GOVERNAMENTALIDADE, BIOPOLÍTICA E VIDA PRECÁRIA: A PANDEMIA DE COVID-19 NO BRASIL

Renato Duro Dias

Resumo


O presente artigo problematiza a pandemia do Coronavírus (COVID–19) no Brasil, tendo como referência as leituras teóricas de Michel Foucault, Judith Butler, Nikolas Rose e Byung-Chul Han. O estudo de abordagem qualitativa se insere no campo das investigações transdisciplinares de base teórico-crítica e se utiliza dos conceitos de vida precária, de biopolítica e de governamentalidade. Esta pesquisa está estruturada em três (03) etapas. Primeiramente, se apresentam os elementos contextuais da pandemia do Coronavírus (COVID–19). A seguir, procura-se entender como estes marcos teóricos contribuem contemporaneamente nas análises micro e macrossociais em diálogo com a emergência da doença. Ao fim, procura-se analisar a situação pandêmica no Brasil. Para tanto, como problema de pesquisa, indica-se: em que medida os conceitos de vida precária, de biopolítica e de governamentalidade podem desvelar o contexto da pandemia de COVID-19 no Brasil?  Espera-se que os diálogos aqui apresentados possam ser um ponto de reflexão, a fim de compreender os desafios, os limites e as possibilidades da realidade brasileira frente à emergência da COVID-19.


Palavras-chave


Biopolítica; Brasil; COVID-19; Governamentalidade; Vida precária.

Texto completo:

PDF

Referências


BUTLER, Judith. Vida precaria: el poder del duelo y la violencia. Buenos Aires, Argentina: Paidós, 2009.

BUTLER, Judith. Cuerpos que importan: sobre los limites materiales y discursivos del “sexo”. Buenos Aires, Argentina: Paidós, 2012.

BUTLER, Judith. Qu’est-ce qu’une vie bonne? Paris, França: Éditions Payot & Rivages, 2014.

BUTLER, Judith. Cuerpos aliados y lucha política. Buenos Aires, Argentina: Paidós, 2017.

BUTLER, Judith. Sin miedo: Formas de resistencia a la violencia de hoy. Penguin Random House Grupo Editorial España. Edição do Kindle, 2020.

CASTRO, Edgardo. Vocabulário de Foucault. Um percurso pelos seus temas, conceitos e autores. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2016.

DIAS, Renato Duro; BRUM, Amanda Netto. (Re)significando o discurso dos direitos humanos: um diálogo a partir da educação em e para os direitos humanos. Revista Quaestio iuris. vol. 10, n. 04. Rio de Janeiro, 2017. pp. 2396-2412.

ESTADÃO CONTEÚDO. No Twitter, Bolsonaro compartilha vídeo criticando isolamento social. Exame, 11 abr. 2020. Disponível em: https://exame.com/brasil/no-twitter-bolsonaro-compartilha-video-criticando-isolamento-social/. Acesso em: 05 ago. 2020.

FOUCAULT, Michel. Em defesa da sociedade: curso do Collège de France (1975-1976). São Paulo: Martins Fontes, 2005.

FOUCAULT, Michel. As palavras e as coisas. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

FOUCAULT, Michel. Nascimento da Biopolítica: curso dado no Collège de France (1978-1979). São Paulo: Martins Fontes, 2008.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2010.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

FOUCAULT, Michel. O sujeito e o poder. Ditos e Escritos – IX. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2014.

FREITAS, André Ricardo Ribas; NAPIMOGA, Marcelo; DONALISIO, Maria Rita. A análise da gravidade da pandeia de COVID-19. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2237-96222020000200900 . Acesso em: 02 ago. 2020.

HAN, Byung-Chul. Sociedade do cansaço. Petrópolis, RJ: Vozes, 2015.

HAN, Byung-Chul. Psicopolítica – o neoliberalismo e as novas técnicas de poder. Belo Horizonte: Editora Âyiné, 2018.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. PNAD Contínua 2019: rendimento do 1% que ganha mais equivale a 33,7 vezes o da metade da população que ganha menos. Editoria: Estatísticas Sociais, 06 maio 2020. Disponível em: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/27594-pnad-continua-2019-rendimento-do-1-que-ganha-mais-equivale-a-33-7-vezes-o-da-metade-da-populacao-que-ganha-menos. Acesso em: 02 ago. 2020.

KADNER, Marién. Judith Butler: “Matar é o ápice da desigualdade social”. Filósofa norte-americana, alvo de protestos no Brasil no ano passado por sua teoria sobre gênero, prepara uma nova obra sobre a ética da não violência. El País. Caderno de Cultura. 27 nov. 2018. Disponível em: https://brasil.elpais.com/brasil/2018/11/27/cultura/1543350943_401404.html Acesso em: 02 ago. 2020.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Painel Coronavírus. Disponível em: https://covid.saude.gov.br/. Acesso em: 05 ago. 2020.

MUNIZ, Bianca; FONSECA, Bruno; PINA, Rute. Em duas semanas, número de negros mortos por coronavírus é cinco vezes maior no Brasil. Publica, 06 maio 2020. Disponível em: https://apublica.org/2020/05/em-duas-semanas-numero-de-negros-mortos-por-coronavirus-e-cinco-vezes-maior-no-brasil/. Acesso em: 02 ago. 2020.

NOIS. Núcleo de Operações e Inteligência em Saúde. Inteligência computacional aplicada à predição da evolução da COVID-19 e ao dimensionamento de recursos hospitalares. Disponível em: https://drive.google.com/file/d/1_whlqZnGgvqHuWCG4-JyiL2X9WXpZAe3/view Acesso em: 02 ago. 2020.

OHARA, Victor. MPF processa governo por campanha de Bolsonaro pelo fim do isolamento. Carta Capital Saúde. 06 abr. 2020. Disponível em: https://www.cartacapital.com.br/saude/mpf-processa-governo-por-campanha-de-bolsonaro-pelo-fim-do-isolamento/ Acesso em: 02 ago. 2020.

ORGANIZACIÓN MUNDIAL DE LA SALUD. Cronología de la respuesta de la OMS a la COVID-19‎. 30 jun. 2020. Disponível em: https://www.who.int/es/news-room/detail/29-06-2020-covidtimeline. Acesso em: 02 ago. 2020.

ROSE, Nikolas. Governing the soul: the shaping of the private self. 2. Ed. Free Association Books, London/New York, 1999.

TESINI, Brenda T. Coronavírus e síndromes respiratórias agudas (COVID-19, MERS e SARS). Disponível em: https://www.msdmanuals.com/pt-pt/profissional/doen%C3%A7as-infecciosas/v%C3%ADrus-respirat%C3%B3rios/coronav%C3%ADrus-e-s%C3%ADndromes-respirat%C3%B3rias-agudas-covid-19,-mers-e-sars#v47572272_pt Acesso em: 02 ago. 2020.

VENTURA, Deisy. Entrevista especial com Deisy Ventura. [Entrevista cedida a] João 23 mar 2020 Disponível em: http://www.ihu.unisinos.br/159-noticias/entrevistas/597307-sem-democracia-sem-ciencia-sem-educacao-sem-renda-sem-politicas-sociais-e-sem-direitos-seguiremos-muito-doentes-entrevista-especial-com-deisy-ventura Acesso em: 02 ago. 2020.

WERMUTH, Maiquel Ângelo Dezordi Wermuth; MORAIS, José Luis Bolzan de Morais. Da exceção agambeniana à constituição planetária de Ferrajoli: desafios impostos pela pandemia do novo coronavírus às categorias jurídico-políticas tradicionais. Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM, v. 15, p. 1-29, 2020. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/revistadireito/article/view/43057. Acesso em: 02 ago. 2020.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Coronavirus disease (COVID-19) pandemic. Disponível em: https://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019 . Acesso em: 02 ago. 2020.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Coronavirus disease (COVID-19). Situation Report – 194. Disponível em: https://www.who.int/docs/default-source/coronaviruse/situation-reports/20200801-covid-19-sitrep-194.pdf?sfvrsn=401287f3_2. Acesso em: 02 ago. 2020.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Report of the WHO-China Joint Mission on Coronavirus Disease 2019 (COVID-19). Disponível em: https://www.who.int/docs/default-source/coronaviruse/who-china-joint-mission-on-covid-19-final-report.pdf. Acesso em: 10 abr. 2020.




DOI: https://doi.org/10.5902/1981369443634

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

REVISTA ELETRÔNICA DO CURSO DE DIREITO DA UFSM - Qualis A1

RECDUFSM  /  ISSN 1981-3694   /  Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/19813694  http://periodicos.ufsm.br/revistadireito

Revista Qualis A1 área de Direito /  Classificações de Periódicos Quadriênio 2013-2016 (CAPES)