Análise da noção de justiça em estudantes com altas habilidades/superdotação: uma contribuição educacional

Bernadete Fatima Bastos Valentim, Carla Luciane Blum Vestena

Resumo


A superdotação é conhecida pelos traços da criatividade, envolvimento com a tarefa e alto nível de motivação. Existem outros pouco explorados, como, por exemplo, a moral autônoma. O presente artigo teve como objetivo analisar a noção de justiça de estudantes com altas habilidades/superdotação. Os sujeitos pesquisados foram dez estudantes do ensino fundamental e médio com a idade entre onze e dezesseis anos identificados com altas habilidades/superdotação no contexto escolar e que frequentam salas de recursos multifuncionais em dois colégios públicos de um município no interior do Estado do Paraná/Brasil. Os dados foram obtidos por meio do método clínico piagetiano e o instrumento de investigação foi a entrevista semiestrutura compostas por dilemas morais envolvendo as categorias da justiça imanente, justiça retributiva, distributiva e respeito a regras. O estudo demonstrou que estes estudantes possuem uma ampla compreensão e sensibilidade em relação às injustiças que ocorrem no contexto geral da sociedade assim como o respeito às regras. Concluímos que os aspectos relacionados à moral autônoma ficaram evidentes nos estudantes pesquisados pela demonstração de uma refinada noção de justiça. No entanto, se faz necessário o desenvolvimento de ações pedagógicas que permitam discussões sobre temas do seu interesse no intuito de favorecer a construção de ambientes cooperativos. Por fim, destacamos que é fundamental que os professores conheçam as características das altas habilidades/superdotação a fim de estimular o exercício da autonomia moral e, assim, oferecer oportunidades para agir de acordo com esses princípios em ambientes cooperativos.



Palavras-chave


Altas Habilidades/Superdotação; Piaget; Noção de Justiça.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5902/1984686X20149

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoespecial.ufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial

 

ISSN eletrônico: 1984-686X

DOIhttp://dx.doi.org/10.5902/1984686X

Qualis/Capes: Educação A2

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação Especial agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

 

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International (CC BY-NC 4.0)

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

__________________________________________________