O tradutor intérprete de língua de sinais (TILS) e a política nacional de educação inclusiva em contextos bilíngues para surdos: um estudo da realidade da rede pública estadual paranaense

Danilo da Silva, Sueli de Fátima Fernandes

Resumo


O tradutor intérprete de língua de sinais (TILS) ganha protagonismo no cenário das políticas educacionais como o profissional, por excelência, que oportunizaria garantir acessibilidade linguística aos surdos em seu processo de educação inclusiva. Em meio a inúmeros avanços no contexto legal, sobretudo a partir da oficialização da língua brasileira de sinais (Libras), em 2002, permanecem lacunas relativas ao direito à educação bilíngue para surdos quanto à real efetividade da atuação desse profissional no território concreto das escolas. Este artigo busca elucidar essa realidade, apresentando o perfil dos TILS que atuam na rede pública estadual da região metropolitana de Curitiba por meio da análise da formação e condições de trabalho desse profissional no contexto das políticas de educação inclusiva. A pesquisa tem abordagem qualitativa e quantitativa apresentando dados coletados em dois contextos investigativos: a consulta oficial à Secretaria de Estado de Educação do Paraná, como órgão gestor da política estadual, e entrevista com tradutores intérpretes de Libras. Foram selecionados vinte e nove municípios para estudo que englobam Curitiba e região pela expressiva população do Estado. Os resultados obtidos permitem uma detalhada análise dos perfil e condições de trabalho dos TILS e apontam que os maiores desafios presentes na realidade concreta das escolas repousam na formação profissional e na proficiência linguística exigida para sua atuação. Desdobramentos desses dois aspectos materializam indicadores na avaliação da qualidade da política nacional de educação inclusiva brasileira em contextos bilíngues para estudantes surdos.

 


Palavras-chave


Tradutor Intérprete de Língua de Sinais; Educação bilíngue para surdos; Política nacional de educação inclusiva; Rede pública estadual de ensino paranaense

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1984686X24814

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoespecial.ufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial

 

ISSN eletrônico: 1984-686X

DOIhttp://dx.doi.org/10.5902/1984686X

Qualis/Capes: Educação A2

 

 

Periodicidade – Publicação contínua


O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International (CC BY-NC 4.0)

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________