Filosofar sem metafísica? Dos "Suplementos" aos "Parerga"

Marco Segala

Resumo


Uma interpretação disseminada entre os estudiosos afirma que nas obras de maturidade (Suplementos e Parerga) Schopenhauer teria reduzido seu empenho em sustentar o sistema metafísico, tal como exposto em O mundo como vontade e representação, em favor de uma filosofia voltada principalmente à fenomenalidade. Isso resultaria em uma filosofia menos aporética e mais atraente para os leitores não acadêmicos, que, de fato, premiaram com o sucesso a sua obra madura (Parerga e Paralipomena). O presente ensaio procura mostrar que, pelo contrário, o tema metafísico e a abordagem sistemática jamais são diminuídos em Schopenhauer. Não se trata de um filosofar sem metafísica, mas de uma reflexão cada vez mais atenta seja à complexidade do mundo (natural e humano) seja à crescente importância e autonomia do conhecimento científico em relação à investigação filosófica. E justamente o diálogo cada vez mais estreito com as ciências leva Schopenhauer a remodelar o sistema e o discurso metafísicos, em um filosofar inovador em relação à tradição clássica pós-kantiana e ao seu próprio posicionamento de 1819, capaz de atrair inteiras gerações de leitores.

Palavras-chave


Metafísica; Suplementos (Tomo II O mundo); Parerga e paralipomena.

Texto completo:

PDF (Italiano) PDF

Referências


SCHOPENHAUER, A. O mundo como vontade e como representação. Trad. Jair Barboza. São Paulo: UNESP, 2005.

SCHOPENHAUER, A. O mundo como vontade e como representação. Tomo II. Trad. Jair Barboza. São Paulo, Editora UNESP, 2015.

SCHOPENHAUER, A. Parerga e paralipomena. Tomo secondo. A cura di Mario Carpitella. Milano: Adelphi Edizioni, 2007.

SCHOPENHAUER, A. Der handschriftliche Nachlass in fünf Bänden. Band I. Hrsg. von Arthur Hübscher. München: Deutscher Taschenbuch Verlag, 1985.




DOI: https://doi.org/10.5902/2179378633552

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Voluntas: Revista Internacional de Filosofia

Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-Não Comercial-Compartilha Igual 4.0 Internacional.