EVALUATION OF MORPHOLOGICAL AND PHYSIOLOGICAL PARAMETERS OF INDUSTRIAL YEAST STRAINS WITH POTENTIAL BIOTECHNOLOGICAL FOR THE PRODUCTION OF ETHANOL

Crislaine Santos Moreira, Maria do Socorro Mascarenhas Santos, Neliane Soares Barros, Claudia Andrea Lima Cardoso, Margareth Batistote

Abstract


http://dx.doi.org/10.5902/2179460X18107

Brazil is considered privileged for its diversity of biomass, and sugarcane, has contributed to increased production of ethanol in the regional and national scene. This study aimed to analyze the morphological, physiological aspects of industrial strains of Saccharomyces cerevisiae and its fermentation characteristics in different concentrations of degrees Brix. We used the medium YPD 2% for the morphological characterization for 72 hours of cultivation, the fermentation wort evaluation was used in different degrees Brix concentrations for 24 hours fermentation. The fermentation characteristics of yeast were grown in YPSAC 5% and biomass was inoculated in different Brix concentrations for 8 hours fermentation. As yeast showed similar morphological aspect and indicative of the fermentative capacity in different concentrations of sugars. At concentrations of 12 and 15 Brix, industrial yeast strains showed good fermentation performance, however, at higher concentrations, there were variations in these parameters. Studies to evaluate the different physiological mechanisms for the production of ethanol by yeast strains in different degrees Brix concentrations can be an important tool to leverage and the expansion of the sugarcane industry.


Keywords


concentração de grau Brix, fermentação, Saccharomyces cerevisiae, cana-de-açúcar, biomassa.

References


ACCORSINI, F. R. Isolamento de leveduras de um consórcio especializado e avaliação de seu potencial na produção de biossurfactantes em fontes alternativas de carbono. 76f (Dissertação) Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinária, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – UNESP-SP, 2010

ALENCAR, E. M. B.; MOTTA, C. M. S.; WALTER. B. S.; SANTOS, R. M. P.; MARQUES, O. M.; QUEIROZ, L. A. Fermentation capacity of Saccharomyces cerevisiae culture. Brazilian Archives of Biology and Technology, v.52, p.819-824, 2009.

BASSO, L. C.; AMORIM, H. V.; OLIVEIRA, A. J.; LOPES, M. L. Yeast selection for fuel ethanol production in Brazil. FEMS Yeast Res, v.8, p. 1155-63, 2008.

BASSO, L.C.; BASSO, T.O.; ROCHA, S.N. Ethanol production in Brazil: the industrial process and its impact on yeast fermentation. In: Santos Bernardes.S, M. A dos (ed). Biofuel production recent developments and prospects.Croatia: Intech, charp-5, p.85-100, 2011.

BATISTA, A. S. Saccharomyces cerevisiae em milho armazenado e o efeito na redução de aflatoxicoses. 94f (Dissertação) Faculdade de Eng. Agronômica-Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba-SP, 2001.

BATISTOTE, M.; CARDOSO. A. C.; ERNANDES. J. R.; DOFFINGER, R. D. Desempenho de leveduras obtidas em indústrias do Mato Grosso do Sul na produção de etanol em mosto à base de caldo de cana. Revista Ciência e Natura, v.32, p. 83-95, 2010.

BREISHA, G. Production of 16% ethanol from 35% sucrose. Biomass & Bioenergy, v. 34, p. 1243-1249, 2010.

BIOSUL. Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul, disponível em: . Acesso em: 03 de setembro de 2014.

CEBALLOS-SCHIAVONE, C. H. M. . Tratamento térmico do caldo de cana-de-açúcar visando a redução de contaminantes bacterianos - Lactobacillus– na produção de etanol e eficiência de tratamento do fermento por etanol 177f (Dissertação) Faculdade de Ciência de alimentos - Escola Superior de agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba- SP, 2009.

CECCATO-ANTONINI, S. R. Microbiologia da fermentação alcoólica. A importância do monitoramento microbiológico em destilarias. São Carlos: EduFSCar, p. 105, 2010.

CENTENARO, M. Um estudo do sobre investimento direto externo no setor sucroenergético do estado de Mato Grosso do Sul. 194f (Tese) Faculdade de Administração, -Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS, São Leopoldo- RS, 2012.

DIAS, M. O. S. Simulação do processo de produção do etanol a partir do açúcar e do bagaço, visando a integração do processo e a maximização da produção de energia e excedentes do bagaço. 282f (Mestrado)-Faculdade de Eng. Química, Universidade Estadual de Campinas–UNICAMP, Campinas-SP, 2008.

FERRI, A.; COSTA, M. A. S.; BATISTOTE, M.; NAKA, M. H. Análise do perfil de produção de etanol em usinas localizadas na região da Grande Dourados – MS. Revista Enciclopédia Biosfera, v. 10, p. 251-268, 2014.

FERREIRA, L. V. Estudo da fermentação alcoólica em frascos agitados. 266f (Dissertação) Faculdade de Eng. de Alimentos, Universidade Estadual de Campinas, - UNICAMP, Campinas-SP, 2002.

GOLDEMBERG, J. . Ethanol for a sustainable energy future. Science, v.315, p. 808-810, 2007.

LEE, S. S.; ROBINSON, F. M.; WANG, H. Y. Rapid determination of yeast viability. Biotechnology Bioengineering Symposium, v. 11, p. 641-649, 1981.

LI, F.; ZHAO, X. Q.; GE, X. M.; BAI, F. W. An innovative consecutive bacth fermentation process for very – high – gravity ethanol fermentation with self –flocculating yeast. Applied Microbiology and Biotechnology, v. 84, p. 1079-1086, 2009.

LIMA, U. A., BASSO L. C.; AMORIM, H.V. Produção de Etanol. In: Schmidell, W.; Lima, U.A.; Aquarone, E.; Borzani, W. (Coord). Biotecnologia industrial: processos fermentativos e enzimáticos, v. 3. Cap. 1, São Paulo: Editora Edgard. Blucher, p.1-40, 2001.

OLIVEIRA, R.H. A. Estudo dos processos de sacarificação, fermentação e destilação de cascas e pontas de mandioca no processo de obtenção de aguardente. In: XII Seminário de Iniciação Cientifica. Universidade Federal de Uberlândia- MG, 2008.

PACHECO, T. F. Fermentação alcoólica com leveduras de características floculantes em reator tipo torre com escoamento ascendente. 96f (Dissertação) Faculdade de Eng. Química Universidade Federal de Uberlândia- MG, 2010.

RIBEIRO. F. A. M. Fermentação Alcoólica. Processamento na indústria sucroalcooleira. Apostila – Modulo II. Uberaba – MG, 2010.

ROBERTSON GP, DALE VH. DOERING OC, HAMBURG SP, MELILLO JM., WANDER MM, PARTON WJ. , ADLER PR, BARNEY. JN., CRUSE RM. Agriculture Sustainable biofuel redux. Science, v. 322, p.49-50, 2008.

SOUZA, C. S. Avaliação da produção de etanol em temperaturas elevadas por uma linhagem de Saccharomyces cerevisiae. 155f (Tese) Programa de Pós-Graduação Interunidades em biotecnologia- Instituto Butantã São Paulo-SP, 2009.

UNICA. União da Indústria de Cana-de-açúcar. Disponível em: . Acesso em: 31/Out/2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2179460X18107

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Copyright (c)



Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.