Histórias de formação de professores para a Classe Hospitalar

Sandra Maia Farias Vasconcelos

Resumo


O serviço hospitalar, antes exclusivo da saúde, hoje comporta propostas educativascada vez mais frequentemente, com pesquisas realizadas por professores deuniversidades. Mas ainda um questionamento se põe: há necessidade de formaçãode professores para trabalhar com pessoas doentes? Quais as estratégias e quandoutilizá-las? Como abordar indivíduos doentes e provocar-lhes interesse emaprender? Como estabelecer um método que respeite desigualdades e valorizepontos em comuns? Partindo dessas reflexões, tivemos como objetivo resgatar ahistória da Classe hospitalar e da formação de professores atuando em ambienteespecial, também aportar conhecimentos acerca do tema, ainda incipiente noBrasil. Nossa pesquisa foi documental, com ênfase na Constituição de 1988 e naLDB, mas também resultante de nossa experiência acadêmica. A prioridade naformação de professores é tornar relevante a escolaridade no hospital, para oindivíduo e sua família.  Educaçãohospitalar é prevista em lei, acontece em instituição de saúde, casa de repousoou em residência e é dirigida a indivíduos que sofreram um rompimento na sua escolarização.A finalidade é mostrar ao paciente que ele mantém sua capacidade de aluno, comatividades que acionam suas habilidades. As atividades não negligenciamcritério e sistematização. O professor hospitalar respeita a fragilidade dessesalunos, seus níveis escolares e seu desejo de voltar à escola. Essa sensibilidadepode ser inerente aos professores quando escolhem este trabalho, mas nada osobriga a continuar se uma situação causar-lhes choque. Esta responsabilidadepermite aos professores perceber que a formação docente é sempre presente emsua vida pessoal e profissional.


Palavras-chave


Classe Hospitalar; Formação de professores; Legislação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/1984686X9118

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoespecial.ufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial

 

ISSN eletrônico: 1984-686X

DOIhttp://dx.doi.org/10.5902/1984686X

Qualis/Capes: Educação A2

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação Especial agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

 

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International (CC BY-NC 4.0)

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

__________________________________________________