O conhecimento da biodiversidade: um estudo de caso com estudantes de graduação de uma universidade brasileira

Hulia Juana Scherer, Damaris Kirsch Pinheiro, Liliana Essi

Resumo


A motivação para a conservação de espécies está muito relacionada ao conhecimento popular sobre a biodiversidade, o qual se acredita que venha sendo erodido ao longo das gerações. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o conhecimento da população jovem, representada por alunos de graduação de diversos cursos de uma universidade brasileira, sobre a biodiversidade do Brasil. Para tal, foram apresentadas a estudantes de graduação fotos de espécies, solicitando que os mesmos indicassem se as conheciam, através de um questionário que foi preenchido ao longo de uma apresentação das imagens. Os dados obtidos foram utilizados como subsídio para elaboração de material de divulgação sobre biodiversidade (blog). Os resultados mostraram que os estudantes em geral possuem um baixo conhecimento acerca da biodiversidade brasileira, e que estudantes de cursos com mais contato com temas ambientais ou com vivência em zona rural tendem a conhecer melhor as espécies nativas. Também se observou que o conhecimento de espécies animais é em geral superior ao conhecimento de espécies vegetais, sendo algumas espécies exóticas mais conhecidas pelos entrevistados do que espécies nativas. Conclui-se que é de extrema importância que a temática biodiversidade seja mais trabalhada tanto na educação formal quanto informal.

Palavras-chave


Educação Ambiental; Espécies nativas; Ensino

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236130818904

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.