Condorcet: Pressupostos e Relevância da Instrução Pública

Josilene Souza Lima Barbosa, Márcia dos Santos Fontes, Rita de Cácia Santos Souza

Resumo


Tido como um dos últimos filósofos iluministas na França, o Marquês de Condorcet aliou o ideal de esclarecimento humano a uma proposta política de concretização desse ideal quando, em 1792, entregou um relatório propondo um plano completo de organização da instrução nacional que tinha como fundamento o exercício da liberdade e a defesa da igualdade capaz de excluir toda e qualquer dependência. Tal proposta ficou conhecida como as Cinco Memórias sobre a Instrução Pública. A fim de compreendermos o teor e a relevância dessa proposta, trilharemos o seguinte percurso: 1. Analisaremos como o modo de instrução defendido por ele busca ser o viés condutor e conjugador do saber universal, tal como se encontra elaborado num dado momento histórico, e o saber elementar, processo que tem como pressuposto a compreensão de perfectibilidade humana; 2. Apresentaremos a proposta educacional de Condorcet nas três etapas do seu projeto de instrução buscando abarcar seus pressupostos numa compreensão de pessoa humana e de progresso do espírito humano; 3. Tais pressupostos e métodos produz algumas implicações que podem ser expressas nas questões que nos guiarão: visto ser todo indivíduo naturalmente dado à perfectibilidade, donde provém a necessidade de sermos instruídos? De que modo podem ser conjugadas, na prática educativa, a liberdade e a “igualdade de fato”, consequentes da proposta de uma instrução pública universalizante? Pretendemos, portanto, lançar um pouco de luz sobre as concepções que servem de base sólida a Condorcet para que, como um espelho, nos permita refletir sobre a presente condição da educação.

Palavras-chave


Educação pública; Igualdade; Progresso humano.

Texto completo:

PDF HTML

Referências


BADINTER, Elisabeth; BADINTER, Robert. Condorcet: un intellectuel en politique. Paris: Librairie Arthème Fayard, 1988.

BERLIN, Isaiah. Quatro Ensaios sobre a Liberdade. Trad. Wamberto Hudson Ferreira. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1981.

BOTO, Carlota. Na revolução francesa, os princípios democráticos da escola pública, laica e gratuita: o relatório de Condorcet. Educação e Sociedade, vol.24, n.84, p.735-762, set.003. Disponível em: http:// www.cedes.unicamp.br. Acesso em: 10 set. 2018.

CONDORCET, J.A.N.C. M. Cinco Memórias sobre a Instrução Pública. Trad. Maria das Graças de Souza. São Paulo: UNESP, 2008.

CONDORCET, J.A.N.C. M. Esboço de um Quadro Histórico dos Progressos do Espírito Humano. Tradução: Carlos Alberto Ribeiro de Moura. Campinas-SP: Editora Unicamp, 1993.

FRANÇA. Déclaration de Droits de l’Homme et du Citoyen de 1789. Paris: 1789. Disponível em: https://gallica.bnf.fr. Acesso em: 26 ago. 2018.

JAEGER, Werner. Paidéia: A Formação do Homem Grego. Trad. Artur M. pereira. 3º Ed. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

KANT, Immanuel. Sobre a Pedagogia. Tradução de Francisco Cock Fontanella. Piracicaba: Editora Unimep, 1996.

PIOZZI, Patrizia. Ensino laico e democracia na época das luzes: as “memórias” de Condorcet para a instrução pública. Educação e Sociedade. vol.30, n. 108, p.917-922, out.2009. Disponível em: http:// www.cedes.unicamp.br. Acesso em: 10 set. 2018.

PLATÃO. A República. Trad. Maria Helena da Rocha Pereira. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2001.

SANTOS, Rodison Roberto. História e Progresso em Condorcet. Cadernos de Ética e Filosofia Política, FFLCH – USP, n. 15, p. 193-210, fev. 2009. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/cefp/article/view/82614. Acesso em: 22 dez. 2019.




DOI: https://doi.org/10.5902/1984644435706

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc - Prédio 16
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação (UFSM) agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

    

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar