Composição, diálogo e conscientização na EJA: um estudo no campo da educação musical

Rafael Dias de Oliveira, Viviane Beineke

Resumo


Pesquisa sobre a composição musical em aulas de música na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA), com o objetivo de investigar os processos de diálogo e conscientização que emergem na ação pedagógica de compor na escola. O referencial teórico foi construído na articulação entre autores que abordam a composição como ação pedagógica em educação musical e a concepção freireana de educação problematizadora. Foi realizada uma pesquisa participante com estudantes de uma turma do segundo segmento da EJA. O desenho metodológico incluiu a imersão do pesquisador no contexto escolar para atuar como professor e desenvolver um planejamento didático com vivências em composição musical com os participantes. Essas vivências foram registradas em vídeo e realizadas entrevistas de reflexão em grupos focais com auxílio desses vídeos. Os resultados apontaram evidências de que a composição musical pode propiciar aos estudantes a participação no processo de aprendizagem como sujeitos ativos, no qual podem aprender vivendo sua realidade musical, dialogando sobre ela e abrindo espaço para uma possível ampliação de sua visão sobre a música e a sua relação com ela e o mundo. 


Palavras-chave


Educação Musical; Composição; Diálogo e conscientização; EJA.

Texto completo:

PDF HTML

Referências


ABRAHAMS, Frank. Aplicação da Pedagogia Crítica ao ensino e aprendizagem de música. Revista da ABEM, Porto Alegre, v. 12, p. 65-72. 2005.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. O que é Método Paulo Freire. São Paulo: Brasiliense, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. Proposta Curricular para a educação de jovens e adultos: segundo segmento do ensino fundamental: 5a a 8a série. Vol. 3. MEC, Brasília, 2002.

FERNANDES, Carla Maria Garcia. O que é arte? Conceitos possíveis na educação de jovens e adultos do CMET Paulo Freire. Dissertação de mestrado. UFRGS, 2005.

FERNANDES, Carla Maria Garcia. Prática da envolvência: possíveis contribuições para a elaboração de uma pedagogia em arte na EJA. Tese de doutorado. UFRGS, 2012.

FREIRE, Paulo. Ação cultural para a liberdade. 6ª. Ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 17ª. Ed. Rio de Janeiro: Paz

e Terra, 1987.

FREIRE, Paulo. Conscientização: teoria e prática da libertação. São Paulo: Centauro, 2001a.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. 25ª. Ed. São Paulo: Paz e Terra, 2001b.

FREIRE, Paulo; HORTON, Myles. O caminho se faz caminhando: conversas sobre educação e mudança social. Tradução Vera Lúcia Melo Josceline. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003.

GADOTTI, Moacir. Convite à leitura de Paulo Freire. São Paulo: Scipione, 2010.

LE BOTERF, Guy. Pesquisa participante: propostas e reflexões metodológicas. In: BRANDÃO, C. R. (org.). Repensando a pesquisa participante. São Paulo, Brasiliense, 1999.

LOGUERCIO, Nina Magalhaes. Experiência estética e fotografia no cotidiano de alunos da EJA: possíveis relações com o ensino da arte. Dissertação de mestrado. PUC-RS, 2011.

MACHADO, Rosi France Candeira. O currículo de arte na educação de jovens e adultos: reflexão acerca de uma proposta curricular para o segundo segmento do ensino fundamental na rede municipal de educação de São Luis. Dissertação de mestrado. UFMA, 2012.

MARQUES, Emiliana Maria Diniz. Teatro do oprimido e educação popular do campo: articulação entre o pensamento e a obra de Paulo freire e augusto boal com uma experiência em MG. Dissertação de mestrado. UEMG, 2012.

OLIVEIRA, Rafael Dias de. Composição, diálogo e conscientização: uma pesquisa participante em educação musical na EJA. Dissertação (Mestrado em Música) – Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2016.

PENTEADO, Cléa. A arte e a educação na escola: os caminhos da apreciação estética de jovens e adultos. Dissertação de mestrado. UFRGS, 2001.

PINTO, Maria Lídia de Moraes. Eu conto, tu contas... Histórias para quem tem história contribuições para a aprendizagem na EJA. Dissertação de mestrado. MACKENZIE, 2012.

SANTOS, Márcio Silveira dos. Tragédia na sala de aula: um estudo de práticas de teatro na educação de jovens e adultos. Dissertação de mestrado. UFRGS, 2010.

SAUL, Tiago Scalvenzi. O ensino de música na EJA: Saberes docentes dos professores dos CEEBJAS de Curitiba. Dissertação de mestrado. UFPR, 2013

SWANWICK, Keith. Ensinando música musicalmente. Tradução de Alda Oliveira e CristinaTourinho. São Paulo: Moderna, 2003.

SWANWICK, Keith. Música, Mente e Educação. Tradução de Marcell Silvia Steuernagel. Belo Horizonte: Autêntica, 2014.

VIANA, Waldemir Rodrigues. Teatro do oprimido - implicações metodológicas para a educação de adultos. Dissertação de mestrado. UFMG, 2011.




DOI: https://doi.org/10.5902/1984644434839

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc - Prédio 16
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação (UFSM) agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

    

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar