Acomodamentos e indagações: O filme no Colégio Militar de Brasília

Belidson Dias, Maria de Fátima da Silva Zaupa

Resumo


Este artigo apresenta resultados de pesquisa de mestrado que teve como objetivo investigar a utilização do filme em uma escola formal. O estudo envolveu professores e alunos do Colégio Militar de Brasília, Distrito Federal. Foram analisadas as condições materiais, a rotina, as práticas, os conceitos e a presença dos estudos em visualidade na relação de ensino por meio do filme. Entre os resultados da investigação, destacou-se a necessidade atual de educar uma visão ampliada aos estudos do contexto da visualidade do filme, independente de considerar seus objetos e sujeitos como arte, e à análise da influência da visualidade em geral nas práticas sociais e na construção de subjetividades como fundamentos que perpassam o campo dos Estudos Visuais, da Cultura Visual e o uso educativo neles baseados.


Palavras-chave


Filme; Cultura Visual; Educação em Artes Visuais

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Milton José. Imagens e Sons: A nova cultura oral. São Paulo: Cortez, 2001.

BELLONI, Maria Luiza. O que é Mídia-Educação: Polêmicas do Nosso Tempo. São Paulo: Autores Associados, 2001.

BREA, Jose Luis. Estética, Historia del Arte e Estudios Visuales. Estudios Visuales. Murcia: Centro de Documentación y Estudios Avanzados de Arte Contemporáneo, n. 3, p. 8-25. janeiro, 2006.

CHALMERS, F. Graeme. Visual culture education in the 1960s. Art Education, v.58, n. 6, p. 6-11. 2005.

DE MEIS, Leopoldo. Ciência, Educação e o Conflito Humano-Tecnológico. São Paulo: Editora Senac, 2a edição, 2002.

DIAS, Belidson, O i/mundo da educação da cultura visual. Brasília: Editora do Programa em Pós-Graduação em Arte da Universidade de Brasília, 2011.

DIAS, Belidson. Arrastão: o cotidiano espetacular e práticas pedagógicas críticas. In: MARTINS, Raimundo e TOURINHO, Irene (Orgs.) Cultura das Imagens: desafios para a arte e para a educação. Santa Maria: EdUFSM. P.55-73, 2012.

DOMÈNECH, Josep M C. A Forma do Real – Introdução aos Estudos Visuais. São Paulo: Summus Editorial, 2011

DUARTE, Rosália. Cinema e Educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2002.

DUNCUN, Paul. Por que a arte-educação precisa mudar e o que podemos fazer. Singularidades na educação da cultura visual nos deslocamentos das imagens e das interpretações. In: MARTINS, Raimundo e TOURINHO, Irene (Orgs.) Educação da Cultura Visual: conceitos e contextos. Santa Maria: EdUFSM. p.15-30, 2011.

GARDIÉS. René. Compreender o Cinema e as Imagens. Lisboa: Texto e Grafia, 2007.

JACQUINOT. Genevieve. La escuela frente a las pantallas. Buenos Aires: Aique, 1996.

MARTINS, Raimundo. Porque e como falamos de cultura visual. Visualidades. Revista do Programa de Mestrado em Cultura Visual - FAV I UFG, 2007. Disponível em: http://www.revistas.ufg.br/index.php/lucianahidemi. Acesso em: 17 janeiro 2012.

MARTINS, Raimundo e TOURINHO, Irene. (Orgs.) Educação da Cultura Visual: Conceitos e contextos. Santa Maria: EdUFSM. 2011.

MARTINS, Raimundo e TOURINHO, Irene. Circunstâncias e ingerências da Cultura Visual In: MARTINS, Raimundo e TOURINHO, Irene. (Orgs.) Educação e Cultura Visual: : conceitos e contextos. Santa Maria: EdUFSM. P.51-66, 2011.

MITCHELL, W.J.T. Mostrando El Ver: Una critica de la cultura visual. Estudios Visuales. Murcia: Centro de Documentación y Estudios Avanzados de Arte Contemporáneo, n. 1, p.17-40. novembro, 2003.

MIRZOEFF, N. Una introducción a la cultura visual. Barcelona: Paidós, 2003.

MORIN, Edgar. A comunicação pelo meio: teoria complexa da comunicação. Revista FAMECOS. Porto Alegre, nº 20, p.7-12, abril de 2003.

SARDELICH, Maria Emília. Leitura de imagens e cultura visual: desenredando conceitos para a prática educativa. Educar, n. 27. Curitiba: Editora UFPR. p.203-219, 2006.




DOI: https://doi.org/10.5902/1983734810737

 
 
 
DOI: Digital Object Identifier 10.5902/19837348

Qualis B1

Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 4.0 (CC BY 4.0).

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 (CC BY 4.0).

Acessos a partir de 17/09/2015

CopySpider - Software Anti-plagio