O direito à educação na perspectiva da pedagogia histórico-crítica e a educação especial

Adriana Cristina Morais Eloy, Luciana Cristina Salvatti Coutinho

Resumo


Esse artigo insere-se o debate sobre o direito à educação dos alunos com deficiência atendidos na escola comum, a perspectiva da pedagogia histórico-crítica, cuja base é o materialismo histórico-dialético. Utilizando procedimentos de análise bibliográfica e documental (legislação), empreende-se uma reflexão histórico-educacional. A história da educação no Brasil evidencia um atendimento elitizado em detrimento daqueles que viviam (e vivem) do trabalho braçal. Na esteira da educação normalizada também se percebe, na história da educação especial, o início do acesso àqueles que pertenciam à elite. É somente na Constituição Federal de 1988 que se preconiza, no Brasil, a educação como direito, fruto de movimentos de lutas sociais, incluindo, aqui, os das pessoas com deficiência. Tendo como base o conceito de humanização, defende-se que o direito à educação, para ser efetivado, precisa garantir condições plenas de acesso às pessoas e às pessoas com deficiência à escolarização, entendida como o processo de transmissão-apropriação dos conhecimentos sistematizados histórica e coletivamente pela humanidade.


Palavras-chave


Pedagogia histórico-crítica; Educação Especial; Escolarização.

Texto completo:

PDF HTML

Referências


BARROCO, Sonia Mari Shima. Pedagogia histórico-crítica, psicologia histórico-cultural e educação especial: em defesa do desenvolvimento da pessoa com e sem deficiência. In: MARSIGLIA, Ana Carolina Galvão (org.). Pedagogia histórico-crítica: 30 anos. Campinas/SP: Autores Associados, 2011. (Coleção memória da educação). p. 169-196.

BRASIL. Lei n. 4.024, de 20 de dezembro de 1961. Fixa as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Disponível em: http://wwwp.fc.unesp.br/~lizanata/LDB%204024-61.pdf. Acesso em: jun./2019.

BRASIL. Senado Federal. Constituição Federal de 1988. Brasília: Presidência da República, 1988. 498p. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/legislacao/constituicao1988/arquivos/ConstituicaoTextoAtualizado_EC%20105.pdf. Acesso em: 16/06/2020.

BRASIL. Decreto Nº 5.626, de 22 de novembro de 2005. Regulamenta a Lei nº 10.436, de 24 de abril de 2002, que dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais - Libras, e o art. 18 da Lei nº 10.098, de 19 de dezembro de 2000. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/decreto/d5626.htm. Acesso em: 15/06/2020.

BRASIL. Resolução nº 4, de 2 de outubro de 2009. Institui Diretrizes Operacionais para o Atendimento Educacional Especializado na Educação Básica, modalidade Educação Especial. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/rceb004_09.pdf. Acesso em: 21/05/2019.

BRASIL. Decreto nº 7.611, de 17 de novembro de 2011. Dispõe sobre a educação especial, o atendimento educacional especializado e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2011/Decreto/D7611.htm#art11. Acesso em: 06/05/2019.

CAIADO, Kátia Regina Moreno; BAPTISTA, Cláudio Roberto; JESUS, Denise Meyrelles (Orgs.). Deficiência Mental e Deficiência Intelectual em Debate. Uberlândia: Navegando Publicações, 2017.

DUARTE, Newton. Formação do indivíduo, consciência e alienação: o ser humano na psicologia de A. N. Leontiev. Cad. CEDES, Campinas, v. 24, n. 62, p. 44-63, abril de 2004. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622004000100004&lng=en&nrm=iso. Acesso em jul./ 2019.

DUARTE, Newton. A liberdade na pedagogia histórico-crítica e o currículo escolar. In DUARTE, Newton. Os conteúdos escolares e a ressurreição dos mortos: contribuição à teoria histórico-crítica do currículo. Campinas/SP: Autores Associados, 2016. (Coleção educação contemporânea), p. 120-141.

GARCIA, Rosalba Maria Cardoso; MICHELS, Maria Helena. A política de educação especial no Brasil (1991- 2011): uma análise da produção do GT 15 – educação especial da ANPED. Rev. Bras. Ed. Esp., Marília, v.17, Maio-Ago. 2011. Edição Especial. p. 105-123.

GOFFREDO, Vera Flôr Sénechal de. Fundamentos da educação especial. Rio de Janeiro: UNIRIO/CEAD, 2007. 158p.

JANNUZZI, Gilberta de Martino. A educação do deficiente no Brasil: dos primórdios ao início do século XXI. 3 ed. rev. Campinas/SP: Autores Associados, 2012. (Coleção educação contemporânea), 211p.

JANNUZZI, Gilberta de Martinho; CAIADO, Katia Regina Moreno. APAE: 1954 – 2011 algumas reflexões. Campinas/SP: Autores Associados, 2013. (Coleção educação contemporânea), 72p.

MAIOR, Isabel. Breve trajetória histórica do movimento das pessoas com deficiência. São Paulo: Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, 2015.

MARSIGLIA, Ana Carolina Galvão; MARTINS, Lígia Márcia; LAVOURA, Tiago Nícola. Rumo à outra didática histórico-crítica: superando imediatismos, logicismos formais e outros reducionismos do método dialético. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v.19, s/n, p. 1-28, mar./2019. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/issue/view/1587. Acesso em: mai./2019.

MARTINS, Lígia Márcia. Os fundamentos psicológicos da pedagogia histórico-crítica e os fundamentos pedagógicos da psicologia histórico-cultural. Germinal: Marxismo e Educação em Debate, Salvador, v.5, n.2, p. 130-143, dez. 2013a. Disponível em: https://portalseer.ufba.br/index.php/revistagerminal/article/view/9705. Acesso em: mar./ 2016.

MARTINS, Lígia Márcia. O desenvolvimento do psiquismo e a educação escolar: contribuições à luz da psicologia histórico-cultural e da pedagogia histórico-crítica. Campinas/SP: Autores Associados, 2013b. 319p.

MARTINS, Marcos Francisco. Marx e Engels: apontamentos sobre educação. Comunicações, Piracicaba, v. 24, n. 2, p. 247-266, mai. - ago./2017. Disponível em: file:///C:/Users/Usuario/Downloads/Marx_e_Engels_apontamentos_sobre_educacao_e_ensino.pdf. Acesso em jul./2018.

OLIVEIRA, Dalila Andrade; VIEIRA, Livia Fraga. Trabalho na Educação Básica: a condição docente em sete estados brasileiros. Belo Horizonte, MG: Fino Traço, 2012.

SAVIANI, Dermeval. Sobre a natureza e especificidade da educação. In: SAVIANI, Dermeval. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 11 ed. rev. Campinas / SP: Autores Associados, 2013a. p. 11- 20.

SAVIANI, Dermeval. Infância e pedagogia histórico-crítica. In: MARSIGLIA, Ana Carolina Galvão (Org.). Infância e pedagogia histórico-crítica. Campinas / SP: Autores Associados, 2013b. p. 247-280.

SAVIANI, Dermeval. O conceito dialético de mediação na pedagogia histórico-crítica em intermediação com a psicologia histórico-cultural. Germinal: Marxismo e Educação em Debate, Salvador, v.7, n.1, p. 26-43, jun. 2015. Disponível em: https://portalseer.ufba.br/index.php/revistagerminal/issue/view/1004/showToc. Acesso em: dez./2018.

SAVIANI, Dermeval. Escola e democracia I: a teoria da curvatura da vara. In SAVIANI, Dermeval. Escola e democracia. 43 ed. rev. Campinas/SP: Autores Associados, 2018. p. 29-46.

SILVA, Régis Henrique dos Reis. Contribuições da Pedagogia Histórico-crítica para a Educação Especial Brasileira. Revista Histedbr On-line, Campinas, número 58, p. 78-89, set 2014. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640380/7939. Acesso em: 17/08/2020.

SOUSA, Joceli de Fátima Arruda. Referencial teórico e formação de professores: uma análise necessária. In: MATOS, Neide da Silveira Duarte de; SOUSA, Joceli de Fátima Arruda; SILVA, João Carlos da. Pedagogia histórico-crítica: revolução e formação de professores. Campinas/SP: Autores Associados, 2018. p. 37-51.

TEIXEIRA, Maria Cristina. O direito à educação nas constituições brasileiras. Revista da faculdade de Direito, v.5, n.5, p. 146-168, 2008. Disponível em: https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/RFD/issue/view/47. Acesso em jun./2019.

VYGOTSKY, Lev Semyonovich; LURIA, Alexander Romanovich. Estudos sobre a história do comportamento: símios, homem primitivo e criança. Trad. de Lolio Lourenço de Oliveira. Porto Alegre, Artes Médicas, 1996.




DOI: https://doi.org/10.5902/1984686X41161

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoespecial.ufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial

 

ISSN eletrônico: 1984-686X

DOIhttp://dx.doi.org/10.5902/1984686X

Qualis/Capes: Educação A2

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação Especial agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

 

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International (CC BY-NC 4.0)

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

__________________________________________________