Amamentação: a influência familiar e o papel dos profissionais de saúde

Lisie Alende Prates, Joice Moreira Schmalfuss, Jussara Mendes Lipinski

Resumo


Objetivo: conhecer a influência familiar na amamentação e refletir sobre o papel dos profissionais de saúde nessa prática. Método: pesquisa qualitativa descritiva, utilizando pressupostos da pesquisa participante, com 21 puérperas em aleitamento materno exclusivo ou complementar. Os dados foram coletados por meio de entrevista e analisados pela análise de conteúdo do tipo temática. Resultados: as experiências da mulher e de pessoas ligadas à mesma exercem forte influência no ato de amamentar. A prática efetiva da amamentação envolve o (re)aprendizado da mulher e o apoio da família e dos profissionais de saúde. Considerações finais: os profissionais de saúde devem aproximar a família das ações que envolvem a amamentação, de modo a conhecer os saberes e experiências que permeiam esta prática e implementar ações que possam promovê-la, protegê-la e apoiá-la.


Palavras-chave


Aleitamento materno; Família; Pessoal de saúde; Enfermagem

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/2179769210631



Licença Creative Commons
Este site está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.