Docência Nômade – narrativas e deslocamentos na formação de professores em Artes Visuais

Aline Nunes

Resumo


A escrita propõe-se a pensar sobre a potência e as implicações de uma docência nômade frente aos processos formativos contemporâneos em Artes Visuais. Problematiza-se a ideia de docência nômade na qual, por meio da abordagem metodológica da Investigação Narrativa, são lançadas possibilidades de diálogo e experimentação em diferentes disciplinas ministradas em um curso de Licenciatura em Artes Visuais.  Neste recorte a docência em artes visuais é tomada enquanto territorialidade, produzida e experienciada a partir dos agenciamentos entre os referenciais dos estudantes e aqueles lançados pela docente, ao longo de um semestre letivo.


Palavras-chave


Docência nômade; Investigação Narrativa; Formação de professores em Artes Visuais

Texto completo:

PDF

Referências


BECKETT, Samuel. Últimos trabalhos de Samuel Beckett. Assírio & Alvim, 1996.

BOLÍVAR, A.; DOMINGO, J.; FERNÁNDEZ, M. La investigación biográfico-narrativa en educación. Guía para indagar en el campo. Granada: Force, 1998.

BOSCO, Alejandra; CANO, Cristina Alonso; PUIGCERCÓS, Raquel Miño. Geografías e historias de aprendizaje de docentes de secundaria. Intersecciones, tránsitos y zonas de no saber. Educatio Siglo XXI, Vol. 37 nº 2 · 2019, pp. 67-92.

BOURRIAUD, Nicolas. Estética Relacional. São Paulo: Martins Fontes, 2009. Coleção Todas as Artes.

BRAIDOTTI, Rosi. Diferença, diversidade e subjetividade nômade. Labrys, estudos feministas. Número 1-2, julho/ dezembro 2002.

CONNELLY, Michael y CLANDININ, Jean. Relatos de Experiencia e Investigación Narrativa”. In LARROSA, J. Déjame que te cuente. Ensayos sobre narrativa y educación. Barcelona, Laertes, 1995.

COSTA, Luciano Bedin. Cartografia: uma outra forma de pesquisar. Revista Digital do LAV - Santa Maria - vol. 7, n.2, p. 66-77 - mai./ago.2014

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia. Vol.1. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1995.

GUATTARI, Felix; ROLNIK, Suely. Micropolítica: cartografias do desejo. Petrópolis: Vozes,1986.

HERNÁNDEZ, Fernando. Catadores da Cultura Visual: Transformando fragmentos em nova narrativa educacional. Porto Alegre: Mediação, 2007.

LARROSA, Jorge. A OPERAÇÃO ENSAIO: sobre o ensaiar e o ensaiar-se no pensamento, na escrita e na vida. Revista Educação e Realidade, jan-jun-2004.

NUNES, Aline. Sobre mudar de paisagens, sobre mirar com outros olhos: narrativas sobre deslocamentos territoriais. Tese de doutorado. Programa de Pós Graduação em Arte e Cultura Visual (PPGACV-UFG). Universidade Federal de Goiás, 2015.

PAMUK, Orhan. A maleta do meu pai. São Paulo: Cia das Letras, 2007.




DOI: https://doi.org/10.5902/1983734841031

 
 
 
DOI: Digital Object Identifier 10.5902/19837348

Qualis B1

Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 4.0 (CC BY 4.0).

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 (CC BY 4.0).

Acessos a partir de 17/09/2015

CopySpider - Software Anti-plagio