EFEITO DA APLICAÇÃO DO POTÁSSIO, DO SÓDIO E DA DISPONIBILIDADE HÍDRICA NA DENSIDADE APARENTE A 12% DE UMIDADE DO LENHO JUVENIL DE ÁRVORES DE Eucalyptus grandis

Vinicius Resende Castro, Paula Gabriella Surdi, Carlos Roberto Sette Junior, Mario Tomazello Filho, Gilles Chaix, Jean Paul Laclau

Resumo


Expressiva área das plantações florestais de eucalipto de rápido crescimento no Brasil e em outras regiões do mundo encontra-se sob o efeito das mudanças climáticas, do estresse hídrico e da baixa fertilidade do solo, afetando o crescimento e a qualidade do lenho das árvores. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a densidade aparente a 12% de umidade do lenho das árvores de Eucalyptus grandis com 12, 24 e 36 meses, com redução da precipitação pluviométrica e nutrição de K e Na. Os tratamentos foram definidos por dois regimes hídricos (100 e 66% das chuvas, com redução artificial com lonas de polietileno) e três tipos de nutrição: K (K - 4,5 kmol/ha), N (Na - 4,5 kmol/ha) e controle. A densidade aparente a 12% de U.R. das amostras da posição do DAP do tronco das árvores foi determinada pela densitometria de raios X e por imagens digitais do lenho. Os resultados indicaram diferença significativa da densidade aparente a 12% de U.R. das árvores de eucalipto nos tratamentos de nutrição e de disponibilidade hídrica. O perfil radial de densidade aparente mostrou maior diferença a partir do terceiro ano de idade das árvores. Pelas imagens digitais, analisou-se a variação radial da densidade aparente da madeira. Os resultados do trabalho fornecem subsídios para a adoção de práticas silviculturais nas áreas de plantações florestais com estresse hídrico e/ou afetadas pelas mudanças climáticas, bem como a substituição parcial de K por Na.


Palavras-chave


nutrição; estresse hídrico; densitometria de raios X, qualidade do lenho.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, J. C. R. et al. A positive growth response to NaCl applications in Eucalyptus plantations established on K-eficient soils. Forest Ecology and Management, Amsterdam, v. 259, p. 1786-1795, 2010.

ARIZAPANA-ALMONACID, M. A. Avaliação do crescimento e da qualidade do lenho de árvores de Eucalyptus urophylla, de 8 anos, de teste de progênies, visando a produção de carvão vegetal. 2013. 159 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Florestais) – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2013.

ARGENT, R. A. et al. The dendroecological potential of Eucalyptus camaldulensis Denhardt (river red gum) from the Barmah Forest, Victoria, Australia. Australian Geographical Studies, Sydney, v. 42, n. 1, p 89-102, 2004.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 7190: projeto de estruturas de madeira. Rio de Janeiro, 1997.

BAMBER, R. K. et al. Effect of fast growth on the wood properties of Eucalyptus grandis. Australian Forestry Research, Canberra, v. 12, n. 2, p. 163-167, dec. 1982.

BENJAMIN, C. A. Estudo da estrutura anatômica e das propriedades físicas e mecânicas da madeira de Corymbia (Eucalyptus) e Eucalyptus grandis. 2006. 158 f. Tese (Doutorado em Energia na Agricultura) – Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista “Júlio Mesquita Filho”, Botucatu, 2006.

BOUVET, J. M. et al. Genetic and environmental effects on growth and wood basic density with two Eucalyptus hybrids. In: CONGRESS ON CONNECTING BETWEEN SILVICULTURE AND WOOD QUALITY, 1999, Nancy. Proceedings... Nancy: IUFRO, 1999. p. 15-19.

CHERUBINI, P. et al. Olive tree-ring problematic dating: a comparative analysis on Santorini (Greece). Plos One, Berkeley, v. 8, n. 1, p. 1-5, 2013.

COOPMAN, R. E. et al. Changes in morpho-physiological attributes of Eucalyptus globulus plants in response to different drought hardening treatments. Electronic Journal of Biotechnology, Valparaiso, v. 11, n. 2, p. 30-39, 2008.

COUTO, A. M. et al. Validation of a X-Ray densitometry method for the determination of Eucalyptus grandis and Eucalyptus urophylla radial density profile. In: IUFRO CONFERENCE DIVISION 5 FOREST PRODUCTS, 2012, Estoril. Final program, proceedings and abstracts book… Estoril: IUFRO, 2012.

FAXITRON. User manual Faxitron D X radiography system. Lincolnshire: [s. n.], 2009. 95 p.

FREITAS, P. C. et al. Efeito da disponibilidade hídrica e da aplicação de potássio e sódio nas características anatômicas do lenho juvenil de Eucalyptus grandis. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 39, n. 2, p. 405-416, 2015.

GAVA, J. L. Efeito de adubação potássica em plantios de Eucalyptus grandis conduzidos em segunda rotação em solos com diferentes teores de potássio trocável. Série Técnica IPEF, Piracicaba, v. 11, n. 30, p. 89-94, abr. 1997.

GONÇALVES, J. L. M. et al. An evaluation of minimum and intensive soil preparation regarding fertility and tree nutrition. In: GONÇALVES, J. L. M.; BENEDETTI, V. (Ed.). Forest nutrition and fertilization. Piracicaba: IPEF, 2004. p. 13-64.

HENRIQUES, E. P. Variabilidade genética de caracteres de produção e qualidade da madeira, para carvão vegetal, em progênies de Eucalyptus urophylla S. T. Blake. 2012. 84 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Florestal) – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Botucatu, 2012.

KEUNECKE, D. et al. Combination of X-ray and digital image correlation for the analysis of moisture-induced strain in wood: opportunities and challenges. European Journal of Wood and Wood Products, Berlin, v. 70, p. 407-413, 2012.

KNAPIC, S. et al. Early assessment of density features for 19 Eucalyptus species using X-ray microdensitometry in a perspective of potential biomass production. Wood Science and Technology, New York, v. 48, p. 37-49, 2014.

MAQUÈRE, V. Dynamics of mineral elements under a fast-growing/Eucalyptus/plantations in Brazil: implications for soil sustainability. 2008. 375 f. Thesis (Ph. D. in Forest Science) – Agro Paris Tech, Paris, 2008.

MANNES, D. et al. Neutron imaging versus standard X-ray densitometry as method to measure tree-ring wood density. Trees, Berlin, v. 21, p. 605–612, 2007.

MARSCHNER, H. Mineral nutrition of higher plants. San Diego: Academic Press, 1995. 889 p.

NGUGI, M. R. et al. Physiological responses to water stress in Eucalyptus cloeziana and E. argophloia seedlings. Trees, Darmstadt, v. 18, p. 381-389, 2004.

OLIVEIRA, J. T. S. et al. Influência da precipitação na densidade básica da madeira de um clone de Eucalyptus grandis. In: ENCONTRO BRASILEIRO EM MADEIRAS E EM ESTRUTURAS DE MADEIRA, 2010, Lavras. Anais... Lavras, 2010.

PEREIRA, A. R. Biomassa e ciclagem de nutrientes minerais em povoamentos jovens de Eucalyptus grandis e E. urophylla em região de cerrado. 1990.167 f. Tese (Mestrado em Ciências Florestais) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 1990.

SETTE JUNIOR, C. R. et al. Efeito da aplicação de potássio e sódio nas características do lenho de árvores de Eucalyptus grandis W. Hill, aos 24 meses de idade. Revista Floresta, Curitiba, v. 39, n. 3, p. 535-546, jul./set. 2009.

SETTE JUNIOR, C. R. et al. Crescimento em diâmetro do tronco das árvores de Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden e relação com as variáveis climáticas e fertilização mineral. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 43, n. 6, p. 979-990, 2010.

SETTE JUNIOR, C. R. et al. Source-driven remobilizations of nutrients within stem wood in Eucalyptus grandis plantations. Trees, Heidelberg, v. 27, p. 827-839, 2013.

SHIMOYAMA, V. R. S.; BARRICHELO, L. E. G. Importância da adubação na qualidade da madeira e celulose. In: SIMPÓSIO SOBRE ADUBAÇÃO E QUALIDADE DOS PRODUTOS AGRÍCOLAS, 1989, Ilha Solteira. Anais... Ilha Solteira: 1989. p. 1-15.

SILVA, J. C. et al. Influência da idade e da posição radial na massa específica da madeira de Eucalyptus grandis Hill ex. Maiden. Revista Floresta, Curitiba, v. 34, n. 1, p. 13-22, jan./abr. 2004.

SILVEIRA, R. L. V. A.; MALAVOLTA, E. Nutrição e adubação potássica em Eucalyptus. Piracicaba: POTAFOS, 2000. 12 p. (Informações Agronômicas, 91 – Encarte Técnico, 12).

SURDI, P. G. et al. Perfil de densidade do lenho utilizando métodos radiográficos. Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 42, p. 229-236, 2014.

TOMAZELLO FILHO, M. et al. Application of technique in nondestructive evaluation of eucalyptus wood. Maderas: Ciencia y Tecnologia, Concepción, v. 10, n. 2, p. 139-150, 2008.

VIGNERON, J. et al. Relationship between basic density and growth in a fertilization trial with clones of Eucalyptus hybrids in Congo. In: IUFRO CONFERENCE EUCALYPT PLANTATIONS: IMPROVING FIBRE YIELD AND QUALITY, 1995, Hobart. Proceedings... Hobart: IUFRO, 1995. p. 68-71.

WASHUSEN, R. et al. A. Effect of thinning and fertilizer on the cellulose crystallite width of Eucalyptus globulus. Wood Science and Technology, Berlin, v. 39, n. 7, p. 569-578, Oct. 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1980509828675