A percepção das mães sobre a volição de crianças com paralisia cerebral para o engajamento em ocupações do cotidiano infantil

Alyne Kalyane Câmara de Oliveira, Maria Luísa Guillaumon Emmel

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/1984686X9325

 

Volição, como a vontade em se envolver/realizar atividades cotidianas, é considerada pré-requisito do fazer humano. Nas crianças com necessidades especiais, como as com paralisia cerebral (PC) que experimentam déficits no controle sensório-motor e músculo-esquelético, a volição pode atuar como característica influente para o seu engajamento em ocupações. A família é uma importante mediadora no processo volicional infantil, contudo, faltam investigações sobre sua influência na volição de crianças com necessidades especiais. Objetivou-se identificar como as mães percebem e lidam com a volição da criança com PC para realizarem atividades do cotidiano nas áreas escolar, brincar e autocuidado. Participaram 6 mães de crianças com PC, entre 6 e 9 anos, níveis I e IV do GMFCS, em uma unidade saúde-escola do interior Paulista, as quais responderam uma entrevista semiestruturada, baseada no The Volitional Questionary. A partir da análise de conteúdo, emergiram 3 eixos temáticos: a) percepção das mães sobre a volição das crianças;  b) percepção das mães sobre o seu papel no processo volicional das crianças e c) estratégias utilizadas pelas mães para incentivar as crianças a desenvolverem a volição. Resultados mostraram que as mães percebem a relação volição da criança versus envolvimento nas atividades e a importância delas na volição infantil para atividades que julgam relevantes, principalmente as escolares formais e do autocuidado, com menor consideração para as do brincar. Essas mães buscam implementar formas de incentivo, mas revelaram conhecimento limitado sobre estratégias de estimulação da volição, mostrando a necessidade de investimentos de educação em saúde para a orientação desses familiares.


Palavras-chave


Paralisia Cerebral; Volição; Educação Especial.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1984686X9325

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoespecial.ufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial

 

ISSN eletrônico: 1984-686X

DOIhttp://dx.doi.org/10.5902/1984686X

Qualis/Capes: Educação A2

 

 

Periodicidade – Publicação contínua


O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International (CC BY-NC 4.0)

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________