DENSITOMETRIA DE RAIOS X NA AVALIAÇÃO DA DENSIDADE EM PAINÉIS DE PARTÍCULAS

Fabricio Gomes Gonçalves, Roberto Carlos Costa Lelis, Alexandre Monteiro de Carvalho, Mário Tomazello Filho

Resumo


Objetivou-se neste trabalho determinar o perfil da densidade aparente em painel aglomerado confeccionado com partículas da madeira de Acacia mangium. Utilizou-se a técnica de microdensitometria de raios X correlacionada com a densidade gravimétrica. Foram utilizados os adesivos ureia formaldeído e tanino comercial de Acacia mearnsii aplicado na forma de pó diretamente nas partículas previamente encoladas. Os painéis foram fabricados com quatro razões de compactação (1,39; 1,55; 1,73; e, 2,00) combinadas a quatro proporções de tanino em pó (0, 10, 20 e 30%), totalizando 16 tratamentos (4 painéis por tratamento). Foram determinados, analisados e comparados o perfil da densidade aparente (densidade média, densidade máxima e densidade mínima) e a densidade gravimétrica dos aglomerados produzidos. O perfil da densidade é apresentado graficamente e interpretado por análise de variância e regressão linear múltipla. Os valores de densidade aparente média, máxima e mínima observados para os painéis aglomerados obtidos pela microdensitometria de raios X variaram de 357 a 697 kg/m3, 386 a 824 kg/m3 e 334 a 634 kg/m3, respectivamente, e pelo método gravimétrico de 369 a 742 kg/m3. A técnica mostrou-se eficiente na determinação de variações nos perfis de densidade aparente ao longo da espessura dos painéis em todos os tratamentos, bem como mostrou-se eficiente na obtenção direta da densidade aparente. Estas variações poderiam ser minimizadas se o tanino utilizado fosse anteriormente hidratado em água. Houve forte correlação entre as médias das densidades obtidas pelo método do microdensitômetro de raios X e pelo método gravimétrico.


Palavras-chave


qualidade de chapa; análise não destrutiva; perfil de densidade.

Texto completo:

PDF

Referências


BELINI, U. L. et al. Teor de sílica em compósitos confeccionados com bagaço de cana-de-açúcar e eucalipto. Floresta e Ambiente, Seropédica, v. 19, n. 2, p. 250-255, jun. 2012.

BELINI, U. L.; TOMAZELLO FILHO, M.; CHAGAS, M. P. Densitometria de raios X aplicada na avaliação tecnológica de painéis MDF de eucalipto. Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 37, n. 84, p. 343-350, dez. 2009.

BUCUR, V. Techniques for high resolution imaging of wood structure: a review. Measurement Science and Technology, Bristol, v. 14, n. 12, p. 91-98, oct. 2003.

CHEN, S. et al. Digital X-ray analysis of density distribution characteristics of wood-based panels. Wood Science and Technology, Berlin, v. 44, n. 1, p. 85-93, may 2010.

ELEOTERIO, J. R.; TOMAZELLO FILHO, M.; BORTOLETTO JUNIOR, G. Propriedades físicas e mecânicas de painéis MDF de diferentes massas específicas e teores de resina. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 10, n. 2, p. 75-90, 2000.

GONÇALVES, F. G. Painéis aglomerados de madeira de Acacia mangium com adesivos de uréia-formaldeído e tanino em pó da casca de Acacia mearnsii. 2012, 105 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, 2012.

GONÇALVES, F. G.; LELIS, R. C. C. Caracterização Tecnológica da Madeira de Acacia mangium Willd em Plantio Consorciado com Eucalipto. Floresta e Ambiente, Seropédica, v. 19, n. 3, p. 286-295, 2012.

GONÇALVES, F. G. et al. Avaliação da resistência ao cisalhamento da madeira de Pinus sp. coladas em temperatura ambiente. Ciência da Madeira, Pelotas, v. 7, n. 1, p. 42-50, abr. 2016.

GONÇALVES, F. G.; LELIS, R. C. C. Propriedades de duas resinas sintéticas após adição de tanino modificado. Floresta e Ambiente, Seropédica, v. 16, n. 2, p. 1-7, 2009.

GRECON. Stenograph. 2014. Disponível em: . Acesso em: 17 abr. 2014.

HOFFMANN, R.; VIEIRA, S. Análise de regressão: uma introdução à econometria. 2. ed. São Paulo: HUCITEC, 1983. 379 p.

KELLY, M. W. Critical literature review of relationship between processing parameters and physical properties of particleboard. Gen. Tech. Rep. FPL-10, Madison: USDA Forest Service, Forest Products Laboratory, 1977. 70 p.

KOLLMAN, F. F. P.; KUENZI, E. W.; STAMM, A. J. Principles of wood science and technology: wood based materials. Berlin: Springer-Verlog, 1975. v. 2. 694 p.

LINVILLE, J. D. The influence of a horizontal density distribution on moisture-related mechanical degradation of oriented strand composites. 2000. 122 f. Thesis (Master of Science in Civil Engineering) - Washington State University, Washington, 2000.

MALONEY, T. M. Modern particleboard and dry-process fiberboard manufacturing. San Francisco: M. Freeman, 1993. 688 p.

MELO, R. R. et al. Resistência de painéis aglomerados produzidos com diferentes proporções de madeira e casca de arroz a fungos e cupins xilófagos. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 20, n. 3, p. 501-511, jul./set. 2010.

MOSLEMI, A. A. Particleboard. Carbondele: Southern Illinois Press, 1974. v.1. 256 p.

MATOS, J. L. M. Ciclo da Prensa em Chapas de Partículas Estruturais “Waferboard”. 1988. 190 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 1988.

NAUMANN, R. B. et al. Propriedades de chapas fabricadas com partículas de madeira de Eucalyptus urophylla S. T. Blake e de Schizolobium amazonicum Herb. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 32, n. 6, p. 1143-1150, dez. 2008.

NEMLI, G.; DEMIREL, S. Relationship between the density profile and the technological properties of the particleboard composite. Journal of Composite Materials, Lancaster, v. 41, n. 15, p. 1793-1802, aug. 2007.

PIZZI, A. Natural Phenolic Adhesives I: Tannin. In: PIZZI, A.; MITTAL, K. L. (Ed.). Handbook of Adhesive Technology. 2 nd ed. rev. exp. Madison: Marcel Dekker, 2003. Cap. 27.

RAUTKARI, L.; KAMKE, F. A.; HUGHES, M. Potential error in density profile measurements for wood composites. European Journal of Wood and Wood Products, Berlin, v. 69, n. 1, p. 167-169, feb. 2011.

ROQUE, R. M.; TOMAZELO FILHO, M. Relationships between anatomical features and intra-ring wood density profiles in Gmelina arborea applying X-ray densitometry. Cerne, Lavras, v. 13, n. 4, p. 384-392, sep. 2007.

SURDI, P. G. et al. Relação entre perfil de densidade e ligação interna de paineis OSB de Pinus spp. Floresta e Ambiente, Seropédica, v. 21, n. 3, p. 349-357, jul./set. 2014.

TOMAZELLO FILHO, M. et al. Avaliação tecnológica da madeira e de painéis MDF de eucalipto por densitometria de raios X. Madeira: Arquitetura & Engenharia, São Carlos, v. 11, n. 27, p. 45-58, dez. 2010.

TOSTES, A. S. et al. Colagem de chapas de madeira aglomerada com adesivo uréia-formaldeído (UF) modificado com tanino da casca de Eucalyptus pellita F. Muell. Floresta e Ambiente, Seropédica, v. 11, n. 2, p. 14-19, dez. 2004.

TRIANOSKI, R. et al. Utilização da madeira de Cryptomeria japonica para produção de painéis aglomerados. Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 41, n. 97, p. 57-64, mar. 2013

WANG, S.; WINISTORFER, P. M.; YOUNG, T. M. Fundamental of vertical density profile formation in wood composites: part 3- MDF density formation during hot pressing. Wood and Fiber Science, Madison, v. 36, n. 1, p. 17-25, jan. 2004.

WANG, X. et al. Evaluation of density distribution in wood-based panels using X-ray scanning. The e-Journal of Nondestructive Testing, [s. l.], v. 11, n. 4, apr. 2006.

WANG, X.; SALENIKOVICH, A.; MOHAMMAD, M. Localized density effects on fastener holding capacities in wood based panels. Forest Products Journal, Madison, v. 57, n. 1/2, p. 103-109, dec. 2007.

WONG, E. D. et al. Formation of the density profile and its effects on the properties of fiberboard. Journal of Wood Science, [s. l.], v. 46, n. 3, p. 202-209, jun. 2000.

XU, W. Influence of vertical density distribution on bending modulus of elasticity of wood composite panels: a theoretical consideration. Wood and Fiber Science, Madison, v. 31, n. 3, p. 277-282, jul. 1999.




DOI: https://doi.org/10.5902/1980509833382

Licença Creative Commons