EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: EXPECTATIVAS E FORMAÇÃO DOS ACADÊMICOS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA UFSM

Derli Juliano NEUENFELDT

Resumo


O objetivo deste trabalho foi de verificar quais as expectativas que os acadêmicos do Curso de Educação Física da UFSM tinham em relação à Prática de Ensino e se essas concretizaram-se ou não. Através de uma metodologia descritiva foram levantados dados referentes a (1) contribuição que pretendiam deixar aos alunos; (2) condições que esperavam para ministrar as aulas; (3) orientação que iriam ter; (4) conhecimentos adquiridos no curso que seriam mais úteis; (5) importância de experiências anteriores como docente; (6) expectativa de vir a trabalhar com a Educação Física escolar e (7) como julgavam a sua preparação profissional. A amostra foi constituída de 47 acadêmicos do T semestre e os dados coletados através de um questionário aplicado em dois momentos: anterior a ida nas escolas e no final do semestre. Evidenciou-se que os acadêmicos estão cientes da própria formação, das más condições físicas e materiais para o trabalho, no entanto sentem-se despreparados para enfrentar imprevistos, fato evidenciado pela cobrança da presença constante do orientador da disciplina. Toma-se necessário dar condições adequadas para estes acadêmicos ministrarem suas aulas e envolvê-los com pesquisa, ensino e extensão. Dessa forma os acadêmicos terão maior segurança ao atuarem durante a prática de ensino o que pode influenciar, no futuro, na escolha do campo de trabalho.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/231654648177

Direitos autorais



Avaliação Qualis Capes (2014):

B4- Educação Física / B3- Interdisciplinar e Psicologia / B5- Educação 

Periodicidade: contínua

ISSN: 2316-5464 online

DOI: 10.5902/23165464

email: kinesisrevista@ufsm.br


 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.