro Didático do Ensino Médio, e seu Ensino, na Perspectiva de uma Abordagem Contextualizada. 2016. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática) – Centro de Ciências, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.

MORGADO, S. et al. Ensino orientado para a aprendizagem baseada na resolução de problemas e ensino tradicional: um estudo centrado em "transformação de matéria e de energia". Ens. Pesqui. Educ. Ciênc, Belo Horizonte, v. 18, n. 2, p. 73-98, 2016.

NISHIDA, S.M. Sentidos químicos: olfação e gustação. 2011. Disponível em www.fag.edu.br/professores/jessica/Medicina/Apostila%20olfa%E7%E3o%20gusta%E7%E3o%20 e%20paladar.pdf. Acesso em: 16 maio 2019.

OLIVEIRA, F. V. Aromas: contextualizando o ensino de Química através do olfato e paladar. 2014. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2014.

PICOLLI, F. Aprendizagem Baseada em Problemas: uma estratégia para o ensino de Química no Ensino Médio. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde) - Universidade Federal de Porto Alegre, Porto Alegre, 2016. Disponível em: https://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/153224. Acesso em: 02 maio 2020.

QUEIROZ, S. L.; SÁ, L. P.; FRANCISCO, C. A. Estudos de Caso em Química. Revista Química Nova, São Paulo, vol. 30, n. 3, p. 731-739, 2007.

QUEIROZ, A. PBL, Problemas que trazem soluções. Revista Psicologia, Diversidade e Saúde, v. 1, n. 1, p. 1-13, 2012. Disponível em: https://www5.bahiana.edu.br/index.php/psicologia/article/view/36. Acesso em: 23 abr. 2020.

RETONDO, C. G.; FARIA, P. Química das Sensações. 3. ed. Campinas: Editora Moderna, 2010.

RIBEIRO, L. R. C. Aprendizagem Baseada em Problemas PBL Uma experiência no ensino superior. São Carlos: UFSCar, 2010.

SOUZA, S. C.; DOURADO, L. Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP): um método de aprendizagem inovador para o ensino educativo. Holos, v. 5, 2015.

YUEN LIE LIM, L. A comparison of student’s reflective thinking across different years in a problem-based learning environment. Instructional Science 39, p. 171-188, mar. 2011. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007%2Fs11251-009-9123-8. Acesso em: 15 abr. 2020.

Published

2021-07-06

How to Cite

Oliveira, F. V. de, Candito, V., & Braibante, M. E. F. (2021). ABP no contexto aromas: uma proposta de material paradidático para o ensino de funções orgânicas. Ciência E Natura, 43, e61. https://doi.org/10.5902/2179460X64635