Tensões entre legitimidade e autenticidade nas publicações em inglês por doutorandas brasileiras

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5902/2176148548544

Palavras-chave:

Artigo científico, Doutorandos, Internacionalização, Letramentos acadêmicos, Escrita acadêmica

Resumo

Na esteira dos Letramentos Acadêmicos e no contexto da internacionalização da educação superior, analisam-se, neste artigo, posicionamentos e estratégias de escrita acadêmica de cinco doutorandas brasileiras em relação à publicação de artigos científicos em inglês. Os dados analisados foram gerados a partir de duas pesquisas realizadas em duas universidades públicas do estado de São Paulo, com ancoragem teórica e metodológica na etnografia da linguagem. Os resultados apontam para tensões entre legitimidade e autenticidade no cenário atual de forte produtividade científica em inglês. Argumenta-se a favor de práticas de publicação em inglês alinhadas a uma diplomacia do conhecimento em ação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rómina de Mello Laranjeira, DELET/ICHS/UFOP

Rómina de Mello Laranjeira é professora do Departamento de Letras, onde atua nos cursos de Letras e de Pedagogia, e do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal de Ouro Preto. É pós-doutora em Letras (Universidade Presbiteriana Mackenzie/São Paulo) e doutora em Ciências da Educação, especializada em Letramentos e Ensino do Português, pela Universidade do Minho (Portugal). Seus interesses de pesquisa e extensão centram-se na área de educação e ensino de língua portuguesa, letramentos, etnografia da linguagem e formação de professores. É líder do Grupo de Pesquisa em Letramentos e Educação Linguística da Universidade Federal de Ouro Preto (LEDUFOP/CNPq).

Larissa Giacometti Paris, Universidade Estadual de Campinas (IEL/UNICAMP)

Larissa Giacometti Paris é licenciada em Letras/Português pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), mestra em Linguística Aplicada pela mesma instituição e doutoranda do referido programa, sendo bolsista do CNPq. Tem participado de projetos de investigação sobre ensino de Língua Portuguesa e práticas de letramentos, sendo seu foco de pesquisa os letramentos acadêmicos. Tem experiência como professora da educação básica e é autora de materiais didáticos de Língua Portuguesa.

Referências

BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. Traduzido por Paulo Bezerra. 6ª ed. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2011 [1979].

BARTON, David. Literacy: an introduction to the ecology of written language. Oxford: Blackwell, 1994.

BARTON, David; HAMILTON, Mary. Local literacies: reading and writing in one community. Londres: Routledge, 1998.

BRASIL. Ministério da Educação. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Portaria nº 220, de 03 nov. 2017.

BERG, Maggie; SEEBER, Barbara. The Slow Professor: challenging the culture of speed in the academy. Toronto: University of Toronto Press, 2016.

BLOMMAERT, Jan; JIE, Dong. Ethnographic Fieldwork: a beginner’s guide. Bristol: Multilingual Matters, 2010.

BORGES, Bárbara; VERDU, Fabiane; RADAEL, Weber; IGARASHI, Deisy; SEGATE, Flávia. A Internacionalização da Educação Superior no Brasil: uma revisão sistemática. In: Anais do II Encontro Internacional de Gestão, Desenvolvimento e Inovação (EIGEDIN), v. 2, n. 1, p. 1-18, 2018.

CANCLINI, Néstor García. A globalização imaginada. São Paulo: Iluminuras, 2007.

CURRY, Mary Jane; LILLIS, Theresa. Estratégias e táticas na produção do conhecimento acadêmico por pesquisadores multilíngues. Traduzido por Raquel Salek Fiad e Flávia Miranda. In: FIAD, R. S. (Org.). Letramentos acadêmicos: contextos, práticas, percepções. São Carlos: Pedro & João Editores, p. 11-64, 2016.

CURRY, Mary Jane; LILLIS, Theresa. Problematizing English as the Privileged Language of Global Academic Publishing. In: CURRY, Mary Jane; LILLIS, Theresa. (Orgs.). Global Academic Publishing: Policies, Perspectives and Pedagogies. São Paulo: Telos/Bristol: Multilingual Matters, p. 01-20, 2019.

DUCHÊNE, Alexandre; HELLER, Monica. (Orgs.). Language in late capitalism: pride and profit. New York: Routledge, 2012.

FIAD, Raquel Salek. Reescrita, dialogismo e etnografia. Linguagem em (Dis)curso, Tubarão, SC, v. 13, n. 3, p. 463-480, 2013.

GARCEZ, Pedro de Moraes; SHULZ, Lia. Olhares circunstanciados: etnografia da linguagem e pesquisa em Linguística Aplicada no Brasil. Revista DELTA, v. 31-especial, p. 1-34, 2015.

GARCEZ, Pedro de Moraes. Quem é estudante falante de português em famílias de origem brasileira em Toronto, Canadá? questões de classe. Linguagem em (Dis)curso, Tubarão, SC, v. 18, n. 3, p. 729-749, 2018.

GEE, James Paul. The New Literacy Studies: from ‘socially situated’ to the work of the social. In: BARTON, David; HAMILTON, Mary; IVANIC, Roz (Orgs.). Situated literacies: reading and writing in context. London/ New York: Routledge, p. 180-196, 2000.

HEATH, Shirley Brice; STREET, Brian. On ethnography: approaches to language and literacy research. New York: Teachers College Press, 2008.

JESUS, Paula Clarice Santos Grazziotin de. Política e planejamento linguístico para ciência e educação superior: possibilidades do multilinguismo para a produção e a difusão de conhecimento. 218 f. Tese (Doutorado em Linguística) – Programa de Pós-Graduação em Linguística, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2018. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/205985. Acesso em 10 fev. 2021.

JORDÃO, Clarissa Decolonizing identities: English for internationalization in a Brazilian university. Interfaces Brasil/Canadá, Revista Brasileira de Estudos Canadenses, São Paulo, v. 16, n. 1, p. 191-209, 2016.

KNIGHT, Jane. Updating the definition of internationalization. International Higher Education, n. 33, p. 2-3, 2003.

KNIGHT, Jane; WIT, Hans de. Internationalization of Higher Education: Past and Future. International Higher Education, n. 95, p. 2-4, 2018.

KNIGHT, Jane. Knowledge diplomacy in action. Discussion Paper. London: British Council, 2019. Disponível em: https://www.britishcouncil.org/sites/default/files/research-knowledge-diplomacy-in-action.pdf. Acesso em 31 jul. 2020.

LEA, Mary. Academic Literacies in Theory and Practice. In: STREET, Brian; MAY, Stephen. (Orgs.). Encyclopedia of Language and Education: Literacies and Language Education. 3 ed. New York: Springer, p. 147-158, 2017.

LEA, Mary; STREET, Brian. Student writing in higher education: an academic literacies approach. Studies in Higher Education, v. 23, n. 2, p. 157-171, 1998.

LEA, Mary; STREET, Brian. O modelo de “letramentos acadêmicos”: teoria e aplicações. Traduzido por Fabiana Komesu e Adriana Fischer. Filologia e Linguística Portuguesa, v. 16, n. 2, p. 477-493, 2014.

LILLIS, Theresa; CURRY, Mary Jane. Academic writing in a global context: the politics and practices of publishing in English. New York: Routledge, 2010.

MIHUT, Georgiana; ALTBACH, Philip; WIT, Hans de. (Orgs). Understanding Higher Education Internationalization. Insights from Key Global Publications. Rotterdam: Sense Publications, 2017.

NOGUEIRA, Nara Nília Marques. Dimensões “escondidas” da internacionalização do ensino superior. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, v. 18, n. 4, p. 951-982, 2018.

PARIS, Larissa Giacometti; LARANJEIRA, Rómina Mello. Autoria e internacionalização na escrita acadêmica: análise da principal organização profissional das Engenharias Elétrica e Eletrônica. Linguagem & Ensino, v. 22, n. 3, p. 752-773, 2019.

PILLER, Ingrid; CHO, Jinhyun. Neoliberalism as language policy. Language in Society, v. 42, n. 1, p. 23-44, 2013.

ROCHA, Cláudia Hilsdorf; MACIEL, Ruberval Franco. Prática local e internacionalização do Ensino Superior. In: MACIEL, Ruberval Franco; TILIO, Rogério; JESUS, Dánie Marcelo de; BARROS, Adriana Lúcia Escobar Chaves de. (Orgs.). Linguística aplicada para além das fronteiras. Campinas, SP: Pontes Editores, p. 121-142, 2018.

SIGNORINI, Inês. Política, língua portuguesa e globalização. In: LOPES, Luiz Paulo da Moita (Org.). O Português no século XXI: cenário geopolítico e sociolinguístico. São Paulo: Editora Parábola, p. 74-100, 2013.

STREET, Brian. Literacy in Theory and Practice. Cambridge: Cambridge University Press, 1984.

STREET, Brian. “Hidden” features of academic paper writing. Working Papers in Educational Linguistics, v. 24, n. 1, p. 1-17, 2009.

STREET, Brian; LEA, Mary; LILLIS, Theresa. Revisiting the question of transformation in academic literacies: the ethnographic imperative. In: LILLIS, Theresa; HARRINGTON, Kathy; LEA, Mary; MITCHELL, Sally. (Orgs.). Working with Academic Literacies: case studies towards transformative practice. Anderson, South Carolina: Parlor Press; Fort Collins, Colorado: WAC Clearinghouse, 2015.

Downloads

Publicado

2021-10-19 — Atualizado em 2022-08-02

Versões

Como Citar

de Mello Laranjeira, R., & Giacometti Paris, L. (2022). Tensões entre legitimidade e autenticidade nas publicações em inglês por doutorandas brasileiras. Letras, 049–075. https://doi.org/10.5902/2176148548544 (Original work published 19º de outubro de 2021)