TECHNOLOGICAL RESOURCES AND TRANSVERSAL THEMES IN THE TEACHING OF PHYSICS: A CASE STUDY AT THE IFSUL / CAMAQUÃ CAMPUS

Leandro Neutzling Barbosa, Eniz Conceição Oliveira, José Claudio Del Pino

Abstract


It stands out that computers and educational software may be tools for the teaching and learning processes. In the face of that, this research aims to analyze the potentials of computer simulators in the teaching and learning processes through a transversal approach on the theme of Glasshouse Effect. The activity was developed with a class of students from the 2nd year of the Industrial Automation Technical Course – Integrated form, for the subject of Physics II at the Federal Institute for Education, Science and Technology in Rio Grande do Sul IFSul/Camaquã Campus. The proposal adopted as a basis the presumptions of a qualitative research with exploratory bias and methodological outlining of a case study. The results are discussed in the light of Ausubel’s significance learning theory. It is possible to highlight that there has been a significant evolution in students’ knowledge of the theme covered. Thus, it can be assumed that the Physics Education Technology (PhET) simulator has potential to aid in the teaching and learning process.

Keywords


Aprendizagem significativa, efeito estufa, simulador PhET, tema transversal, tecnologias na educação.

References


A Utilização do gás metano. (2013). Disponível em: . Acesso em: 14 set. 2014.

André, M. E. D.; Lüdke, M. (1986). Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU.

Araujo, I. S. (2005). Simulação e modelagem computacionais como recursos auxiliares no ensino de física geral. UFRGS. Disponível em:

Ausubel, D. P. (2003). Aquisição e Retenção de Conhecimento: Uma Perspectiva Cognitiva. Lisboa: Plátano.

Balanço de radiação (2014). Disponível em: . Acesso em: 17 set., 2014.

Bardin, L. (1977). Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70.

Bogdan, R.; Biklen, S. (1994). Investigação Qualitativa em Educação: uma introdução a teoria e aos métodos. Porto: Porto Editora.

Brandão, E. J. R.; Richetti, S. (2006). Informática na educação: a percepção de professores quanto ao uso do computador nas escolas. In: Brandão, E. J. R. (Org). Tecendo Caminhos em Informática na Educação. Passo Fundo: UPF.

Brasil (1981). Lei n. 6.938, de 31 de agosto de 1981. Política Nacional do Meio Ambiente. Disponível em: . Acesso em: 22 ago. 2014.

Brasil (1999). Lei n. 9.795, de 27 de abril de 1999. Política Nacional de Educação Ambiental. Disponível em: . Acesso em: 2 set. 2014.

Brasil (1998). Parâmetros Curriculares Nacionais: terceiro e quarto ciclos, apresentação dos temas transversais. Brasília: MEC/SEF. Disponível em: . Acesso em: 23 de out. 2014.

Cardoso, S. O. de O. (2011). Ensinando o efeito fotoelétrico por meio de simulações computacionais: elaboração de roteiro de aula de acordo com teoria da aprendizagem significativa. 116 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciência e Matemática) – Pontifícia Universidade Católica, Belo Horizonte, 17 jun. 2011. Disponível em: . Acesso em: 5 dez. 2014.

Chuva ácida pode desacelerar efeito estufa, diz estudo (2004). Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2014.

Chuva ácida (2014). Química e Tecnologia da Educação. Disponível em: . Acesso em: 16 set. 2014.

Dantas, A. A. A. et al. O vapor d'água na atmosfera psicrometria. Disponível em: . Acesso em: 15 set. 2014.

Demo, P. (2001). Conhecimento e aprendizagem na nova mídia. Brasília: Plano.

Efeito estufa (2014). Mudanças climáticas. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2014.

Freire, P. (2003). Cartas a Cristina: reflexões sobre minha vida e minha práxis. São Paulo: UNESP.

Galiazzi, M. do C.; Moraes, R. (2007). Análise Textual Discursiva. Ijuí: Unijuí.

Gil, A. C. (1995). Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas.

______. Métodos e técnicas de pesquisa social (2012). São Paulo: Atlas.

______.Como elaborar projetos de pesquisa (2002). São Paulo: Atlas.

Instituto nacional de pesquisas espaciais (2014). Princípios de Meteorologia e Meio Ambiente. Centro de previsão de tempo e estudos climáticos. Disponível em: . Acesso em: 16 set. 2014.

Libanore, A. C. L. da S.; Obara, A. T. (2009). Concepções alternativas sobre efeito estufa e a formação científica de professores e alunos. In: Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, Florianópolis. Disponível em: . Acesso em: 13 set. 2014.

Macedo, J. A. (2009). Simulações computacionais como ferramenta auxiliar ao ensino de conceitos básicos de eletromagnetismo: elaboração de um roteiro de atividades para professores do ensino médio. 137 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática) – Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 17 abr. 2009. Disponível em: . Acesso em: 4 nov. 2013.

Medeiros, A.; Medeiros, C. F. de (2002). Possibilidades e limitações das simulações computacionais no ensino da física. Revista Brasileira de Ensino de Física, 24 (2), 77-86. Disponível em: . Acesso em: 2 dez. 2013.

Molion, L. C. B. (2014). Desmistificando o Aquecimento Global. Disponível em: . Acesso em: 12 set. 2014.

Moraes, R. (2003). Uma Tempestade de Luz: a compreensão possibilitada pela análise textual discursiva. Ciência & Educação, 9 (2), 191-211. Disponível em: . Acesso em: 22 jan. 2014.

Moreira, M. A. (2008). Aprendizagem Significativa: condições para ocorrência e lacunas que levam a comprometimentos. São Paulo: Vetor.

O nitrogênio (2014). Só biologia. Disponível em: . Acesso em: 11 set. 2014.

Onça, D. de S.; Felicio, R. A. (2011). Dióxido de Carbono: gás da vida ou poluente atmosférico? Fórum Ambiental da Alta Paulista, 7 (8), 1231-1243. Disponível em: . Acesso em: 12 set. 2014

Oxigênio (2014). Laboratório Virtual de Química. Disponível em: . Acesso em: 15 set. 2014.

Painel intergovernamental sobre mudança do clima (2007). Mudanças do clima 2007: a base das Ciências Físicas.

Panzera, A. C.; Moura, D. G. O. Efeito estufa e o clima na Terra. Disponível em: . Acesso em: 11 set. 2014.

Phet (2013). University of Colorado at Boulder. Interactive Simulations. Disponível em: . Acesso em: 10 abr. 2013.

Santos, M. A. dos (2000). Inventário de emissões de gases de efeito estufa derivadas de hidrelétricas. 147 f. Tese (Doutorado em Ciências em Planejamento Energético) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, mar. 2000. Disponível em: . Acesso em: 15 set. 2014.

Santos, R. H. M.; Massabni, V. G. (2012). Concepções de estudantes de 7 a 9 anos sobre efeito estufa e escassez de água e sua percepção sobre o futuro do mundo. Ensino, Saúde e Ambiente, 5 (3), 1-17. Disponível em: . Acesso em: 13 set. 2014.

Sensoriamento Remoto e Radiação Atmosférica (2014). Disponível em: . Acesso em: 16 set. 2014.

Severiano, L. A. N. (2012). Serviço de Informação à Comunidade: a Biblioteca Pública como instrumento de cidadania e ação social. CRB-8 Digital, 5 (2), 63-68. Disponível em: . Acesso em: 11 nov. 2013.

Souza, N. J. (2014). Influência das queimadas da Amazônia sobre o efeito estufa. Disponível em: . Acesso em: 15 set. 2014.

Tomás, D. D.; Lombardo, M. A. (2012). Concentração de vapor d'água na atmosfera de áreas urbanas, São Paulo/Brasil. Revista Mercador, 11 (25), 153-167.

Vapor de água acelera aquecimento global (2014). Diário de Notícias. Disponível em: < http://www.dn.pt/inicio/interior.aspx?content_id=1135850&page=-1>. Acesso em: 15 set. 2014.

Veit, E.A.; Teodoro, V. D. (2002). Modelagem no Ensino/Aprendizagem de Física e os Novos Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Revista Brasileira de Ensino de Física, 24 (2), 87-96. Disponível em: < http://www.sbfisica.org.br/rbef/pdf/v24_87.pdf>. Acesso em: 11 set. 2014.

WWF (2014). As Mudanças Climáticas. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2014.

Yin, Robert K (2001). Estudo de Caso: planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2179460X18407

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Copyright (c)



Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.