Um drama no currículo - oficinas de transcriação

Karen Elisabete Rosa Nodari, Sandra Mara Corazza

Resumo


Este artigo aborda o currículo do projeto Escrileituras: um modo de ler-escrever em meio à vida, desenvolvido pelas oficinas de transcriação entre 2011 a 2014 ocorridas em seus 4 núcleos universitários: UFRGS (coordenação), UFPel, UFMT e UNIOESTE, ao modo empírico-transcendental de Deleuze. Isto significa remontar às condições daquela experiência, ao seu espaço sub-representativo, ou seja, articular os seus Espaços, Imagens e Signos, a unidade (EIS) com o Autor, Infantil, Currículo e Educador, a unidade (AICE), a fim de descrever o campo de experimentação criado. Neste sentido, cabe saber: Quais foram as ideias que animaram o planejamento daquelas oficinas? Como se deu a criação do seu currículo? O seu desenvolvimento partiu de um material prévio de formas? A análise dos 26 Roteiros respondidos pelos integrantes daqueles núcleos aponta determinadas particularidades nos campos problemáticos propostos. Sendo que, a totalidade dos núcleos utilizaram-se dos signos nos seus procedimentos de invenção. Em especial, destaca-se a potência dos artísticos na criação dos seus campos problemáticos bem como, na criação do currículo.


Palavras-chave


Currículo; Transcriação; Signos

Texto completo:

PDF

Referências


Referências

ABREU, Ovídeo de. O fora e o signo. Revista O que nos faz pensar – Cadernos do Departamento de Filosofia – PUC/RJ, v.1, nº 22, nov. 2007, p.89-112.

BERGSON, Henry. O pensamento e o movente. Introdução. Bergson. São Paulo: Abril Cultura, 1979.

CORAZZA, Sandra Mara. Os cantos de Fouror: escrileituras em filosofia e educação. Porto Alegre: UFRGS; Sulina, 2007.

_________. Didaticário da criação: aula cheia. Porto Alegre: UFRGS, 2012.

__________. O que se transcria em educação? Porto Alegre: UFRGS, 2013.

_________. Ensaio sobre EIS AICE: proposição e estratégia para pesquisar em educação. Porto Alegre: Programa de Pós-Graduação em Educação; CNPQ, 2014, 30p. Texto digitalizado.

DELEUZE, Gilles. A ilha deserta: e outros textos. São Paulo: Iluminuras, 2006.

_________. Diferença e repetição. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1988.

_________. Proust e os signos. Rio de Janeiro: Forense universitária, 2003.

_________. Empirismo e subjetividade: Ensaio sobre a natureza humana segundo Hume. 1˚ ed., São Paulo: Editora 34, 2001.

_________. A Imagem-tempo. São Paulo: Brasiliense, 2005.

_________. Conversações. São Paulo: Editora 34, 1992.

___________. ; GUATTARI, Felix. O que é a filosofia? 1˚ ed., Rio de Janeiro: Ed.34, 1992.




DOI: https://doi.org/10.5902/1984644431380

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc - Prédio 16
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação (UFSM) agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

    

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar