Avaliação Psicológica e Intervenção: um estudo de caso sobre altas habilidades/superdotação

Carolina Rosa Campos, Priscila Zaia Bassinello, Karina Silva Oliveira, Tatiana de Cássia Nakano

Resumo


Considerando as dificuldades nos processos de identificação, bem como os desafios e problemas relacionados à inclusão de alunos com altas habilidades/superdotação, este estudo apresenta os resultados advindos de um caso de uma criança com características expressivas de superdotação (11 anos e 7 meses, sexo feminino, 5º ano), dando enfoque às questões emergentes de um processo avaliativo/interventivo. Buscou-se relacionar as informações obtidas no caso com as principais problemáticas da área de altas habilidades/superdotação no que tange os processos de intervenção para inclusão escolar. Dessa forma, a análise do caso permitiu verificar a importância do diagnóstico precoce, assim como o impacto das intervenções no desenvolvimento sadio da criança com altas habilidades/superdotação. Espera-se, com este trabalho, fornecer subsídios para o aprimoramento dos processos de avaliação e intervenção dessas crianças, assim como enfatizar a importância da condução destes processos o mais cedo possível na vida do indivíduo, visando garantir que as estratégias de interações positivas possam favorecer seu desenvolvimento integral.


Palavras-chave


Superdotados; Inclusão escolar; Processos avaliativos; Processos interventivos.

Texto completo:

PDF HTML

Referências


ALENCAR, Eunice Maria Lima Soriano. Ajustamento emocional e social do superdotado: fatores correlatos. In: PISKE, Fernanda Helen Ribeiro; MACHADO, Járci Maria; BAHIA, Sara; STOLTZ, Tania (orgs.). Altas habilidades/superdotação (AH/S): Criatividade e Emoção. Curitiba, PR: Juruá, 2014. p. 149-162.

ALI, Sana. ; RAFI, Mohammed. New Strategies to Identifying and Empowering Gifted Underachievers. International Journal of Humanities Social Sciences and Education (IJHSSE), v. 3, n. 4, p. 84-89, 2016. doi: http://dx.doi.org/10.20431/2349-0381.0304010

ANTIPOFF, Cecília Andrade; CAMPOS, Regina Helena de Freitas. Superdotação e seus mitos. Revista Semestral da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional, v. 14, n. 2, p. 301-309, 2010. Recuperado de: http://www.scielo.br/pdf/pee/v14n2/a12v14n2

AZEVEDO, Sônia Maria Lourenço; METTRAU Marsyl Bulkool. Altas Habilidades /Superdotação: Mitos e Dilemas Docentes na Indicação para o Atendimento. Psicologia Ciência e Profissão, v. 30, n. 1, p. 32-45, 2010. Recuperado de: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/pcp/v30n1/v30n1a04.pdf

BRASIL. Secretaria de Educação Especial - MEC. Políticas Públicas para Alta Habilidade/ Superdotação, 2012. Disponível em: http://www.senado.gov.br/web/comissoes/CE/AP/AP20080626_superdotados_Cl%C3%A1udiaGriboski.pdf. Recuperado em 10 de março de 2014.

BRODY, Linda. Meeting the individual educational needs of students by applying talent search principles to school settings. In: PLUCKER, Jonathan A.; RINN, Anne N.; MAKEL, Matthew C. (Eds.), From Giftedness to gifted education: reflecting theory in practice. Prufrock Press Inc: Waco, Texas, 2017. p. 43-63.

COSTA, Maria Pereira; LUBART, Todd I. Gifted and talented children: Heterogeneity and individual differences. Anales de psicología, v. 32, n. 3, p. 662-671, 2016. doi: http://dx.doi.org/10.6018/analesps.32.3.259421.

DEL PRETTE, Almir; DEL PRETTE, Zilda Aparecida Pereira. Inventário de Habilidades Sociais para Adolescentes (IHSA-Del-Prette): Manual de aplicação, apuração e interpretação. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2009.

FORNIA, Gwen. L.; FRAME, Marsha Wiggins. The social and emotional needs of gifted children: implications for family counseling. The Family Journal, v.9, n. 1, p. 384-390, 2001. Doi: 10.1177/1066480701094005.

FREEMAN, Joan. Emotional problems of the gifted child. The Journal of Child Psychology and Psychiatry, v. 24, n. 3, p. 481-485, 1983. doi: 10.1111/j.1469- 7610.1983.tb00123.x.

GAGNÉ, Françoys. Academic Talent development: Theory and best practices. In: PFEIFFER, Steven I.; SHAUNESSY-DEDRICK, Elizabeth;

FOLEY-NICPON, Megan (Ed.). APA Handbook of Giftedness and Talent. Washington, DC: American Psychological Association, 2018. p. 163-183. doi: http://dx.doi.org/10.1037/0000038-011.

GARDNER, Howard. A Multiplicity of Intelligences. Scientific American Presents, v. 9, n. 1, p. 18- 23, 1998. Retirado de: http://web.b.ebscohost.com/ehost/detail/detail?sid=8641f260-1672-4715-932f-1511bd830496%40sessionmgr106;vid=0;hid=102;bdata=Jmxhbmc9cHQtYnImc2l0ZT1laG9zdC1saXZl#AN=20940674;db=aph.

HERTZOG, Nancy B.; MUN, Rachel U.; DURUZ, Bridget; HOLIDAY, Amy A. Identification of strengths and talents in Young children. In: PFEIFFER, Steven I.; SHAUNESSY-DEDRICK, Elizabeth; FOLEY-NICPON, Megan (Ed.). APA Handbook of Giftedness and Talent. Washington, DC: American Psychological Association, 2018. p. 301-316.

HOROWITZ, Frances D.; O’BRIEN, Marion. Gifted and Talented Children: state of knowledge and directions for research. American Psychologist, v. 41, n. 10, p. 1147-1152, 1986. Doi: 10.1037/0003-066x.41.10.1147.

IORIO, Naila Mattos; CHAVES, Fernanda Ferreira; ANACHE, Alexandra Ayach. Revisão de literatura sobre aspectos das avaliações para Altas Habilidades/Superdotação. Revista Educação Especial, v. 29, n. 55, p. 413-428, 2016. doi: http://dx.doi.org/10.5902/1984686X17447.

JONES, Damon E.; GREENBERG, Mark; CROWLEY, Max. How Children’s Social Behaviors Relate to Success in Adulthood. The WERA Educational Journal, v. 8, n. 2, p. 27-33, 2016.

MARTINS, Bárbara Amaral; CHACON, Miguel Claudio Moriel. Características de Altas Habilidades/Superdotação em Aluno Precoce: um Estudo de Caso. Revista Brasileira de Educação Especial, v. 22, n. 2, p.189-202, 2016. Doi: https://doi.org/10.1590/s1413-65382216000200004.

MATOS, Brenda Cavalcante; MACIEL, Carina Elisabeth. Políticas Educacionais do Brasil e Estados Unidos para o Atendimento de Alunos com Altas Habilidades/Superdotação (AH/SD). Revista Brasileira de Educação Especial, v. 22, n. 2, p. 175-188, 2016. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-65382216000200003

MILLER, Erin Morris; COHEN, LeoNora M. Engendering Talent in Others: Expanding Domains of Giftedness and Creativity. Roeper Review, v. 34, n. 1, p. 104-113, 2012. Doi: 10.1080/02783193.2012.660684.

NAKANO, Tatiana de Cássia; CAMPOS, Carolina Rosa; SANTOS Maristela Volpi. Escala de Avaliação de Altas Habilidades / Superdotação – versão professor: validade de conteúdo. Estudos Interdisciplinares em Psicologia, v. 7, n. 1, p. 103-123, 2016. doi: 10.5433/2236-6407.2016v7n1p103.

NAKANO, Tatiana de Cássia; WECHSLER, Solange Muglia; PRIMI, Ricardo. Teste de Criatividade Figural Infantil. São Paulo: Editora Vetor, 2011.

OUROFINO, Vanessa Terezinha Alves Tentes; FLEITH, Denise Souza. A condição underachievement em superdotação: definição e características. Psicologia: teoria e prática, v. 3, n. 3, p. 206-222, 2011. Retirado de: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext;pid=S1516-36872011000300016

OZCAN, Deniz, ; KAYA, Furkan. What does giftedness mean according to teachers? International Journal of Learning and Teaching, v. 8, n. 2, p. 150-155, 2016. Doi: https://doi.org/10.18844/ijlt.v8i2.645

PÉREZ, Susana Graciela Pérez Barreira; FREITAS, Soraia Napoleão. Políticas públicas para as Altas Habilidades/Superdotação: incluir ainda é preciso. Revista Educação Especial, v. 27, n. 50, p. 627- 640, 2014. doi: 10.5902/1984686X14274.

RECH, Andréia Jaqueline Devalle; FREITAS, Soraia Napoleão. O papel do professor junto ao aluno com altas habilidades. Revista do Centro de Educação, v. 25, n. 1, p. 07-07, 2005. doi: 10.5902/1984686X.

RENZULLI, Joseph S. Reexaminando o papel da educação para superdotados e o desenvolvimento de talentos para o Século XXI: uma abordagem teórica de quatro partes. In VIRGOLIM, Ângela (org.). Altas habilidades/superdotação: processos criativos, afetivos e desenvolvimento de potenciais. Porto, Portugal: Juruá, 2018. p. 19-42

RUEDA, Fabián Javier Marín. Bateria Psicológica para Avaliação da Atenção –BPA. São Paulo: Vetor, 2013.

SILVA, Paulo Vinícius Carvalho; FLEITH, Denise Souza. A influência da família no desenvolvimento da superdotação. Psicologia Escolar e Educacional, v. 12, n. 2, p. 337-346, 2008. Retirado de: http://www.scielo.br/pdf/pee/v12n2/v12n2a05.pdf

SIMON, Karolina Waechter; VIEIRA, Nara Joyce Wellausen. Um estudo sobre as atitudes dos professores quanto à inclusão dos alunos com altas habilidades/superdotação. Revista Amazônica, v. X, n. 3, p. 258-279, 2012.

STEIN Lilian Milnitsky. Teste de Desempenho Escolar: Manual para Aplicação e Interpretação. São Paulo: Casa do Psicólogo Livraria e Editora Ltda, 1994.

STERNBERG, Robert J. The WICS Model of Giftedness. In: STERNBERG, Robert J.; DAVIDSON, Janet E. (Eds.), Conceptions of Giftedness. 2nd ed. Cambridge: Cambridge University Press, 2005. p. 327-342

SUBOTNIK, Rena F.; OLSZEWSKI-KUBILIUS, Paula; WORRELL, Frank C. Transforming gifted education into talent development. In: PLUCKER, Jonathan A.; RINN, Anne N.; MAKEL, Matthew C. (Eds.), From Giftedness to gifted education: reflecting theory in practice. Prufrock Press Inc: Waco, Texas, 2017. p. 249-266.

SUBOTNIK, Rena F.; OLSZEWSKI-KUBILIUS, Paula; WORRELL, Frank C. High performance: the central psychological mechanism for talent development. In: PFEIFFER, Steven I.; SHAUNESSY-DEDRICK, Elizabeth; FOLEY-NICPON, Megan (Ed.). APA Handbook of Giftedness and Talent. Washington, DC: American Psychological Association, 2018. p. 07-20. doi: http://dx.doi.org/10.1037/0000120-002.

WECHSLER, David. WISC-III: Escala de Inteligência Wechsler para crianças. São Paulo, SP: Casa do Psicólogo, 2002.

WELLISCH, Mimi; BROWN, Jac. An Integrated Identification and Intervention Model for Intellectually Gifted Children. Journal of Advanced Academics, v. 23, n. 2, p. 145-167, 2012. Doi: 10.1177/1932202X12438877.

YUEN, Mantak; CHAN, Serene; CHAN, Cheri; FUNG, Dennis C.L.; CHEUNG, Wai Ming; KWAN, Tammy; LEUNG, Frederick. K. S. Differentiation in key learning areas for gifted students in regular classes: A project for primary school teachers in Hong Kong. Gifted Education International, v. 34, n.1, p. 36-46, 2016. doi: 10.1177/0261429416649047




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1984686X39550

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoespecial.ufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial

 

ISSN eletrônico: 1984-686X

DOIhttp://dx.doi.org/10.5902/1984686X

Qualis/Capes: Educação A2

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação Especial agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

 

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International (CC BY-NC 4.0)

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

__________________________________________________