Quality Control of b100 Biodiesel Obtained from soy Biodiesel Processing - Technical Note

Cinthia da Costa Berwanger, Noeli Júlia Schüssler de Vasconcellos, Sandra Cadore Peixoto, Alexandre Swarowsky, Rodrigo Fernando dos Santos Salazar

Abstract


The growing demand for energy and the depletion of non-renewable sources has generated a search for different energy sources, especially those that are renewable. In this context biodiesel presents itself as one of the most interesting energy source because of its renewable character and achievement of a number of society sectors with its diversified production chain in different locations. In this sense, the objective of this study was to evaluate the physicochemical characteristics of the biodiesel B100 produced industrially in Rio Grande do Sul during 2012 year. We determined the combined alkalinity, free glycerin content, total glycerin content, acid index and moisture content which ranged around 0.0002 meq/ g, 0.024% w / w, 0.21% w / w to 33 mg KOH / g and 343.7 mg / kg, respectively. These values were in accordance with current legislation. Thus it is concluded that the chemical process of trans-esterification was kept under control during the production period of the resulting biodiesel in a reliable energy source

Keywords


Acidity, biodiesel, glycerin, moisture, quality control

References


ABNT - Associação Brasileira De Normas Técnicas (1987). Preservação e técnicas de amostragem de afluente líquidos e corpos receptores - Procedimento. Rio de Janeiro: ABNT. (ABNT NBR 9898:1987).

ANP – Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (2012). Disponível em: < http://www.anp.gov.br> Acesso em: 2 Maio de 2012.

Araújo, R. M. de (2005). Regulação do Biodiesel-Especificação e Controle de Qualidade. Apresentação feita por Rosângela Moreira de Araújo da ANP no Painel setorial de biodiesel, 29 (11), 2005.

Biodieselbr - O maior portal sobre biodiesel do mundo (2014). Biodiesel. Disponível em: . Acesso em: 18 nov. 2014.

Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (1993). Portaria MAPA Nº 795 de 20/12/1993 (Federal) – Normas de Identidade, Qualidade, Embalagem, Marcação e Apresentação do Óleo de Soja Bruto, do Óleo de Soja Degomado e do Farelo de Soja. Disponível em: . Acesso em: 05 nov. 2013.

Brasil. Ministério do Meio Ambiente (2011). Conselho Nacional do Meio Ambiente - CONAMA. Resolução Nº 430 de 13/05/2011 (Federal) - Dispõe sobre as condições e padrões de lança mento de efluentes, complementa e altera a Resolução Nº 357, de 17 de março de 2005, do Conselho Nacional do Meio Ambiente - CONAMA. Disponível em: . Acesso em: 11 nov. 2014.

Brasil. Ministério do Minas e Energia (2014). Resolução ANP Nº 45, de 25/8/2014 (Federal) - Dispõe sobre a especificação do biodiesel contida no Regulamento Técnico ANP nº 3/2014 e as obrigações quanto ao controle da qualidade a serem atendidas pelos diversos agentes econômicos que comercializam o produto em todo o território nacional. Diário Oficial da União (DOU) 26.8.2014. Disponível em: http://nxt.anp.gov.br/nxt/gateway.dll/leg/resolucoes_anp/2014/agosto/ranp%2045%20-%202014.xml. Acesso em: 26 jun. 2015.

Cadó, R. G.; Mainardi, L. A.; Vasconcellos, N. J. S.; Salazar, R. F. S. (2014). Gestão de produção de biodiesel e avaliação da coagulação/floculação no tratamento de efluente do processo de fabricação. Disciplinarum Scientia. Série: Naturais e Tecnológicas, Santa Maria, v. 15, n. 2, p. 159-174, 2014.

Gerpen, J. V.; Shanks, B.; Pruszko, R. (2004). Biodiesel Production Technology: Subcontractor Report. National Renewable Energy Laboratory. Battelle. 110p.

Knothe, G.; Gerpen, J. V.; Krahl, J.; Ramos, L. P. (2006). Manual do Biodiesel. Edgard Blucher, São Paulo, 340p.

Lôbo, I. P.; Ferreira, S. L. C.; Cruz, R. S. (2009). Biodiesel: parâmetros de qualidade e métodos analíticos. Química Nova, 32 (6), 1596-1608.

Mittelbach, M. (1996). Diesel fuel derived from vegetable oils, VI: Specifications and quality control of biodiesel. Bioresource Technology, 56 (1), 7-11.

Prates, C. P. T.; Pierobon, E. C.; Costa, R. C. (2007). Formação do Mercado de Biodiesel no Brasil. São Paulo. Disponível em: << http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/export/sites/default/bndes_pt/Galerias/Arquivos/conhecimento/bnset/set2502.pdf >> Acesso em: 16 dez. 2014.

SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas. (2007). Cartilha Biodiesel. Disponível em: . Acesso em: 12 de Junho de 2012.




DOI: https://doi.org/10.5902/2179460X18971

Copyright (c)



Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.