Efeitos da freqüência relativa do conhecimento de resultado na aquisição e retenção de uma habilidade motora fechada em universitários

Elio Carlos Petroski

Resumo


O objetivo deste estudo, foi verificar os efeitos da variação da freqüência relativa do conhecimento de resultado (CR) na aquisição e retenção de uma habilidade motora fechada em universitários. Participaram do estudo 45 universitários, que através de sorteio formaram três grupos de 15 sujeitos cada. Foi utilizada uma tarefa motora serial composta por nove movimentos, sendo demonstrada através de videoteipe. O CR fornecido foi uma nova demonstração da tarefa. Durante a aquisição os grupos receberam freqüência absoluta de oito CRs, e freqüências relativas de 100%, 66%, e 50%. Os resultados da aquisição foram submetidos à análise de variância, que revelou diferenças significativas F (2,42) = 6,0, p < 0,01. O teste de Tukey detectou diferenças significativas (p < 0,01) entre os grupos 100% e 50%, favorável ao último. Na aquisição, os grupos que praticaram com menores freqüências de CR apresentaram melhores desempenhos. Os resultados da fase de retenção foram submetidos à análise de variância que não detectou diferenças significativas entre os grupos F (2,42) = 0,34. Estes resultados mostraram uma tendência não significativa dos grupos que praticaram com menor freqüência relativa de CR durante a aquisição apresentarem

melhor aprendizagem.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/231654648305

Direitos autorais



Avaliação Qualis Capes (2014):

B4- Educação Física / B3- Interdisciplinar e Psicologia / B5- Educação 

Periodicidade: contínua

ISSN: 2316-5464 online

DOI: 10.5902/23165464

email: kinesisrevista@ufsm.br


 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.