LIMITES DO PODER DIRETIVO DO GESTOR NAS RELAÇÕES DE TRABALHO: UMA ANÁLISE DE CASOS DE ASSÉDIO MORAL E PROFISSIONAL

Yumara Lúcia Vasconcelos, Rafaela Maria José Bertino

Resumo


Essa investigação objetiva, em nível geral, identificar uma possível relação entre as modalidades de assédio (moral e profissional) e as agressões mais frequentes albergadas em cada uma delas. Secundariamente, visa classificar os casos de assédio analisados a partir de suas características distintivas, com vistas a mapear, organizar e categorizar as agressões mais recorrentes. O levantamento, de natureza qualitativa, com finalidade exploratório-descritiva, toma por base situações jurídicas de assédio levadas aos tribunais (alegações e depoimentos). Os resultados revelam indícios inequívocos de correlação entre as modalidades de assédio e as agressões mais recorrentes (padrão de configuração). Igualmente, estabelece diferenças objetivas entre o assédio moral e aquele profissional.


Palavras-chave


assédio moral, assédio profissional, dignidade humana

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/1981369437184

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

REVISTA ELETRÔNICA DO CURSO DE DIREITO DA UFSM - Qualis A1

RECDUFSM  /  ISSN 1981-3694   /  Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/19813694  http://periodicos.ufsm.br/revistadireito

Revista Qualis A1 área de Direito /  Classificações de Periódicos Quadriênio 2013-2016 (CAPES)