Educação Musical Interativa: Propostas Interdisciplinares para as Tecnologias Educacionais

Jair dos Santos Gonçalves, Andreia Machado Oliveira

Resumo


Este artigo trata de uma pesquisa de Mestrado em andamento. Este estudo visarefletir sobre objetos técnicos, estéticos e interativos e as possibilidades de interdisciplinaridade para a área de Educação Musical, dentro de perspectivas da arte contemporânea e das Tecnologias Educacionais em Rede. Com caráter empírico/qualitativo, almeja somar esforços interdisciplinares com pesquisas do campo da Educação em Rede, bem como pensar na formação educativo-musical através da utilização de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), da Performance Musical, da Composição e de outras áreas do campo da Arte. Como atividade prática, a pesquisa buscará compreender as poéticas e narrativas sonoras por meio de atividades de interpretação sonoro-musical de performances visuais e corporais, utilizando-se do recurso da Música Visual. O produto final será a produção de uma composição, de estilo improvisatório livre, por uma orquestra estudantil, de uma escola de uma cidade do estado do Rio Grande do Sul.


Palavras-chave


Música Visual; Educação Musical Interativa; Tecnologias Educacionais, Artes Visuais

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA Jr., Adolfo Silva de. Conversando a gente se entende: improvisação e procedimentos composicionais. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós Graduação da UFRGS. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.

BASBAUM, Sérgio Roclaw. Fundamentos da Cromossonia – Sinestesia, Arte e Tecnologia. Dissertação. PUC – São Paulo. 1999.

CASTELÕES, Luis Eduardo. Conversão de imagens para sons através de três classes do OpenMusic. “COMUS – Grupo de Pesquisa em Composição Musical da UFJF” Instituto de Artes e Design. Univ. Fed. de Juiz de Fora. MG. 2010.

LUND, Cornelia and LUND, Holger (Eds.); Audio. Visual - On Visual Music and Related Media, Stuttgart. Arnoldsche Verlagsanstalt GMBH, 2009. ISBN: 978-3-89790-293-0 (inclui DVD)

MCNIFF, Shan. Art-Based Research. In: Knowles (Handbook). Editor Jessica Kingsley Publishers. (1998). Disp. em: https://www.unimozarteum.at/files/pdf/fofoe/ff_abr.pdf. Acesso em: 15 abril de 2012.

MORITZ, William. The dream of color music, and machines that made it possible. Disponível em

OLIVEIRA, André Luiz Gonçalves. Paisagem Sonora como obra híbrida: espaço e tempo na produção imagética e sonora - Curso superior de Música da UFMS. SEMEIOSIS - Semiótica E Transdisciplinaridade em Revista - Transdisciplinary Journal Of Semiotics – Maio de 2011.

SALLES, Filipe. "Imagens musicais ou música visual - um estudo sobre as afinidades entre o som e a imagem, baseado no filme 'fantasia' (1940) de walt disney" Dissertação de mestrado. Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica da PUC/SP. - Defendida em SÃO PAULO, 24 de Junho de 2002, Disponível em: http://www.mnemocine.com.br/filipe/tesemestrado/. Acesso em: Set. 2014.

SULLIVAN, Graeme. Making Space: The Purpose and Place of Practice-led Research. In Practice-led Research, Research-led Practice in the Creative Arts. Organ. por Hazel Smith e Roger Dean. 2009.




DOI: https://doi.org/10.5902/1983734819521

 
 
 
DOI: Digital Object Identifier 10.5902/19837348

Qualis B1

Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 4.0 (CC BY 4.0).

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 (CC BY 4.0).

Acessos a partir de 17/09/2015

CopySpider - Software Anti-plagio