Redes de atenção à saúde no VER-SUS Oeste Catarinense: contribuições para o ensino em enfermagem

André Lucas Maffissoni, Carine Vendruscolo, Letícia de Lima Trindade

Resumo


Objetivo: discutir as contribuições do Programa Vivências e Estágios na realidade do Sistema Único de Saúde para o estudo das Redes de Atenção à Saúde e sua operacionalização no âmbito do Sistema Único de Saúde, na perspectiva de estudantes de Enfermagem. Método: pesquisa qualitativa, desenvolvida a partir de entrevistas com estudantes participantes do Programa entre 2014 e 2016, em Santa Catarina, cujos dados foram tratados mediante análise temática. Resultados: o estudou revelou o Programa como estratégia que contribui significativamente para a aprendizagem dos estudantes sobre Redes, ao promover a inserção dos mesmos no contexto do serviço, incentivando a práxis e contribuindo, inclusive, para a educação permanente dos profissionais desta rede. Conclusão: salienta-se a importância de proporcionar e ampliar o acesso dos estudantes em programas/vivências dessa natureza, no âmbito da formação em Saúde e Enfermagem, o que poderá colaborar para o fortalecimento do sistema de saúde.

Palavras-chave


Serviços de saúde; Sistema único de saúde; Educação em saúde; Enfermagem; Ensino

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2179769225853