A PREVENÇÃO DOS RISCOS AMBIENTAIS NA INDÚSTRIA DO ABATE E PROCESSAMENTO DE CARNES E DERIVADOS: A SAÚDE COLETIVA E DOS TRABALHADORES

Gustavo Abrahão dos Santos, Norma Sueli Padilha

Resumo


A indústria de abate de carnes e derivados produz um grave risco de contaminação do meio ambiente, da saúde coletiva e dos trabalhadores, por meio de suas externalidades negativas. Neste contexto, o artigo analisa os instrumentos jurídicos de prevenção dos riscos ambientais no abate de carnes em matadouros, especialmente do licenciamento ambiental, e destaca a incidência da clandestinidade e da ineficiência da fiscalização como elementos potencializadores do risco à qualidade ambiental. Destaca, ainda, os riscos da atividade que afetam diretamente a saúde dos trabalhadores e os instrumentos de proteção decorrentes do direito ambiental do trabalho. E preconiza a necessidade do cumprimento das normas ambientais e a eficiência de sua fiscalização como elementos essenciais a sustentabilidade ambiental, social e econômica da atividade.

 


Palavras-chave


Abatedouros; Indústria de carnes e derivados; Riscos Ambientais; Tutela.

Texto completo:

PDF

Referências


ALENCAR, N. (2002) Abatedouros de Bovinos e suínos. CTP - Revista Tecnologia e Treinamento Agropecuário. Disponível em: http://www.cpt.com.br/revista/mattec/0165.asp. Acesso em: 24 jun. 2014.

ANTUNES, Paulo de Bessa. Direito Ambiental. 11. ed. Rio de Janeiro: Lumen Juris Editora, 2008.

BANDEIRA DE MELLO, Oswaldo Aranha. Princípios gerais de direito administrativo. Rio de Janeiro. Forense, 1969, v.1, pág. 509.

BNB. BANCO DO NORDESTE. Manual de Impactos Ambientais. Coord. Ademir Costa 1. ed. .Fortaleza: Banco do Nordeste, 1999. 297p.

BRASIL. 15ª Região do Ministério Público do Trabalho. Acordo judicial entre o Ministério Público do Trabalho e a empresa JBS S.A (Friboi) no processo nº 0001751-64.2011.5.15.0011 na comarca de Barretos/SP. Disponível em: http://www.prt15.mpt.gov.br/2-uncategorised/256-acordo-com-jbs-friboi-beneficia-diretamente-trabalhadores-de-barretos. Acesso em: 10 jul.2015.

BRASIL. Constituição Federal. Brasília: Senado Federal, 1988. Disponível em: Acesso em: 13 jul. 2015.

BRASIL. Decreto 5452/43. Aprova a Consolidação das Leis do Trabalho. In: Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 09 ago. 1943. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/Del5452.htm. Acesso em 15 jul. 2015.

BRASIL. Lei n. 6.514/77. Altera o Capítulo V do Titulo II da Consolidação das Leis do Trabalho, relativo a segurança e medicina do trabalho e dá outras providências. In: Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 23 dez. 1977. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/Ccivil_03/LEIS/L6514.htm. Acesso em 13 jul. 2015.

BRASIL. Lei nº 7;347 de 1985. Disciplina a ação civil pública de responsabilidade por danos causados ao meio-ambiente, ao consumidor, a bens e direitos de valor artístico, estético, histórico, turístico e paisagístico (VETADO) e dá outras providências. In: Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 25 jul. 1985. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L7347orig.htm. Acesso em 13 jul.2015.

BRASIL. Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA). Decreto n° 30.691de 29/03/1952. Dispõe sobre o Regulamento da inspeção industrial e sanitária de produtos de origem anima e dá outras providências. In: Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 7 jul. 1952. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/1950-1969/D30691.htm. Acesso em 13 jul. 2015.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Disponível em: http://www.agricultura.gov.br/animal/dipoa/dipoa-empresario/registro-estabelecimento. Acesso em: 09 out.2015.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Disponível em: http://www.agricultura.gov.br/animal/noticias/2013/02/mapa-alerta-para-os-perigos-do-consumo-de-carne-sem-fiscalizacao. Acesso em: 09 out.2015.

BRASIL. Ministério do Trabalho e Emprego. Norma Regulamentadora n. 36 do Ministério do Trabalho e Emprego. Trata da Segurança e saúde no trabalho em empresas de abate e processamento de carnes e derivados. In: Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 19 abr 2013. Disponível em : http://portal.mte.gov.br/data/files/8A7C812D3DCADFC3013E237DCD6635C2/NR-36%20(atualizada%202013).pdf. Acesso em: 13 jul. 2015.

BRASIL. Ministério do Trabalho e Emprego. Norma Regulamentadora n. 15 do Ministério do Trabalho e Emprego. Trata das atividades e operações insalubres In: Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 06 jul 1978. Disponível em: http://portal.mte.gov.br/data/files/8A7C816A47594D040147D14EAE840951/NR-15%20(atualizada%202014).pdf. Acesso em: 13 jul 2015.

BRASIL. Nota técnica nº 03/2004: refrigeração industrial por amônia : riscos, segurança e auditoria fiscal. – Brasília : MTE, SIT, DSST, 2005. 31 p.Disponível em: http://portal.mte.gov.br/data/files/FF8080812BCB2790012BD580E60A0282/pub_cne_refrigeracao.pdf. Acesso em: 14 jul. 2015.

BRASIL. Resolução CONAMA 385/06. Estabelece procedimentos a serem adotados para o licenciamento ambiental de agroindústrias de pequeno porte e baixo potencial de impacto ambiental. In: Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 29 dez. 2006. Disponível em http://www.mma.gov.br/port/conama/legiabre.cfm?codlegi=523. Acesso em: 13 jul. 2015.

BRASIL. Resolução do Conselho Nacional do Meio ambiente (CONAMA) 237/97. Dispõe sobre a revisão e complementação dos procedimentos e critérios utilizados para o licenciamento ambiental In: Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 22 dez. 1997. Disponível em: http://www.mma.gov.br/port/conama/legislacao/CONAMA_RES_CONS_1997_237.pdf. Acesso em: 13 jul. 2015.

BRASIL. Tribunal Superior do Trabalho. Súmula 438. Disponível em: http://www3.tst.jus.br/jurisprudencia/Sumulas_com_indice/Sumulas_Ind_401_450.html#SUM-438. Acesso em: 14 jul. 2015.

CORDEIRO, Silvia. MP-PR pede interdição e fechamento do abatedouro de Ponta Grossa. Ação civil pública foi ajuizada contra município e administradora do local.

Matadouro está em "condições ambientais e sanitárias precárias", alega MP. G1, globo, Paraná. Disponível em: http://g1.globo.com/pr/campos-gerais-sul/noticia/2013/10/mp-pr-pede-interdicao-e-fechamento-do-abatedouro-de-ponta-grossa.html. Acesso em: 13 jul. 2015.

DA SILVA, Solange Teles. Princípio da Precaução: Uma nova postura em face dos riscos e incertezas científicas. In VARELLA, Marcelo Dias e PLATIAU, Ana Flávia de Barros. Precaução ambiental. Belo Horizonte: Del Rey, 2004.

FIGUEIREDO, ACC. Eutanásia animal em centros de controle de zoonoses. Revista do Conselho Federal de Medicina Veterinária, 2001;23:12-7.

KRELL, Andreas Joachim.O licenciamento ambiental no SISNAMA: Competência e controle. Paisagem, Natureza e Direito. BENJAMIN, Anotnio Herman (Org.) São Paulo: Instituto O direito por um Planeta Verde,2005, Vol. 1, p. 167.

MANCUSO, Rodolfo de Camargo. Ação civil pública trabalhista:análise de alguns pontos controvertidos. In Revista do Processo. São Paulo: Revista dos Tribunais, ano 24, n. 93, p.151-178, jan./mar. 1999.

MILARÉ, Edis. Direito do Ambiente : doutrina, pratica, jurisprudência, glossário 2. ed. rev. atual. e ampl. – São Paulo: Revista dos Tribunais,2001.

MORAES, Giovanni. Normas Regulamentadoras Comentadas e Ilustradas. Legislação de Segurança do Trabalho. Nova NR 36 comentada. Rio de Janeiro: GVC, 2013.

OLIVEIRA. Sebastião Geraldo de. Proteção Jurídica á Saúde do Trabalhador. 6ª ed., São Paulo: LTR. 2011.

PADILHA, Norma Sueli. Do meio ambiente do trabalho equilibrado. São Paulo: Editora LTr, 2002.

PADILHA, Norma Sueli. Fundamentos Constitucionais do Direito Ambiental Brasileiro, 1ª ed. Elsevier, p. 37, 2010.

PADILHA, Norma Sueli. Meio Ambiente do Trabalho: Um direito fundamental do Trabalhador e a Superação da Monetização do Risco. Rev. TST, Brasília, vol 79, nº 4, out/dez 2013, p. 173-182.

PADILHA, Norma Sueli. O Equilíbrio do Meio ambiente do Trabalho: Direito Fundamental do Trabalhador e de Espaço Interdisciplinar entre o Direito do Trabalho e o Direito Ambiental. Rev. TST, Brasília, vol. 77, nº 4, out/dez/2011.

PARDI MC, Santos IF, Souza ER, Pardi HS. Ciência higiene e tecnologia da carne. Goiânia: EDUFF; 1993.

REVISTA NACIONAL DA CARNE. Disponível em: Acesso em: 09 out. 2015.

ROCHA MARIA, R. Avaliação da eficiência no tratamento de efluentes líquidos em frigoríficos.In: Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado à banca examinadora da Faculdade Dinâmica das Cataratas – UDC, como requisito parcial para obtenção de grau de Engenharia Ambiental. Prof. Orientador: Edneia Santos de Oliveira Lourenço. UDC. Foz do Iguaçu, 2008.

ROSSIT, Liliana Allodi. O meio ambiente do Trabalho no direito ambiental brasileiro. São Paulo: LTr, 2001.

ROUQUAYROL, Maria Zelia; ALMEIDA FILHO, Naomar de. Epidemiologia e saúde. 6.ed. Rio de Janeiro: Medsi, 2003., p. 499-513.

SEGRE, Marco and FERRAZ, Flávio Carvalho. O conceito de saúde. Rev.Saúde Pública. 1997, vol.31, n.5, pp. 538-542.

TRENNEPOHL, Terence Dornelles. Fundamentos de Direito Ambiental. 2a edição, Editora Podvim, 2007, p. 95.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1981369418921

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

REVISTA ELETRÔNICA DO CURSO DE DIREITO DA UFSM - Qualis A1

RECDUFSM  /  ISSN 1981-3694   /  Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/19813694  http://periodicos.ufsm.br/revistadireito

Revista Qualis A1 área de Direito /  Classificações de Periódicos Quadriênio 2013-2016 (CAPES)