A GLOBALIZAÇÃO E A NOVA CIDADANIA

Daiane Londero

Resumo


A globalização trouxe consigo diversos dilemas à sociedade e a economia. Transformações surgiram, dentre elas o conceito de cidadania. A ruptura do Estado-nação traz um novo conflito a essa concepção: O impacto dos processos de globalização sobre a perda de autonomia do Estado, em especial para proteger os direitos dos cidadãos e regular agentes e dinâmicas sociais e econômicas que tendam a escapar das fronteiras nacionais. Além disso, as modificações ocorridas na consciência de indivíduo e coletividade se transformam incessantemente, como é o caso da União Européia, na qual o cidadãonacional passou a incorporar a noção de cidadão-europeu. Muito há que ser analisado sobre essas mutações, mas a priori, se observa que essa apreciação fugiu aos moldes até então vigentes.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/198136946803

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2007 Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

REVISTA ELETRÔNICA DO CURSO DE DIREITO DA UFSM - Qualis A1

RECDUFSM  /  ISSN 1981-3694   /  Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/19813694  http://periodicos.ufsm.br/revistadireito

Revista Qualis A1 área de Direito /  Classificações de Periódicos Quadriênio 2013-2016 (CAPES)