Influência de substratos e fósforo na produção de mudas micorrizadas de Acacia mearnsii De Wild.

Andréa Hentz de Mello, João Kaminski, Zaida Inês Antoniolli, Lílian Castilho dos Santos, Eduardo Lorensi de Souza, Guilherme Karsten Schirmer, Rafael Machado Goulart

Resumo


A inoculação de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs) é viável em mudas de espécies florestais. O objetivo deste trabalho foi avaliar o estabelecimento de duas espécies de FMAs na produção de mudas de Acacia mearnsii em diferentes substratos e doses de fósforo. O experimento constou de cinco tratamentos, sendo dois tratamentos de inoculação de espécies de FMAs, (Glomus clarum Nicolson & Schenck e Glomus etunicatum Becker & Gerdemann) e três tratamentos com diferentes substratos (mecplani, turfa fértil e Neossolo Quartzarênico); com cinco doses de fósforo (0, 50, 100, 500 e 1000 mg.kg-1), e dez repetições. Alto nível de P no substrato não impediu colonização micorrízica das raízes. Os isolados G. clarum e G. etunicatum apresentaram alta eficiência na colonização das raízes da A. mearnsii, e os substratos mecplani e turfa-fértil foram os mais eficientes na produção das mudas.


Palavras-chave


fungos micorrízicos arbusculares; turfa fértil; mecplani; produção de mudas.

Texto completo:

PDF

Referências


ABBOTT, L. K.; ROBSON, A. D. The effect of VA mycorrhizae on plant growth. In: POWELL, C.L.; BAGYARAJ, D.J (eds). VA MYCORRHIZAL. CRC Press, 1992. p.113-130.

BELLOTE, A. F. J.; SILVA, H. D.; DEDECEK, R. A. Teores de macro e micronutrientes em acácia negra, com três anos de idade, plantada no Estado do Rio Grande do Sul. In. FERTBIO 2000 – BIODINÂMICA DO SOLO; REUNIÃO BRASILEIRA DE FERTILIDADE DO SOLO E NUTRIÇÃO DE PLANTAS, 24.; REUNIÃO BRASILEIRA DE BIOLOGIA DO SOLO, 3.; 2000. Santa Maria. Resumos expandidos. Santa Maria: SBCS/SBM, 2000. 1 CD-ROM.

BETHLENFALVAY, G. J. et al. The Glycine-Glomus-Bradyrhizobiun symbiosis. IX Nutricional, morphological and physiological responses of nodulated soybean to geografic isolates of the mycorrhizal fungus Glomus mosseae. Physiology Plant. v. 76, n. 2, p. 226-232, 1989.

BONI, N. R.; ESPINDOLA, R.; GUIMARÃES, E. C. Uso de leguminosas na recuperação de um solo decapitado. In: SIMPÓSIO SUL-AMERICANO, 1.; SIMPÓSIO NACIONAL DE RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS, 2., 1994, Foz do Iguaçu. Anais... Curitiba: FUPEF, 1994. p.563-568.

CALDEIRA, M. V. W.; SCHUMACHER, M. V.; TEDESCO, N. Crescimento de mudas de Acacia mearnsii em função de diferentes doses de vermicomposto. Scientia Forestalis. Piracicaba. n. 57, p. 161-170, 2000.

CALDEIRA, M. V. W.; PEREIRA, J. C.; SCHUMACHER, M. V. Comparação entre as concentrações de nutrientes nas folhas e no folhedo em procedência de Acacia mearnsii de Wild. Revista Árvore. Viçosa. v. 23, n. 4, p. 489-492, 1999.

CALDEIRA, M. V. W.; RONDON NETO, R. M.; SCHUMACHER, M. V. Avaliação da eficiência nutricional de três procedências australianas de acacia negra (Acacia mearnsii De Wild). Revista Árvore. Viçosa. v. 26, n. 5, p. 615-620, 2002.

CAPRONI, A. L. et al. Fungos micorrízicos arbusculares em área estéril revegetado com Acacia mangium após mineração de bauxita. Revista Árvore. Viçosa, v. 29, n. 3, p. 373-381, 2005.

CARDOSO, E. J. B. N. Interaction of mycorrhiza, phosphate and manganese in soybean. In: AZCON-AGUILAR, C. e BAREA, J. M., (eds). Mycorrhizas in integrated systems from genes to plant development. Luxembourg: Office for Official Publications of the European Communities, 1986. p.304-306.

FERNANDES, A. B. et al. Efeito diferenciado do P sobre o estabelecimento e efetividade da simbiose endomicorrízica em milho e soja. Revista Brasileira Ciência do Solo, Campinas, v. 11, n. 2, p. 101-108, 1987.

FERREIRA, D. F. Sistemas de análise estatística para dados balanceados. Lavras:UFLA/DEX/SISVAR, , 2000. 145p.

FRANCO, A. A.; DOBEREINER, J. A biologia do solo e a sustentabilidade dos solos tropicais. Summa Phytopathologica. Jaguariúna, v. 20, n. 1, p. 68-74, 1994.

GRACE, C.; STRIBLEY, D. P. A safer procedure for roution staining of vesicular-arbuscular mycorrhizal fungi. Mycological Research. v. 95, n. 10, p. 1160-1162, 1991.

GERDEMANN, J. W.; NICOLSON, T. H. Spores of mycorrhizal Endogone species extracted from soil by wt-sieving and dcanting. Transactions of Britisch Mycological Society. v. 46, p. 235-244, 1963.

GIOVANNETTI, M.; MOSSE, B. Na evaluation of techniques for measuring vesicular arbuscular mycorrhizal infection in roots. New Phytology, v. 84, p. 489-500, 1980.

HIGA, A. R. Desarrolo de sistemas de produccóon para acacia-negra (Acacia mearsnii De Wild.). In: CONGRESSO LATINO AMERICANO IUFRO – O manejo sustentable de los recursos forestales, desafío del siglo 21., 1998, Valdivia. Anais… Valdivia: IUFRO. 1998.144 p.

JANOS, D. P. Mycorrhiza applications in tropical forestry: are temperate-zone approaches appropriate? In: NG, F. S. P.(eds). Trees and mycorrhiza. 1988. p.133-188.

JENKINS, W. R. A rapid centrifugal-floration technibique for separating nematodes from soil. Plant Disease Report , v. 48, p. 692, 1964.

KAMINSKI, J.; RHEINHEIMER, D. dos S. Micorrização da Pensacola afetada por culturas precedentes. 2. Taxa de crescimento e absorção de fósforo. In: REUNIÃO BRASILEIRA SOBRE MICORRÍZAS, 2., 1994, Florianópolis. Resumos...Florianópolis: Ed. da UFSC. 1994, p.38.

KOSKE, R. E.; GEMMA, J. N. A modified procedure for stining roots to detect VA mycorrhizas. Mycological Research, v. 92, n. 4, p. 468-488, 1989.

MOREIRA, F. M. S E SIQUEIRA, J. O. Microbiologia e bioquímica do solo. Lavras: Ed. da UFLA, 2002. 626 p.

NEWMAN, E. E. J. A method of estimating the total lenght of root sample. Journal of Applied Ecology, v. 3, p. 139-45, 1966.

PERRY, D. A.; MOLINA, R.; AMARANTHUS, M. P. Mycorrhizae, mycorrhizospheres and reforestation: current knowledge and research needs. Canadian Journal of Forest Research., v. 8, n. 17, p. 929-940, 1987.

RHEINHEIMER, D. dos S.; ERNANI, P. R.; SANTOS, J. C. P. Influência da micorriza no crescimento do Trifolium riograndense e na predição de absorção de fósforo por um modelo mecanístico. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Campinas, v. 21, p. 191-197, 1997.

SAGGIN JÚNIOR, O. J.; LOVATO, P. E. Aplicação de micorrizas arbusculares na produção de mudas e plantas micropropagadas. In: SIQUEIRA, J. O., et al. (eds.) Inter-relação fertilidade, biologia do solo e nutrição de plantas. Viçosa: SBCS; Lavras: UFLA/DCS, 1995. p. 725-774.

SIBINEL, A. H. M. Resposta da leguminosa Mimosa artemisiana à inoculação de diferentes fungos micorrízicos arbusculares na recuperação de áreas degradadas. 2003. 57 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia Ciências do Solo) –Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

SIQUEIRA, J. O. Micorrizas: forma e função. In: REUNIÃO BRASILEIRA SOBRE MICORRIZAS, 1.; 1995. Lavras, Anais.... Lavras: FAEPE, 1996. p. 5-32.

SIQUEIRA, J. O.; SAGGIN-JUNIOR, O. J. The importance of mycorrhizae association in natura in low fertility. In: INTERNATIONAL SYMPOSIUM ON ENVIRONMENTAL STRESS: MAIZE IN PERSPECTIVE, 1995, Sete Lagoas. Anais... Sete Lagoas: EMBRAPA, 1995. p. 240-280.

TEDESCO, K. J. Extração simultânea de N, P, K, Ca, Mg em tecidos de plantas por digestão com H2O2 e H2SO4. 1986. 23 p. Porto Alegre: UFRGS, (Informativo Interno, 01).

VICENT, J. M. A manual for the practical study of root-nodule bactéria. Oxford: Blackwell Scientific Publications, 1970.164 p.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19805098443

Licença Creative Commons