TRATAMENTO DE RESÍDUOS ORGÂNICOS PROVENIENTES DE RESTAURANTE UNIVERSITÁRIO: DECOMPOSIÇÃO BIOLÓGICA MONITORADA

Jacson Rodrigues França, Alexandre Couto Rodrigues, Carlos Eduardo Balestrin Flores, Rafael Borth da Silveira, Guilherme Barros, Pablo Ricardo Piceti Pretto, Willian Fernando de Borba, Pedro Daniel da Cunha Kemerich

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/2236130810936

Na atualidade, cada vez mais se torna evidente a necessidade de se dar uma destinação final ambientalmente adequada aos resíduos sólidos orgânicos, uma vez que estes são a maior parte do lixo produzido pelo homem, e sendo dispostos no meio ambiente de maneira incorreta, podem gerar inúmeros problemas, como a contaminação de solo e água, a lixiviação de nutrientes e a emissão de gases poluentes. Este trabalho tem por objetivo avaliar a eficiência da compostagem no tratamento de resíduos orgânicos resultantes das refeições do Restaurante Universitário da Universidade Federal de Santa Maria no campus de Frederico Westphalen, analisar os macro e micro nutrientes presentes no composto, presença ou ausência de parâmetros indesejáveis, bem como identificar as diferentes fases da compostagem de acordo com as variações de temperatura medidas no decorrer do processo. Ao final do experimento, pode-se observar que a técnica de compostagem foi eficiente, gerando um composto que pode ser útil na produção de alimentos.


Palavras-chave


Composto, leiras, compostagem, fertilizantes orgânicos

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236130810936

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.