PROINFANTIL: a necessidade do programa e seu desenvolvimento

Valéria Aparecida Benites de Oliveira Cabral, Anamaria Santana da Silva

Resumo


O presente trabalho faz parte de pesquisa de mestrado (CPAN/UFMS) realizado   no município de Corumbá-MS e consiste em descrever sobre as propostas de formação dos profissionais da Educação Infantil no Brasil e no estado de Mato Grosso do Sul com destaque ao programa PROINFANTIL - Programa de Formação Inicial para Professores em Exercício na Educação Infantil cujos resultados obtidos indicaram que o Programa foi relevante por discutir temáticas imprescindíveis à reflexão e ao conhecimento de quem atua na área; além de motivar a equipe participante em investir na formação profissional. Para a realização deste estudo optou-se por um diálogo com o referencial teórico de autores como Barbosa (1991, 2003, 2011), Silva (1997), Kramer (2006) dentre outros; além da análise das propostas do material oferecido no programa. Como metodologia a pesquisa consistiu em levantamento bibliográfico e análise documental.


Palavras-chave


Palavras-chave: PROINFANTIL. Formação Profissional. Educação Infantil.

Texto completo:

PDF HTML

Referências


ANDRADE, Luciane Sá. Formação de Professores em nível médio na modalidade a distância: a experiência do Proformação. Campinas, SP: Autores Associados, 2011.

ARRUDA, Arlei Guedes de Souza. A Educação Infantil: dos direitos legais à prática cotidiana em um CEI da rede pública municipal de Corumbá-MS. Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Corumbá/MS, 2011.

BARBOSA, Ivone Garcia. Psicologia sócio-histórico-dialética e pedagogia sócio-histórico-dialética: contribuições para o repensar das teorias pedagógicas e suas concepções de consciência, 1991. Dissertação (mestrado) – Faculdade de Educação, Universidade Federal e Goiás, Goiânia, 1991.

BARBOSA, Ivone Garcia. Pré-escola e formação de conceitos: uma versão sócio-histórico-dialética. São Paulo: FEUSP, 1997. (Tese de Doutorado).

BARBOSA, Ivone Garcia. O PROINFANTIL e a formação do professor. Revista Retratos da Escola. Brasília, v. 5, n° 9, p. 385-399, jul./dez.2011.

BARRETO, Ângela. Educação Infantil no Brasil: desafios colocados. Cadernos CEDES, nº 37, Campinas, 1994.

BARRETO, Ângela. Introdução: por que e para que uma política de formação do profissional de educação infantil? In: Brasil. Por uma política de formação do profissional de educação infantil. Brasília: MEC, 1994, p. 11-15.

BRASIL, MEC, COEDI. Critérios para um atendimento em creches que respeite os direitos fundamentais das crianças. Brasília, 1995.

BRASIL. Assembleia Legislativa. Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB). Lei nº 9394/96. Brasília: Centro Gráfico, 1996.

BRASIL. Lei nº 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Cadernos de Educação. Brasília: CNTE, ano 2, n° 3, p. 39-71, mar.1997b.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil. Brasília: MEC/SEF, 1998b.

BRASIL. LEI N° 010172, DE 9 DE JANEIRO DE 2001. Aprova o Plano Nacional de Educação e dá outras providências.

BRASIL. PROINFANTIL: Programa de Formação Inicial para Professores em Exercício na Educação Infantil: diretrizes gerais / Ministério da Educação. Brasília, DF: SEB, 2005a.

BRASIL. PROINFANTIL: Programa de Formação Inicial para Professores em Exercício na Educação Infantil: livro de estudo – Módulo III, Unidade I. Ministério da Educação. Brasília, DF: SEB, 2005b.

BRASIL, Ministério da Educação. Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação. Instituído pelo decreto nº 6.094, de 24 de abril de 2007. Brasília: 2007.

BRASIL, Ministério da Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Básica. Resolução CNE/CEB nº 4, de 13 de julho de 2010. Brasília: 2010.

CAMARGO, Rosimeire Dias de. PROINFANTIL: Ressignificando as Práticas Pedagógicas na Educação Infantil, Dissertação de mestrado. Universidade do Estado de Mato Grosso do Sul, 2012.

CORSINO, Patrícia; GUIMARÃES, Daniela de Oliveira Guimaraes; SOUZA, Marina Pereira de Castro e. Salto para o Futuro Edição Especial: Proinfantil em debate. Ano XX, Boletim 20. Rio de Janeiro: 2010.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

KRAMER, Sonia. A política do Pré-Escolar no Brasil: a arte do disfarce. Rio de Janeiro: Cortez, 2006.

MOTTA, Flávia Miller Naethe. O PROINFANTIL e seus impactos na Baixada Fluminense: currículo, identidade e diferenças. Dissertação de mestrado. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, 2015.

NOGUEIRA, Maiara de Oliveira. Formação de professoras para a Educação Infantil e o PROINFANTIL. 2014, p. 77. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande/MS.

OLIVEIRA, Zilma de Moraes Ramos de. Educação infantil: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2010.

RUIZ, Jucilene de Souza. Políticas Sociais Integradas e a Educação infantil na creche: limites e possibilidades da gestão local. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Campo Grande, 2009.

RUSSEF, Ivan; BITTAR, Mariluce, (Org.). Educação Infantil: política, formação e prática docente. Campo Grande: UCDB, 2003.

SILVA, Anamaria Santana da. Políticas de Atendimento à Criança Pequena em MS (1983/1990). Dissertação (Mestrado). Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas/SP, 1997.

SILVA, Anamaria Santana da. A professora de Educação Infantil e sua formação universitária. Tese (Doutorado em Educação). Curso de Pós-Graduação, Universidade Estadual de Campinas, SP, 2003.

SILVA, Anamaria Santana da; SOUZA, Ligia Beatriz Derval de; HOLANDA, Rosa dos Santos. As origens do atendimento à infância no estado de Mato Grosso: a Creche e Lar Santa Rosa. Monografia. Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campus do Pantanal, 2008.

SOUZA, Marina Pereira de Castro. O Proinfantil no município do Rio de Janeiro: de agentes auxiliares de creche a professores? Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 2011.

ZANNINI, Irís Célia Cabanelas. Movimento Interfóruns da Educação Infantil do Brasil – MIEIB: Construindo o presente. Campo Grande, MS. Ed: UFMS, 2002.




DOI: https://doi.org/10.5902/1984644436683

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc - Prédio 16
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação (UFSM) agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

    

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar