Ocorrência de associação micorrízica em seis essências florestais nativas do estado do Rio Grande do Sul.

Robson Andreazza, Zaida Inês Antoniolli, Vetúria Lopes de Oliveira, Lineu Trindade Leal, Carlos Augusto Moro Junior, Simone Pieniz

Resumo


Ao favorecer o crescimento das plantas hospedeiras, a micorriza pode ser um fator importante para as essências florestais nativas do estado do Rio Grande do Sul. O objetivo deste trabalho foi identificar o tipo de micorriza em seis espécies florestais do Estado: pinheiro-do-paraná (Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze), timbaúva (Enterolobium contortisiliquum (Vell.) Morong), canafístula (Peltophorum dubium (Spreng) Taub), ipê-amarelo (Tabebuia chrysotricha (Mart. ex DC.) Standl.), ipê-roxo (Tabebuia heptaphylla (Well.) Toledo) e grápia (Apuleia leiocarpa (Vogel) J.F. Macbr). O estudo foi desenvolvido na Fepagro Floresta - Boca do Monte, Santa Maria, em bosques de espécies nativas e plantadas. As amostras de raízes, os corpos de frutificação dos fungos e o solo foram analisados no laboratório. As raízes foram processadas e analisadas quanto ao tipo de micorriza presente. Os fungos ectomicorrízicos nativos encontrados foram identificados, isolados e mantidos em cultura. As espécies estudadas não apresentaram colonização ectomicorrízica, embora em alguns locais tenham sido encontrados esporocarpos próximos às plantas. A associação com micorrizas arbusculares foi encontrada em todas as espécies de essências florestais nativas estudadas.


Palavras-chave


<i>Peltophorum dubium; Tabebuia heptaphylla</i>; ectomicorriza; endomicorriza.

Texto completo:

PDF

Referências


AMARANTHUS, M. P.; PERRY, D. A. The function of ectomycorrhizal fungi in the field: linkages in space and time. Plant and Soil, v. 159, n. 1, p. 133-140, 1994.

ANDRADE, A. C. S. et al. Mycorrhizal status of some plants of the Araucaria Forest and the Atlantic Rainforest in Santa Catarina, Brazil. Mycorrhiza, Heidelberg, v. 10, n. 3, p. 131-136, 2000.

ANDREAZZA, R. Associação de fungos ectomicorrízicos com espécies florestais nativas do Estado do Rio Grande do Sul. 2006. 73 f. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria.

ANDREAZZA, R. et al. Espécies de Pisolithus sp. na produção de mudas de Eucaliptus grandis Hill ex Maiden em solo arenoso. Ciência Florestal, v. 14, n. 2, p. 51-59, 2004.

ANDREAZZA, R. et al. Avaliação de mudas de eucalipto inoculadas com fungos ectomicorrízicos em solo arenoso. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO, 29., 2003, Ribeirão Preto. Anais... Ribeirão Preto: UESP, 2003.1 CD-ROM.

ANTONIOLLI, Z. I.; KAMINSKI, J. Micorrizas. Ciência Rural, v. 2, n. 3, p. 441-455, 1991.

BELLEI, M. Micorrizas de Eucalyptus spp. Em viveiros e florestas de Santa Catarina. Florianópolis: UFSC. 1987. 54 p.

BCERN – BRITSH COLUMBIA ECTOMYCORRHIZAL RESEARCH NETWORK. Disponível em: www.pcf.forestry.ca/biodiversity/bcern/index_e.html, Acesso em: 10 mai. 2004.

BOWEN, G. D.; SKINNER, M. F.; BEVEGE, D. I. Zinc uptake by mycorrhizal and uninfected roots of Pinus radiata and Araucaria cunninghamii. Soil Biology and Biochemistry, v. 6, n. 3, p. 141-144, 1974.

BRUNDRETT, M. et al. Working with mycorrhizas in forestry and agriculture. Canberra: ACIAR, 1996. 400 p.

CALDEIRA, M. V. W. et al. Crescimento de leguminosas arbóreas em resposta a inoculação com fungos micorrízicos arbusculares. Ciência Florestal, v. 7, n. 1, p. 1-10, 1997.

CANTARELLI, E. B. et al. Aspectos florísticos da floresta estacional decidual, às margens do Rio Ibicui-Mirim no distrito de Boca do Monte, Santa Maria-RS. In: CICLO DE ATUALIZAÇÃO FLORESTAL DO CONE-SUL, 1999, Santa Maria. Anais... Santa Maria: UFSM, 1999. p.255-261.

CARDOSO, E. J. B. N. et al. Fungos micorrízicos arbusculares em mata nativa e reflorestamento de Araucaria angustifolia impactado. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO. 30., 2005, Recife. Anais... Recife: UFPE, 2005. 1 CD-ROM.

CARVALHO, P. E. R. Espécies alternativas para o reflorestamento e o seu futuro industrial nos estados do Sul do Brasil. Anais... In: SIMPÓSIO FLORESTAL DO RIO GRANDE DO SUL, 5.; SIMADER – RS, 1., 1998, Santa Maria - RS. Anais… Santa Maria, 1998. p.21-28.

DODD, J. C.; THOMSON, B. D. The screening and selection of inoculant of arbuscular mycorrhizal and ectomycorrhizal fungi. Plant and Soil, v. 159, n. 1, p. 149-158, 1994.

FRIONI, L.; MINASIAN, H.; VOLFOVICZ, R. Arbuscular mycorrhizae and ectomycorrhizae in native tree legumes in Uruguay. Forest Ecology and Management, v. 115, p. 41-47, 1999.

GIACHINI, A. J. et al. Ectomycorrhizal fungi in Eucalyptus and Pinus plantations in southern Brazil. Mycologia, v. 92, n. 6, p. 1166-1177, 2000.

GIACHINI, A. J.; SOUZA, L. A. B.; OLIVEIRA, V. L. Species richness and seasonal abundance of ectomycorrhizal fungi in plantations of Eucalyptus dunnii and Pinus taeda in southern Brazil. Mycorrhiza, v. 14, p. 375-381, 2004.

GROVE, T. S.; LE TACON, F. Mycorrhizal associations in plantation forestry. Advances in Plant Pathology, n. 23, v. 9, p.191-227, 1993.

INVAM , INTERNATIONAL CULTURE COLLECTION OF VESICULAR ARBUSCULAR MYCORRHIZAL FUNGI. Disponível http://invam.caf.wvu.edu/mycinfo/methods/cultures/ monosp.htm. 20 de maio 2004.

MARX, D. H. The influence of ectotrophic mycorrhizal fungi on the resistance of pine roots to pathogenic infections. I. Antagonism of mycorrhizal fungi to root pathogenic fungi and soil bacteria. Phytopathology, v. 59, p. 153-163, 1969.

MARX, D.H. – Mycorrhizae and stablishment of trees on strip mined land. The Ohio Journal of Science, v. 75, p. 289-97, 1975.

MARX, D. H.; CORDELL, C. E. The use of specific ectomycorrhizas to improve artificial forestation practices. In: WHIPPS, J. M.; LUMSDEN, R. D. (eds.). Biotechnology of fungi for improving plant growth. New York: 1989. p.1-25.

MEYER, F. H. – Distribution of ectomycorrhizae in native and man-made forest. In: MARKS, G. C.; KOZLOWSKI, T. T. (ed..) Ectomycorrhizae: their ecology and physiology. New York: Academic Press, 1973. p.79-105.

McGEE, P. A.; BULLOCK, S.; SUMMERELL, B. A. Structure of mycorrhizae of the Wollemi pine (Wollemia nobilis) and related Araucariaceae. Australian Journal of Botany, v. 47, p. 85-95, 1999.

MOLINA, R.; PALMER, J. G. Isolation, maintenance, and pure culture manipulation of ectomycorrhizal fungi. In: SCHENCK, N. C. (ed.). Methods and principles of mycorrhizal research. St. Paul: 1982. p.115-129.

MOREIRA, M. et al. Identificação de fungos micorrízicos arbusculares (FMAS) em raízes de Araucaria angustifolia através de métodos moleculares. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO, 30. 2005, Recife, Anais... Recife: UFPE, 2005. 1 CD-ROM.

MUCHOVEJ, R. M. C. et al. Influência da inoculação com fungos ectomicorrízicos e MVA sobre o comportamento de mudas de Araucaria angustifolia (Bert.) O. Ktze. Hoehnea, v. 19, p. 9-18, 1992.

NOVAIS, C. B.; et al. Influência sazonal da época do estabelecimento das culturas de fungos micorrízicos arbusculares sobre a densidade de esporos. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO, 30, 2005, Recife. Anais... Recife: UFPE, 2005. 1 CD-ROM.

OLIVEIRA, I. B.; et al. Eficiência de inóculo com micorrizas nativas em Araucaria angustifolia. Agropecuária Catarinense, v. 5, n. 4, p. 51-52, 1992.

OLIVEIRA, V. L.; SCHMIDT, V. D. B.; BELLEI, M. M. Patterns of arbuscular- and ecto- mycorrhizal colonization of Eucalyptus dunnii in southern Brazil. Annuaire des Sciences Forestières, v. 54, p. 73-481, 1997.

PASCOAL, J. O.; NAVARRO, J. M. B. Significado de los microorganismos del suelo em nutrición vegetal: Simbiosis Rhizobium leguminos y micorrizas VA. In: GARRIDO, M. L.; OROSTICA, C. G. (eds.) Nutrición Vegetal: algunos aspectos químicos y biológicos. Granada: Consejo superior de investigaciones científicas, 1985. p.151-196.

REITZ, R.; KLEIN, M.; REIS, A. Projeto Madeira do Rio Grande do Sul. Itajaí: Herbário Barbosa Rodrigues, 1983.

ROJAS, E. P.; SIQUEIRA, J. O. Micorriza arbuscular e fertilização do solo no desenvolvimento pós-transplante de mudas de sete espécies florestais. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 35, n.1, p.103-114, 2000.

SCHROEDER, M. Cobertura florestal do Rio Grande do Sul: Tendências e Perspectivas. In: SEMINÁRIO SOBRE A SITUAÇÃO FLORESTAL DO RIO GRANDE DO SUL, 1., 1991, Santa Maria. Anais... Santa Maria: 1991. p.01-09.

SILVA, R. F. População de fungos micorrízicos e influência de ectomicorrizas na produção de mudas de Eucalyptus grandis e Pinus elliottii em solo arenoso. 2002. 105 f. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria.

SILVA, R. F; ANTONIOLLI, Z. I; ANDREAZZA, R. Efeito da inoculação com fungos ectomicorrízicos na produção de mudas de Eucalyptus grandis Hill ex. Maiden em solo arenoso. Ciência Florestal, v. 13, n. 1, p. 33-42, 2003a.

SILVA, R. F. et al. Fungos ectomicorrízicos no desenvolvimento de mudas de Eucalyptus grandis Hill ex. Maiden. Bioscience Journal, v. 19, n. 3, p. 9-17, 2003b.

SILVA, R. F; ANTONIOLLI, Z. I; ANDREAZZA, R. Produção de mudas de Pinus elliottii Engelm. micorrizadas em solo arenoso. Ciência Florestal, v. 13, n. 2, p. 57-65, 2003c.

SMITH, S. E.; READ, D. J. Mycorrhizal symbiosis. London: Academic Press, 1997. 605 p.

STÜRMER, S. L.; BELLEI, M. M. Composition and seasonal variation of spore populations of Arbuscular Mycorrhizal fungi in dune soils in island of Santa Catarina, Brazil. Canadian Journal of Botany, v. 72, p. 359-365, 1994.

ZACHIA, R. A. et al. Florística e síndromes de dispersão de espécies lenhosas em um fragmento de floresta ripária em Santa Maria, RS. 2002. In: CICLO DE ATUALIZAÇÃO FLORESTAL DO CONE-SUL. A Floresta e o Meio Ambiente, 2., 2002, Santa Maria, Anais... Santa Maria: 2002, p.121.

ZANDAVALLI, R. B.; DILLENBURG, L. R.; SOUZA, P. V. D. Growth response of Araucaria angustifolia (Araucariaceae) to inoculation with the mycorrhizal fungus Glomus clarum. Applied Soil Ecology, v. 25, p. 245-255, 2004.

ZANGARO, W. et al. Micorriza arbuscular em espécies arbóreas nativas da bacia do Rio Iibagi, Paraná. Cerne, v. 8, n. 1, p. 77-87, 2002.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19805098445

Licença Creative Commons