História da Educação Física das escolas públicas do município de Icó-CE: inserção e prática docente

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5902/2316546453170

Palavras-chave:

Educação Física, Prática docente, Escolas públicas, Historicidade

Resumo

Este estudo objetivou constituir a história da Educação Física da Escola de 1º Grau Vivina Monteiro e do Grupo Escolar Professora Lourdes Costa, localizados no município de Icó-CE (Brasil), destacando a inserção e a prática docente nos primeiros anos de implantação. Para isso, desenvolvemos uma pesquisa de abordagem qualitativa de caráter histórico, tendo a História Oral como técnica. Assim, este estudo contou com o entrelaçamento da história oral de dois professores aposentados que lecionaram em ambas as escolas, e da análise de documentos. Na instituição de ensino Vivina Monteiro, a Educação Física foi inserida em 1976, e na Professora Lourdes Costa, em 1982. Nessas escolas, a prática docente da Educação Física pautava-se em atividades para melhoria dos níveis de aptidão física e o desempenho de habilidades motoras e esportivas. Essas constatações contribuem para a compreensão histórica da Educação Física nas escolas cearenses, permitindo reflexões críticas sobre a prática dos professores ao longo do tempo.

Biografia do Autor

Paulo Rogério de Lima, Universidade Estadual do Ceará (UECE), Fortaleza, CE, Brasil

Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará-UECE. Professor da Secretaria de Educação do Estado do Ceará-SEDUC.

Sílvia Maria Nóbrega-Therrien, Universidade Estadual do Ceará (UECE), Fortaleza, CE, Brasil

Doutora em Sociologia da Educação, pela Universidade de Salamanca, Espanha e Pós-Doutora em Educação pela Universidade de Valencia, Espanha. Professora Assistente da Universidade Estadual do Ceará do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Curso de graduação em Medicina. Líder do Grupo de Pesquisa Educação, História e Saúde Coletiva e Coordenadora do Laboratório- LEHSC.

Referências

ABREU, Samara Moura Barreto de; SABÓIA, Wilson Nóbrega; NÓBREGA-THERRIEN, Sílvia Maria. Formação docente em Educação Física: perspectivas de uma racionalidade pedagógica do corpo em movimento. Educação & Formação, Fortaleza, v. 4, n. 12, p. 191-206 set./out. 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/897 /1317 Acesso em: 05 maio 2020.

BRASIL. Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº 510, de 07 abril de 2016. Brasília, DF, 2016. Disponível em: http://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2016/reso510.pdf Acesso em: 18 maio 2018.

BRASIL. Decreto Federal nº 69.450, de 01 de novembro de 1971. Regulamenta o artigo 22 da Lei número 4.024, de 20 de dezembro de 1961, e alínea c do artigo 40 da Lei 5.540, de 28 de novembro de 1968 e dá outras providências. Brasília, DF, 1971. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/d69450.htm Acesso em: 10 mar. 2018.

CASTELLANI FILHO, Lino. Educação Física no Brasil: a história que não se conta. 18. ed. Campinas: Papirus, 2010.

CORRÊA, Denise A. Os governos de Getúlio Vargas (1930-1954) e a Educação Física Escolar no Estado de São Paulo: Lembranças de Velhos Professores. 2009. 230 f. Tese (Doutorado em História) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.

DARIDO, Suraya C.; RANGEL, Irene C. A. Educação Física na escola: implicações para a prática pedagógica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2005.

ESCOLA DE 1º GRAU VIVINA MONTEIRO. Ata de Resultados Finais. Icó: arquivo permanente, sala da secretaria, 1976.

FRANCO, Maria A. do R. S. Prática pedagógica e docência: um olhar a partir da epistemologia do conceito. Rev. bras. Estud. pedagog. (on-line), Brasília, v. 97, n. 247, p. 534-551, set./dez. 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbeped/v97n247/2176-6681-rbeped-97-247-00534.pdf Acesso em: 10 set. 2018.

GRUPO ESCOLAR PROFESSORA LOURDES COSTA. Ata de Resultados Finais. Icó: arquivo permanente, sala da secretaria, 1982.

GRUPO ESCOLAR PROFESSORA LOURDES COSTA. Diário de classe das turmas de 5ª séries A e B e 6ª série A da disciplina de Educação Física. Icó: arquivo permanente, sala da secretaria, 1983.

LOBIONDO-WOOD, Geri; HABER, Judith. Pesquisa em enfermagem: métodos, avaliação crítica e utilização. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2001.

MAIA, S. Entrevista concedida a Paulo Rogério de Lima por Sandra Maia. Icó, 9 jan. 2019. Duração: 25 min.

MEIHY, José C. S. B.; HOLANDA, Fabíola. História oral: como fazer, como pensar. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2013.

MINAYO, Maria C. de S. (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 18. ed. Petrópolis: Vozes, 2001. 80 p.

PAULO, J. Entrevista concedida a Paulo Rogério de Lima por João Paulo. Icó, 10 jan. 2019. Duração: 30 min.

RANGEL BETTI, Irene C. Esporte na escola: mas é só isso, professor? Motriz, Rio Claro, v. 1, n. 1,

p. 25-31, jun. 1999. Disponível em: http://files.cursoeducacaofisica.webnode.com/200000088-60238611e0/ESPORTE%20NA%20ESCOLA%20-%20IRENE%20RANGEL.pdf Acesso em: 10 jul. 2020.

ROCHA, Ariza M. O passado da Educação Física Escolar em Fortaleza-CE (1865-1930). Fortaleza: Edições UFC, 2011.

SOARES, Carmem L. et al. Metodologia do ensino de educação física. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2012.

Downloads

Publicado

03/12/2021

Como Citar

Lima, P. R. de, & Nóbrega-Therrien, S. M. (2021). História da Educação Física das escolas públicas do município de Icó-CE: inserção e prática docente. Kinesis, 39(1). https://doi.org/10.5902/2316546453170

Edição

Seção

Artigos originais