AROMAS E SABORES: UMA ABORDAGEM GEOGRÁFICA NA EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Leonardo Pinto dos Santos, Franciele da Silva, Gilda Maria Cabral Benaduce

Resumo


O presente trabalho visa explorar as possiblidades presentes nos sentidos paladar, olfato e/ou tato dentro do ensino da ciência geográfica com abordagem para a Educação Ambiental, levando discentes e educadores a (re) inventar saberes e fazeres na educação básica. Dentro da oficina intitulada de “geografia dos aromas e sabores” os alunos participantes do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência explorarão a sensibilidade propiciada por parte dos sentidos humanos na compreensão da ampla interdependência global a qual estamos vivendo, levando-os a percepção do quando se torna importante pensarmos em uma conscientização coletiva sobre o meio ambiente e sobre nossas práticas cotidianas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/198136948381

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2013 Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

REVISTA ELETRÔNICA DO CURSO DE DIREITO DA UFSM - Qualis A1

RECDUFSM  /  ISSN 1981-3694   /  Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/19813694  http://periodicos.ufsm.br/revistadireito

Revista Qualis A1 área de Direito /  Classificações de Periódicos Quadriênio 2013-2016 (CAPES)