A utilização de glossários terminológicos no processo de ensino e aprendizagem de estudantes surdos no Ensino Superior: uma revisão de literatura

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5902/1984686X65313

Palavras-chave:

Glossários terminológicos, Estudantes surdos, Ensino superior.

Resumo

Esta revisão de literatura teve como objetivo identificar evidências científicas sobre o uso de glossários terminológicos no ensino e aprendizagem de estudantes surdos no Ensino Superior. A revisão analisou 23 publicações acadêmicas selecionadas, sendo 16 dissertações e 07 teses, publicadas entre os anos de 2011 e 2020, das bases de dados BDTD, SciELO, CAPES, ERIC, REDALYC e Repositório Digital Gallaudet University, a partir das palavras-chave: glossários terminológicos, Libras, educação bilíngue e estudantes surdos, no ínterim de março a junho de 2020, nos idiomas português, inglês e espanhol. As informações foram agrupadas nas categorias temáticas: 1. Processo de ensino e aprendizagem do estudante surdo; 2. Educação Bilíngue de Surdos no Ensino Superior; e 3. Glossários Terminológicos em Libras. Não há, ao menos no material coletado para este estudo, pesquisas empreendidas em dissertações e teses a respeito da utilização do glossário no processo de ensino e aprendizagem de estudantes surdos no Ensino Superior, o que comprova a originalidade, relevância e necessidade de realização de pesquisas nesta temática, tendo em vista que trará valiosas contribuições para um escopo do conhecimento científico parcamente explorado até este momento.

Biografia do Autor

Mariana Damião Farias, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN

Mestranda na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, Brasil.

Flávia Roldan Viana, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN

Professora doutora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, Brasil.

Referências

ABATI, Flávia Rech. Proposta de glossário bilíngue: terminologia dos “procedimentos de tradução” em Língua de Sinais Brasileira. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução. Universidade de Brasília, Brasília, 2018.

ATHAYDE, Suenio Tomáz Spindola de. O uso da Libras na matemática do ensino fundamental: uma proposta de glossário. Dissertação (Mestrado). Programa de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional, Catalão-GO, Universidade Federal de Goiás, 2019.

BAGGIO, Aline Lucia. Reconhecimento de línguas de sinais e educação de surdos no Brasil e na Suécia. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação Especial, São Carlos, Universidade Federal de São Carlos, 2018.

BARROS, Rejane Louredo. Política linguística: a terminologia da Libras como veículo de cultura em concursos públicos. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Linguística, Universidade de Brasília, Brasília, 2012.

BOSCO, Daniella Cristina. Educação bilíngue para surdos: práticas discursivas em tempos de inclusão. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2014.

BRASIL. Decreto lei nº 7.612, de 17 de novembro de 2011. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/decreto/d7612.htm. Acesso em: 24 ago. 2019.

BRASIL. Lei nº 10.436, de 22 de abril de 2002. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/2002/L10436.htm. Acesso em: 14 out. 2020.

CAMARGO, Morgana Gentlin. Glossário de termos contábeis em Língua brasileira de sinais. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade de Caxias do Sul, Caxias do Sul, 2018. Disponível em: https://repositorio.ucs.br/xmlui/bitstream/handle/11338/3874/TCC%20Morgana%20Gentlin%20Camargo.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 24. set. 2020.

CARDOSO, Vilma Rodrigues. Terminografia da Língua Brasileira de Sinais. Glossário de nutrição. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução. Universidade de Brasília, Brasília, 2017.

CASTRO JÚNIOR, Gláucio de. Variação linguística em Língua de Sinais Brasileira - foco no léxico. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Linguística. Universidade de Brasília, Brasília, 2011.

CASTRO JÚNIOR, Gláucio de. Projeto Varlibras. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Linguística. Universidade de Brasília, Brasília, 2014.

COSTA, Heliane Alves de Carvalho. Políticas públicas na educação dos surdos: O que se diz, o que se faz, o que os surdos querem... Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2014.

DOUETTES, Breno Barros. A tradução na criação de sinais-termos religiosos em Libras e uma proposta para organização de glossário terminológico semibilíngue. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2015.

FARIA-NASCIMENTO, Sandra Patrícia. Representações lexicais da Língua de Sinais Brasileira: uma proposta lexicográfica. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Lingüística, Universidade de Brasília, Brasília, 2009.

FELTEN, Eduardo Felipe. Glossário sistêmico bilíngue português-Libras de termos da História do Brasil. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-graduação em Linguística, Universidade de Brasília, Brasília, 2016.

FRIEDRICH, Márcio Aurélio. Glossário em Libras: uma Proposta de Terminologia Pedagógica (Português-Libras) no Curso de Administração da UFPel. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-graduação em Letras, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas-RS, 2019.

GRASSI, Dayse.; ZANONI, Graziely Grassi; VALENTIN, Silvana Mendonça Lopes. Língua brasileira de sinais: aspectos linguísticos e culturais. Revista Trama, Marechal Cândido Rondon, PR, v. 7, n. 14, jul/dez. 2011, p. 57-68.

HARRISON, Kathryn Marie Pacheco. Libras: apresentando a língua e suas características. In: LACERDA, C. B. F. de.; SANTOS, L. F. dos. (Org.). Tenho um aluno surdo, e agora? São Carlos: EdUFSCar, 2013, p. 27-36.

KUMADA, Kate Mamhy Oliveira. Acesso do surdo a cursos superiores de formação de professores de Libras em instituições federais. Tese (Doutorado). Programa de Pós-graduação em educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017.

LOBATO, Maria José Silva. Educação bilíngue no contexto escolar inclusivo: a construção de um glossário em Libras e Língua Portuguesa na área de matemática. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais e Matemática, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal-RN, 2015.

LORTHIOIS, Amandine Alpha Marie. Ações de uma professora-pesquisadora no processo de construção de conceitos em língua de sinais numa escola bilíngue para Surdos. Dissertação (Mestrado). Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem. São Paulo, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 2012.

MARTINS, Francine Cantarelli. Terminologia da Libras: coleta e registro de sinais-termo da área de psicologia. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Linguística. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2018.

NASCIMENTO, Cristiane Batista do. Terminografia Língua de Sinais Brasileira: proposta de glossário ilustrado semibilíngue do meio ambiente, em mídia digital. Tese (Doutorado em Linguística) – Universidade de Brasília, Brasília, 2016.

NEMBRI, Armando Guimarães. O cotidiano escolar do Curso Bilíngue de Pedagogia do Instituto Nacional de Educação de Surdos – INES: um olhar avaliativo. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação da Fundação Cesgranrio, Fundação Cesgranrio, Rio de Janeiro, 2011.

NÓBREGA, Josley Maycon de Sousa. Proposta de um glossário de Libras para o curso de educação física/PARFOR-Patos, Paraíba. In: Congresso Nacional de Educação, 2017, João Pessoa. Anais IV CONEDU, 2017. v. 1. Disponível em: https://www.editorarealize.com.br/index.php/artigo/visualizar/38415. Acesso em: 25. fev. 2021.

NORONHA, Daisy Pires; FERREIRA, Sueli Mara S. P. Revisões de literatura. In: CAMPELLO, Bernadete Santos; CONDÓN, Beatriz Valadares; KREMER, Jeannette Marguerite (orgs.) Fontes de informação para pesquisadores e profissionais. Belo Horizonte: UFMG, 2000.

OLIVEIRA, Janine Soares de. Análise descritiva da estrutura querológica de unidades terminológicas do glossário letras-libras. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução, Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, 2015.

QUADROS, Ronice Müller de.; STUMPF, Marianne Rossi. Letras Libras EaD. In: QUADROS, R. M (Org.). Letras LIBRAS: ontem, hoje e amanhã. Florianópolis: Editora UFSC, 2014, p. 9-36.

RIBEIRO, Daniela Prometi. Glossário bilíngue da língua de sinais brasileira: Criação de sinais dos termos da música. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Linguística, Universidade de Brasília, Brasília, 2013.

SANTOS, Angélica Niero Mendes dos. A língua brasileira de sinais na educação de surdos: língua de instrução e disciplina curricular. Dissertação (Mestrado). Faculdade de Educação. São Paulo, Universidade de São Paulo. 2018.

TUXI, Patrícia. A terminologia na língua de sinais brasileira: proposta de organização e de registro de termos técnicos e administrativos do meio acadêmico em glossário bilíngue. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Linguística, Universidade de Brasília, Brasília, 2017.

VIEIRA, Claudia Regina. Educação bilíngue para surdos: reflexões a partir de uma experiência pedagógica. Tese (Doutorado). Faculdade de Educação, São Paulo, Universidade de São Paulo, 2017.

Downloads

Publicado

2021-10-29

Como Citar

Farias, M. D., & Viana, F. R. (2021). A utilização de glossários terminológicos no processo de ensino e aprendizagem de estudantes surdos no Ensino Superior: uma revisão de literatura. Revista Educação Especial, 34, e54/1–19. https://doi.org/10.5902/1984686X65313

Edição

Seção

Revisão de literatura/Estudo teórico