Os Diferentes Tipos de Uso e Cobertura da Terra e sua Influência nos Parâmetros de Qualidade da Água

André Ricardo Furlan, Rodolfo Cristiano Filipini, Janete Teresinha Reis

Abstract


Esta pesquisa procura avaliar como uso e a cobertura da terra influenciam de forma significativa nos parâmetros de qualidade da água. Como objeto de estudo utilizou-se a bacia hidrográfica do Rio Suzana, a partir de dados referente a população (2000 – 2010) e uso de técnicas de sensoriamento remoto que foi importante na análise da vegetação (2000 – 2015), assim como a realização de trabalho de campo na coleta de amostras de água e visualização in loco da paisagem em cada ponto e a posterior análise laboratorial. Os resultados demonstram que o uso e a cobertura da terra em uma bacia hidrográfica são extrema importância por influenciar diretamente sobre os parâmetros da qualidade da água. Para contemplar este quesito, a preservação da mata ciliar é um elemento primordial. Porém, na bacia hidrográfica do Rio Suzana apresenta um déficit quanto a preservação da mata ciliar, e observou-se diferentes tipos de usos e cobertura da terra configurando conflito em vários pontos de coleta de água. Portanto, dois elementos foram considerados importantes neste estudo: a existência da vegetação, os outros tipos de usos do solo e a população (ser humano) como agente transformador.

Keywords


Bacia Hidrográfica. Uso da terra. NDVI.

References


ATLAS DO DESENVOLVIMENTO HUMANO NO BRASIL. Disponível em: < http://www.atlasbrasil.org.br/2013/ > Acesso em: 25 nov. 2014.

BERTRAND. G. Paisagem e geografia física global: esboço metodológico. Tradução Olga Cruz. Revista RA´E GA, Curitiba, n. 8, p. 141-152, 2004.

BRASIL. Código Florestal (LEI nº 12.651). Brasília: 2012. Disponível em: Acesso em: 25 nov. 2014.

BRASIL. Código Civil. Lei 9433 de 8 de janeiro de 1997. Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos. Brasília, 1997. Disponível em: Acesso em: 06 jun. 2016.

COELHO-NETTO, A. L; AVELAR, A. de S. O uso da terra e a dinâmica hidrológica: comportamento hidrológico e erosivo de bacias de drenagem. In:_______. SANTOS, R. F. dos (Org). Vulnerabilidade Ambiental: desastres naturais ou fenômenos induzidos? Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2007.

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE-CONAMA. Resolução nº 357, de 17 de março de 2005 Disponível em: Acesso em: 06 jun. 2016.

ERECHIM. Plano de manejo da área de proteção ambiental do Rio Suzana. Disponível em: Acesso em: 25 nov. 2014

HASENACK, H.; WEBER, E.(org.) Base cartográfica vetorial contínua do Rio Grande do Sul - escala 1:50.000. Porto Alegre: UFRGS Centro de Ecologia. 2010. 1 DVD-ROM. (Série Geoprocessamento n.3). ISBN 978-85-63483-00-5 (livreto) e ISBN 978-85-63843-01-2 (DVD). Disponível em:

NOGUEIRA, P. F; CABRAL, J. B. P; Oliveira, S. F. Analise da concentração dos sólidos em suspensão, turbidez e TDS nos principais afluentes do reservatório da UHE barra dos Coqueiros-GO. REVISTA GEONORTE, v.3, n.4, p. 485-494, 2012

NOVO, E. M. L. de M. Sensoriamento Remoto: Princípios e Aplicações. 2 ed. São Paulo: Edgar Blucher, 1995.

LIMA, V. A Sociedade e a Natureza na paisagem urbana: análise de indicadores para avaliar a qualidade ambiental. 2013, 358f. Tese (Doutorado em Geografia) Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Presidente Prudente, 2013.

SANTOS, R F dos. Planejamento ambiental - teoria e pratica. São Paulo: Oficinas de textos, 2004.

SOUZA, M. L de. ABC do Desenvolvimento Urbano. 6 ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2011.

SHUTTLE RADAR TOPOGRAPHY MISSION (SRTM) Disponível em: Acesso em: 06 jun. 2015.

SILVA, G. J. F da; ALMEIDA, N. V. Degradação ambiental no município de Parari-PB: uma análise por meio de sensoriamento remoto. Revista Geografar - Curitiba, v.10, n.2, p.140-164, dez./2015




DOI: https://doi.org/10.5902/2179460X22694

Copyright (c) 2016 Ciencia & Natura



Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.