A potencialidade edu(vo)cativa do cinema e os desafios à lei 13.006/14 na escola

Lutiere Dalla Valle, Leticia Ravanello

Resumo


Propomos pensar o cinema como dispositivo, que possibilita produzir aprendizagens, signos, afetos e problematizações, como potência pedagógica, articulando relações entre as artes visuais e as visualidades produzidas no âmbito educativo. A questão que move esta escrita tem como objetivo principal pensar o cinema a partir do conceito edu(vo)cativo e os desafios que encontramos no espaço escolar a partir da lei 13.006/14. Tratamos o cinema como uma experiência artística que possibilita infinitas formas de aprender e ensinar. Evocam novas conexões e recordam na memória possibilidades de tratar o cinema como artefato edu(vo)cativo. A película, incorpora além de tecnologias, diferentes discursos, e como docentes temos possibilidade em mediar. 


Palavras-chave


Cinema; Edu(vo)cativo; Lei 13006; Educação e Arte;

Texto completo:

PDF

Referências


DELEUZE, Gilles . Cinema 1: a imagem-movimento. Lisboa: Editora Assírio & Alvim, 2009.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia, vol. 1 [tradução de Aurélio Guerra Neto e Célia Pinto Costa]. Rio de Janeiro: Ed. 32, 1995.

DELEUZE, Gilles. Proust e os Signos [tradução de Antônio Piquet e Roberto Machado]. 2ª ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010.

FRESQUET, Adriana. Cinema e educação: a lei 13.006 Reflexões, perspectivas e propostas. Edição e distribuição: Universo Produção Prefixo editorial, 2015.

FRESQUET; Adriana; MIGLIORIN, Cezar. Cinema e Educação: a lei 13.006. Reflexões, perspectivas e propostas. Belo Horizonte: Universo Produção, 2015.

GIROUX, Henry A. Cine y entretenimiento: elementos para una crítica política del filme. Barcelona: Paidós, 2003.

HERNÁNDEZ, Fernando. Catadores da Cultura Visual: uma proposta para uma nova narrativa educacional. Porto Alegre: Mediação, 2007.

KASTRUP, Vírginia. Aprendizagem, arte e invenção. Revista Psicologia em Estudo, Maringá, v. 6, n. 1, p. 17-27, jan./jun. 2001.

OLIVEIRA, Marilda. O cinema como modo de pensamento, o cinema como modo de forçar o pensar. In MARTINS, Raimundo; TOURINHO, Irene (Org.) Pedagogias culturais. Santa Maria: Ed. da UFSM, 2015;




DOI: https://doi.org/10.5902/1983734828788

 
 
 
DOI: Digital Object Identifier 10.5902/19837348

Qualis B1

Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 4.0 (CC BY 4.0).

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 (CC BY 4.0).

Acessos a partir de 17/09/2015

CopySpider - Software Anti-plagio