Comparação técnica e econômica entre harvesters de pneus e com máquina base de esteiras

Fernando Seixas, João Luís Ferreira Batista

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/1980509813335

Uma opção muito empregada na colheita de árvores é a adaptação de escavadoras de esteiras, como máquina base, equipadas com cabeçote processador, sendo uma opção às máquinas colhedoras tipicamente florestais. Sua utilização baseia-se principalmente no custo menor de aquisição e a existência de modelos fabricados no país, facilitando a assistência técnica e a compra de peças e manutenção. Argumentos contrários referem-se ao custo elevado de manutenção das esteiras e uma maior restrição à operação em terrenos acidentados, em comparação com máquinas de pneus. O objetivo deste trabalho foi comparar, quanto a aspectos técnicos e econômicos, a utilização, na operação de corte de árvores em terreno plano, de modelos de harvesters de pneus com escavadoras de esteiras adaptadas para uso florestal. O maior custo hora dos modelos de harvesters de pneus, utilizados nas condições deste estudo, favoreceu a indicação do emprego de harvesters com máquina base de esteiras na operação de corte raso de árvores em povoamentos localizados em terrenos planos, com os dois modelos de máquinas apresentando produtividades muito próximas em condições de povoamentos florestais teoricamente similares.


Palavras-chave


colheita; mecanização florestal

Texto completo:

PDF

Referências


ANDERSSON, S.; LAESTADIUS, L. Efficiency in highly mechanized wood harvesting systems. In: SIMPÓSIO SOBRE EXPLORAÇÃO, TRANSPORTE, ERGONOMIA E SEGURANÇA EM REFLORESTAMENTOS. Curitiba: UFPR - FUPEF, 1987. p. 133-43.

BRAMUCCI, M; SEIXAS, F. Determinação e quantificação de fatores de influência sobre a produtividade de “harvesters” na colheita florestal. Scientia Forestalis, n. 62, p. 62-74, dez. 2002.

BULLEY, B. Effect of tree size and stand density on harvester and forwarder productivity in commercial thinning. FERIC Technical Note, n. 292, p. 1-8, jul. 1999.

BURHAM, K. P.; ANDERSON, D. R. Model selection and multimodel inference: a pratical information-theoretic approach. New York: Springer-Verlag. 2002, 488 p.

BURLA, E.R. Avaliação técnica e econômica do “harvester” na colheita do eucalipto. Viçosa, 2008, 62p. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Viçosa.

ELIASSON, L. Simulation of thinning with a single-grip harvester. Forest Science 45(1) 1999. p. 26-34.

GINGRAS, J. F. Evaluation of logmax harvester heads in Nova Scotia. FERIC, Field note n 26. October 1996.

HUYLER, N.K.; LEDOUX, C.B. Performance of a cut-to-length harvester in a single-tree and group selection cut. Washington: USDA, 1999. 6p. (Research Paper, 711)

JOHANSSON, J. Excavators as base machines in logging operations. Journal of Forest Engineering, Fredericton, vol. 7, n. 1, p. 7-17, 1995.

LOPES, E. S. et al. Avaliação técnica e econômica do corte de madeira de pinus com cabeçote “harvester” em diferentes condições operacionais. Floresta, Curitiba, v.37, n.3, p.305-13, set./dez.2007.

MACEDO, R. Mecanização florestal na medida certa. Referência, Curitiba, ano 8, n. 58, p. 23-46, ago. 2006.

MACHADO C.C. et al. Análise de custo de subsistemas de colheita de toras de eucalipto de diferentes comprimentos e volumes por árvore. Revista Árvore, Viçosa, v.26, n.1, p.73-81, 2002.

MAKKONEN, I. Evaluation of Timberjack 230 8-ton forwarder. FERIC Technical Note 140. FERIC Pointe Claire, 6 p., 1989.

MARTINS, R.J.; SEIXAS, F.; STAPE, J.L. Avaliação técnica e econômica de um harvester trabalhando em diferentes condições de espaçamento e arranjo de plantio em povoamento de eucalipto. Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 37, n. 83, p. 253-263, set. 2009.

PINHEIRO, J.S.; BATES, D.M. Mixed-Effects Models in S and S-SPLUS. New York: Springer-Verlag. 2009, 530 P.

R DEVELOPMENT CORE TEAM. R: A language and environment for statistical computing. Viena: R Foundation for Statistical Computing, 2008. Disponível em: . Acesso em: 29 julho 2010.

RICHARDSON, R.; MAKKONEN, I. The performance of cut-to-length systems in Eastern Canada. FERIC Technical Report, n. 109, p. 1-16, nov. 1994.

SANTOS, L S. A manutenção de investimentos na mecanização florestal. “Uma realidade ou uma desaceleração?”. In: SEMINÁRIO DE ATUALIZAÇÃO SOBRE SISTEMAS DE COLHEITA DE MADEIRA E TRANSPORTE FLORESTAL, 11., 2000, Curitiba. Anais... Curitiba: UFPR – FUPEF, 2000, p.13-17.

SANTOS, S.L.M. Análise comparativa entre sistemas de colheita com toras longas. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO SOBRE COLHEITA E TRANSPORTE FLORESTAL, 4., 1999, Campinas. Anais... Campinas: UFV – SIF, 1999, p.73-88.

SEIXAS, F. Levantamento sobre máquinas florestais. Piracicaba: ESALQ, 2 p. 2006 (não publicado).

SESSIONS, J. Cost control in logging and road construction. In: FAO – Appropriate wood harvesting in plantation forests. FAO Forestry Paper 78, Rome, p. 95-134. 1987.

SILVA, L.M. da.; MACHADO, C.C. Influência do diâmetro e do número de árvores por hectare no custo de corte do eucalipto. Revista Árvore, Viçosa, v.19, n.3, p.308-318, 1995.

SILVA, E.N. Avaliação técnica e econômica do corte de Pinus com harvester. Viçosa, 2008, 60p. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Viçosa.

SIMÕES, D.; FENNER, P.T. Influência do relevo na produtividade e custos do “harvester”. Scientia Forestalis, Piracicaba, v.38, n. 85, p. 107-114, 2010.

SIMÕES, D.; FENNER, P.T.; ESPERANCINI, M.S.T. Avaliação técnica e econômica da colheita de florestas de eucalipto com harvester. Scientia Forestalis, Piracicaba, v.38, n.88, p. 611-618, dez. 2010.

SPENCER, J.B. Slope limits for excavator based clearfell and thinning harvesters. Technical development branch. Forestry Comission, Great Britain, Technical Note 4/92, 1992. 12 p.

STOKES, B.J. et al. Glossary of terms used in timber harvesting and forest engineering. USDA, General Technical Report SO-73, New Orleans, Louisiana, 1989. 33 p.

TARNOWSKI, B.C.; SCHNEIDER, P.R.; MACHADO, C.C. Produtividade e custos do processador trabalhando em povoamentos de Eucalyptus grandis Hill exMaiden. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 9, n. 2, p. 103-115, 1999.




DOI: https://doi.org/10.5902/1980509813335

Licença Creative Commons