Administração em enfermagem: um olhar na perspectiva do pensamento complexo

Cristiano Caveião, Ana Paula Hey, Juliana Helena Montezeli

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/217976927176

Objetivo: refletir sobre a interface do Pensamento Complexo proposto por Morin na prática pedagógica do ensino da Administração em Enfermagem. Método: artigo de reflexão, os autores tomaram por base suas experiências como docentes da área de administração em enfermagem em instituições de ensino; problematizando a prática pedagógica, discutindo questões relacionadas ao cotidiano do trabalho docente, à luz do Pensamento Complexo. Resultados: sendo o gerenciamento, um subprocesso no contexto desta profissão, o grande desafio de ensinar esta disciplina é distanciá-la de uma prática dicotômica, que considera cuidado e gerenciamento, elementos estanques. Considerações finais: para provocar mudanças no gerenciamento e assistência em enfermagem com criatividade e autonomia, torna-se necessário repensar a formação, no que se refere à organização do processo ensino aprendizagem. Desta forma, é possível contribuir para a formação de indivíduos críticos e questionadores; vislumbrando multidimensionalizar para pensar, ou seja, tendo a complexidade como premissa.


Palavras-chave


Enfermagem; Pesquisa em administração de enfermagem; Educação em enfermagem; Gerência

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/217976927176



Licença Creative Commons
Este site está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.