O ORIENTE DE FUNAKOSHI NO HORIZONTE DO KARATÊ DESPORTIVIZADO

Milton de Souza Coelho, Paulo Renato Moreira da Silva Coelho, Leandro Nogueira Salgado Filho, Nilda Teves Ferreira, Jorge Felipe Columá, Felipe da Silva Triani

Resumo


O oriente de Funakoshi se projeta no karatê atual. Nesse viés, os deslocamentos de sentido da desportivização geram valores mesclados do Bushido que unem valores antigos e novos. Com isso o mestre perde autonomia diante da Federação que tende a investir numa estética padronizada e na educação do movimento. Isso acelera a desconstrução da prática que privilegiava o kata e o Bushido tradicional. Nesse sentido, objetiva-se analisar indícios de emergência de novos códigos culturais, caracterizadores de éticas mitigadas, como alternativas à ética do Bushido no sentido tradicional. Para atingi-lo, foi realizada uma pesquisa híbrida em que praticantes de Karatê Shotokan são questionados e entrevistados a partir do 1º Dan filiados à Federação de Karatê do Rio de Janeiro. Portanto, o estudo mostra que a ética do Bushido se desloca em direção a outros valores, ancorada na força imaginária do Bushido tradicional que pavimenta o campo para a legitimação de novos valores.


Palavras-chave


Karatê; Ética; Estética; Deslocamentos de sentido

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2316546423757



Avaliação Qualis Capes (2014):

B4- Educação Física / B3- Interdisciplinar e Psicologia / B5- Educação 

Periodicidade: contínua

ISSN: 2316-5464 online

DOI: 10.5902/23165464

email: kinesisrevista@ufsm.br

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.