OS DESAFIOS DA JURISDIÇÃO NA (RE) APROXIMAÇÃO ENTRE CONSTITUIÇÃO E DIREITO PROCESSUAL CIVIL

Thiago Feiten Nunes

Resumo


Este trabalho propõe-se a traçar questionamentos acerca da possível (re)aproximação entre o atual paradigma constitucional e o exercício da jurisdição processual civil. A problemática reside, com efeito, na constatação teórica de incongruências ideológicas havidas no âmbito do direito processual civil brasileiro em contraposição à carga valorativa prevista na Constituição Federal de 1988. No ponto, através da exploração do método histórico e dedutivo, percebeu-se que o modelo processual vigente congrega valores individualistas, patrimonialistas e liberais, por meio dos quais o juiz/intérprete torna-se mero declarante do direito, sem preocupar-se conscientemente com a sua realização efetiva no mundo empírico. O que se vislumbra, no entanto, a partir dos parâmetros valorativos trazidos pela Carta Magna de 1988, é a necessidade de aprimoramento de tal sistema jurisdicional, sempre tendo em vista a preocupação de resguardar e dar efetividade e coesão aos direitos e garantias fundamentais assegurados pela Carta Política.


Palavras-chave


Compatibilidade; Constituição; Ideologia; Processo Civil;

Texto completo:

PDF

Referências


BARROSO, Luís Roberto. A nova interpretação constitucional: ponderação, direitos fundamentais e relações privadas. 3. ed. Rio de Janeiro: Renovar, 2008.

BRASIL, Código de Processo Civil Brasileiro. São Paulo: Saraiva, 2013.

BARROSO, Luís Roberto. Constituição Federal de 1988. São Paulo: Saraiva, 2013.

CAMBI, Eduardo. Neoconstitucionalismo e neoprocesualismo: direitos fundamentais, políticas públicas e protagonismo judiciário. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2009.

CAPELLARI, Eduardo. A crise da modernidade e a constituição: elementos para a compreensão do constitucionalismo contemporâneo. Rio de Janeiro: América Jurídica, 2004.

CAPPELLETTI, Mauro. Juízes irresponsáveis. Tradução: Carlos Alberto Álvaro de Oliveira. Porto Alegre: Fabris, 1989.

CARNEIRO, Paulo Cézar Pinheiro. Acesso à justiça – juizados especiais cíveis e ação civil pública: uma nova sistematização da Teoria Geral do Processo. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense universitária, 2000.

DWORKIN, Ronald. Uma questão de princípio. Tradução: Luís Carlos Borges. 2. Ed. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

GOMES, Sergio Alves. Hermenêutica jurídica e constituição no estado de direito democrático. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2002.

HOMMERDING, Adalberto N. Fundamentos para uma compreensão hermenêutica do processo civil. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2007.

ISAIA, Cristiano Becker. Processo civil, atuação judicial e hermenêutica filosófica: a metáfora do juiz-instrutor e a busca por respostas corretas em direito: facticidade e oralidade. Curitiba: Juruá, 2010.

JULIOS-CAMPUZANO, Alfonso de. Constitucionalismo em tempos de globalização. Tradução: José Luis Bolsan de Morais e Valéria Ribas do Nascimento. Porto Alegre: Livraria do Advogado Editora, 2009.

MARINONI, Luiz Guilherme. Novas linhas do processo civil. 4. ed. São Paulo: Malheiros, 2000.

MELLO, Celso Antônio Bandeira de. O Conteúdo Jurídico do Princípio da Igualdade – 3. Ed. São Paulo: Malheiros, 2002.

NASCIMENTO, Valéria Ribas do. O tempo das reconfigurações do constitucionalismo: os desafios para uma cultura cosmopolita. São Paulo: LTr, 2011.

NUNES, Dierle. Curso de direito processual civil: fundamentação e aplicação. Belo Horizonte: Fórum, 2011.

SALDANHA, Jânia Maria Lopes. Substancialização e efetividade do direito processual civil – a sumariedade material da jurisdição: proposta de estabilização da tutela antecipada em relação ao projeto de novo CPC. Curitiba: Juruá, 2011.

SILVA, Ovídio A. Baptista da. Curso de processo civil: processo de conhecimento, vol. 1. 5. ed. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2000.

SILVA, Ovídio A. Baptista da. Jurisdição e execução na tradição romano-canônica. 3. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2007.

SILVA, Ovídio A. Baptista da. Processo e ideologia: o paradigma racionalista. Rio de Janeiro: Forense, 2006.

STRECK, Lênio Luiz. Jurisdição constitucional e hermenêutica: uma nova crítica do direito. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2002.

STRECK, Lênio Luiz. Verdade e Consenso: constituição, hermenêutica e teorias discursivas. 4. ed. São Paulo: Saraiva, 2011.

THEODORO JÚNIOR, Humberto. Curso de Direito Processual Civil: Teoria geral do direito processual civil e processo de conhecimento. Rio de janeiro: Forense, 2010.

THEODORO JÚNIOR, Humberto. O Processo Civil brasileiro: no limiar do novo século. Rio de janeiro: Forense, 2002.




DOI: https://doi.org/10.5902/1981369413637

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2014 Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

REVISTA ELETRÔNICA DO CURSO DE DIREITO DA UFSM - Qualis A1

RECDUFSM  /  ISSN 1981-3694   /  Digital Object Identifier (DOI): 10.5902/19813694  http://periodicos.ufsm.br/revistadireito

Revista Qualis A1 área de Direito /  Classificações de Periódicos Quadriênio 2013-2016 (CAPES)