Aspectos a serem considerados em investigações a respeito do movimento de constituição da Identidade Profissional de professores que ensinam matemática

Enio Freire de Paula, Márcia Cristina de Costa Trindade Cyrino

Resumo


O objetivo do presente artigo é discutir aspectos a serem considerados em investigações a respeito do movimento de constituição da Identidade Profissional (IP) de professores que ensinam matemática (PEM). Para tanto, analisaram-se e problematizaram-se aspectos associados: (i) aos processos de constituição da IP de PEM; (ii) aos contextos investigativos; e (iii) às perspectivas epistemológicas de IP de PEM, identificados em investigações a respeito da IP de PEM no decorrer da construção e da análise de dois corpora, tendo como recorte temporal, o período de 2006-2016. Os resultados evidenciam que a complexidade, a dinamicidade, a temporalidade e a experiencialidade são aspectos importantes a serem levados em conta pelas pesquisas que se propõem a investigar os processos de constituição da IP de PEM. Quanto ao contexto investigativo, ações envolvendo PEM já atuantes na Educação Básica, futuros professores e docentes universitários em ambientes grupais fomentam a integração entre os participantes e a valorização de suas práticas profissionais. Em relação às perspectivas epistemológicas, é imprescindível reconhecer que as escolhas do pesquisador influenciam todo o processo de análise. Nesse sentido, problematizar a IP nas investigações em uma perspectiva formativa pode fomentar a valorização das práticas profissionais de (futuros) PEM e evidenciar momentos de tensão/fragilidade potencializadores desses processos de formação necessários para o movimento de constituição da IP.


Palavras-chave


Identidade profissional de Professores que ensinam matemática; Formação de professores; Educação Matemática.

Texto completo:

PDF HTML

Referências


ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso de André. Pesquisas sobre formação de professores: tensões e perspectivas. In: FONTOURA, H.A.; SILVA, M. (Org.). Formação de professores, culturas: desafios à pós-graduação em Educação em suas múltiplas dimensões. Rio de Janeiro: ANPEd Nacional, p. 24-36, 2011.

BARBOSA, Jonei Cerqueira. Formatos insubordinados de dissertações e teses na Educação Matemática. In: D’AMBRÓSIO, B. S.; LOPES, C. E. (Org.). Vertentes da subversão na produção científica em Educação Matemática. 1. ed., v. 1. Campinas: Mercado de Letras, p. 347-367, 2015.

BEIJAARD, Douwe; MEIJER, Paulien. C.; VERLOOP, Nico. Reconsidering research on teachers’ professional identity. Teaching and Teacher Education, Philadelphia: Elsevier, v. 20, p. 107-128, 2004. doi:10.1016/j.tate.2003.07.001

BOOTE, David. N.; BEILE, Penny. Scholars before researchers: on the centrality of the dissertation literature review in research preparation. Educational Researcher, Flórida, v. 34, n. 6, p. 3-15, Aug./Sep. 2005.

CYRINO, Márcia Cristina de Costa Trindade. Preparação e emancipação profissional na formação inicial do professor de matemática. In: NACARATO, Adair Mendes; PAIVA, Maria Auxiliadora Vilela. (Org.). A formação do professor que ensina matemática: perspectivas e pesquisas. Belo Horizonte: Autêntica, p. 77-86, 2006.

CYRINO, Márcia Cristina de Costa Trindade. Mathematics teachers’ professional identity development in communities of practice: reifications of proportional reasoning teaching. Bolema, Rio Claro, v. 30, n. 54, p. 165-187, abr. 2016a. doi: 10.1590/1980-4415v30n54a08

CYRINO, Márcia Cristina de Costa Trindade. Potencialidades da exploração de um caso multimídia como elemento da prática na formação inicial de professores de Matemática. Educação Matemática em Revista, São Paulo, v. 39b, p. 80-89, 2016b.

CYRINO, Márcia Cristina de Costa Trindade. Teacher professional identity construction in pre-service mathematics teacher education: analysing a multimedia case. Proceedings of the 13th International Congress on Mathematical Education. Hamburg:

ICME 13, 2016c.

CYRINO, Márcia Cristina de Costa Trindade. Recurso multimídia para a formação de professores que ensinam matemática: elaboração e perspectivas. 1. ed. Londrina: EDUEL: Editora da Universidade Estadual de Londrina, 2016d.

CYRINO, Márcia Cristina de Costa Trindade. Identidade profissional de (futuros) professores que ensinam Matemática. Perspectivas da Educação Matemática, Mato Grosso do Sul, v. 10, p. 699-712, 2017.

CYRINO, Márcia Cristina de Costa Trindade. Prospective mathematics teachers professional identity. In: STRUTCHENS, Marilyn E.; HUANG, Rongjin; POTARI, Despina., LOSANO, Leticia (Org.). ICME-13 Monographs. 1.ed. Switzerland: Springer International Publishing, v. 1, p. 269-285, 2018.

D’AMBRÓSIO, Beatriz; LOPES, Celi Espasandin. Insubordinação criativa: um convite à reinvenção do educador matemático. Bolema, Rio Claro, v. 29, n. 51, p. 1-17, abr. 2015.

DANTAS, Sérgio Carrazedo. Design, implementação e estudo de uma rede sócio profissional de professores de matemática. 2016. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Universidade Estadual Paulista. Instituto de Geociências e Ciências Exatas, 2016.

DARRAGH, Lisa. Identity research in mathematics education. Educational Studies in Mathematics, v. 93, n. 1, p. 19-33, 2016.

DE PAULA, Enio Freire; CYRINO, Márcia Cristina de Costa Trindade. Identidade Profissional de professores que ensinam matemática: panorama de pesquisas brasileiras entre 2001-2012. Zetetiké, Campinas, SP, v. 25, n.1, p.27-45, jan./abr. 2017. doi: 10.20396/zet.v25i1.8647553

DE PAULA, Enio Freire; CYRINO, Márcia Cristina de Costa Trindade. Perspectivas de identidade profissional de professores que ensinam matemática presentes em dissertações e teses brasileiras. In:

CYRINO M.C.C.T. (Ed.):Temáticas emergentes de pesquisas sobre a formação de professores que ensinam matemática: desafios e perspectivas. Brasília: Sociedade Brasileira de Educação Matemática - SBEM, GT7, p. 126-154, 2018a.

DE PAULA, Enio Freire; CYRINO, Márcia Cristina de Costa Trindade. Perspectivas de Identidade Profissional de Professores que ensinam Matemática presentes em artigos científicos publicados entre 2006-2016. Acta Scientiae, Canoas, RS, v. 20, n.5, p. 778-799, set/out, 2018b. doi:10.17648/acta.scientiae.v20iss5id4151

DE PAULA, Enio Freire; CYRINO, Márcia Cristina de Costa Trindade. Polos teórico e epistemológico presentes em pesquisas brasileiras sobre Identidade Profissional de Professores que Ensinam Matemática. Imagens da Educação, v. 8, n. 2, p. e42751, set. 2018c. doi:10.4025/imagenseduc.v8i2.42751.

DUKE, Nell. K.; BECK, Sarah. W. Education should consider alternative forms for the dissertation. Educational Researcher, v. 28, n. 3, p. 31-36, 1999.

ESTEVAM, Everton José Goldoni. Práticas de uma comunidade de professores que ensinam matemática e o desenvolvimento profissional em educação estatística. 2015. 192 f. Tese (Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Educação Matemática) - Universidade Estadual de Londrina, 2015.

ETELÄPELTO, Anneli.; VÄHÄSANTANEN, Katja.; HÖKKÄ, Päivi.; PALONIEMI, S Susanna. What is agency? Conceptualizing professional agency at work. Educational Research Review, n. 10, p. 45-65, 2013.

GINZBURG, Carlo. Mitos, emblemas, sinais. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. 12..ed. Tradução de Tomaz Tadeu da Silva e Guacira Lopes Louro. Rio de Janeiro: Lamparina, 2015.

JANUÁRIO, Gilberto. Marco conceitual para estudar a relação entre materiais curriculares e professores de matemática. 2017, 194 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.

JESUS, Cristina Cirino de. Perspectiva do Ensino Exploratório: promovendo aprendizagens de professores de matemática em um contexto de comunidade de prática. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) - Universidade Estadual de Londrina, 2017.

KELCHTERMANS, Geert. Who I am in how I teach is the message: self‐understanding, vulnerability and reflection. Teachers and Teaching: Theory and Practice, v.15, n.2, p. 257-272, 2009.

LARROSA, Jorge. Notas sobre a experiência e o saber de experiência. Revista Brasileira de Educação, n. 19, p. 20-28, jan./abr. 2002.

LASKY, Sue. A sociocultural approach to understanding teacher

identity, agency and

professional vulnerability in a context of secondary school reform. Teaching and Teacher Education, Philadelphia: Elsevier, v. 21, n. 8, p. 899-916, 2005.

LAUTENSCHLAGER, Etienne. Conhecimento matemático para o ensino de polinômios na educação básica. Tese (Doutorado em Neurociência e Cognição) - Universidade Federal do ABC, 2017.

LESSARD–HEBERT, Michelle M.; GOYETTE, Gabriel; BOUTIN, Gérald. Investigação qualitativa: fundamentos e práticas. Lisboa: Instituto Piaget, 1994.

LOSANO, Leticia.; CYRINO, Márcia Cristina de Costa Trindade. Current Research on Prospective Secondary Mathematics Teachers’ Professional Identity. In: STRUTCHENS, M. E.; HUANG, R.;

LOSANO, L.; POTARI, D.; CYRINO, M. C. C. T.; PONTE, J. P.; ZBIEK, R. M. (Eds). The mathematics education of prospective secondary teachers around the world. New York: Springer, p. 25-32, 2017.

OLIVEIRA, Hélia Margarida. Percursos de Identidade do Professor de Matemática em início de carreira: o contributo da formação inicial. Quadrante, Portugal, v.13, n.1, p.114-145, jan./jun. 2004.

OLIVEIRA, Andreia Maria Pereira de. Modelagem matemática e as tensões nos discursos dos professores. 2010. Tese (Doutorado em Ensino, Filosofia e História das Ciências) - Universidade Federal da Bahia, Universidade Estadual de Feira de Santana, 2010.

OLIVEIRA, Júlio Cezar Rodrigues de. O desenvolvimento profissional de professores de matemática na exploração do caso multimídia "Plano de Telefonia". 2017. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) - Universidade Estadual de Londrina, 2017.

OLIVEIRA, Hélia Margarida.; CYRINO, Márcia Cristina de Costa Trindade. A formação inicial de professores de Matemática em Portugal e no Brasil: narrativas de vulnerabilidade e agência. Interaccoes, Santarém, v. 7, p. 104-130, 2011.

PAMPLONA, Admur Severino; DE CARVALHO, Dione Lucchesi. Comunidades de prática e conflitos de identidade na formação do professor de matemática que ensina estatística. In: FIORENTINI, D.; GRANDO, R. C.; MISKULIN, R. G. S. (Eds.)., Práticas de formação e de pesquisa de professores que ensinam Matemática. Campinas: Mercado de Letras, p. 211-232, 2009.

RODRIGUES, Renata Viviane Raffa. O contexto de formação a partir da exploração de um caso multimídia: aprendizagens profissionais de futuros professores de matemática. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) - Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2017.

SANTANA, Katia Cristina Lima. Relação professor-materiais curriculares em Educação Matemática: uma análise a partir de elementos dos recursos do currículo e dos recursos dos professores. 2017. 163 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017.

SCHÖPFEL, Joachim. Towards a prague definition of Grey Literature. Twelfth International Conference on Grey Literature: Transparency in Grey Literature. Grey Tech Approaches to High Tech Issues. Prague, 6-7 December 2010, Dec. 2010, Czech Republic. p.11-26, 2010. Avaible sic_00581570)

SOUZA, Antônio Carlos Carrera de; TEIXEIRA, Marcos Vieira; BALDINO, Roberto Ribeiro, CABRAL, Tânia Cristina Baptista. Novas diretrizes para a licenciatura em matemática. Temas e Debates, v. 8, n. 7, p. 41-65, 1995.

THOMAS, Rebecca Arlene; WEST, Richard. E.; RICH, Peter. Benefits, challenges, and perceptions of the multiple article dissertation format in instructional technology. Australasian Journal of Educational Technology, v.32, n. 2, 2016.

VIÑAO, Antônio. A história das disciplinas escolares. Tradução de Maria Fernandes Braga. Revista Brasileira História da Educação, Maringá, n. 18, p. 173-215, 2008.

WENGER, Etienne. Communities of practice: learning, meaning and identity. Cambridge: Cambridge University Press, 1998.

Referências do Corpus 1

BATISTA NETO, José Joaquim. O professor de Matemática enquanto sujeito e sua relação com a cultura. 2007. 179 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática) - Universidade Cruzeiro do Sul, São Paulo, 2007.

BARBATO, Christiane Novo. A constituição profissional de formadores de professores de matemática. 2016. 322 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade São Francisco, Itatiba, 2016.

BELINE, Willian. Formação de professores de matemática em comunidades de prática: um estudo sobre identidades. 2012. 321 f. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) - Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2012.

BERANGER, Maurício. Profissionalidade e identidade profissional do professor de matemática: o fenômeno do mal-estar docente e suas implicações. 2007.110p. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Matemática) -. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.

BETERELI, Kelly Cristina. As potencialidades da parceria universidade-escola para professores dos anos iniciais do Ensino Fundamental: reflexões sobre as práticas de aprender e ensinar. 2013.168 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade São Francisco, Itatiba, 2013.

BIERHALZ, Crisna Daniela Krause. Curso de Licenciatura em Matemática a distância: o entrelaçar dos fios na (re)construção do ser professor. 2012. 182 f. Tese (Doutorado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

CHAUVET, Márcia Barra Milhomens. Identidade docente e suas implicações no trabalho pedagógico com adolescentes em situação de risco: uma leitura psicanalítica. 2008. 156 p. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade de Brasília, Brasília, 2008.

GARCIA, Tânia Marli Rocha. Identidade profissional de professores de Matemática em uma comunidade de prática. 2014. 164 f. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) - Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2014.

GUIDINI, Siane Aparecida. O futuro professor de matemática e o processo de identificação com a profissão docente: estudo sobre as contribuições da prática como componente curricular. 2010. 126 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Matemática) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo. 2010.

JUNQUEIRA, Sonia Maria da Silva. Constituição da identidade de cursos de licenciatura em matemática à luz da modernidade líquida. 2010. 146 p. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.

KUHN, Martin. O professor: identidade e protagonismo – os muitos modos de dizer o ser e o fazer do professor e de se dizer. 2016. 261 f. Tese (Doutorado em Educação nas Ciências) - Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, Ijuí, 2016.

LEVY, Lênio Fernandes. A formação inicial de professores de Matemática em atividades investigativas durante o estágio. 2013. 232 f. Tese (Doutorado em Educação em Ciências e Matemáticas) - Universidade Federal do Pará, Belém, 2013.

MARTINS, Rosana Maria. Aprendiz de professora: as narrativas sobre o processo de constituição da identidade docente dos licenciandos de Matemática. 2012. 162 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Mato Grosso, Rondonópolis, 2012.

MATHEUS. Amanda Aparecida de Oliveira Fernandes. O professor de matemática e a constituição de sua identidade profissional frente às políticas públicas. 2008. 134p. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade São Francisco, Itatiba, 2008.

MORAES, Glaucia Cabral. Identidade de professores que ensinam matemática: produzindo verdades sobre práticas pedagógicas. 2010. 131f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de Santa Cruz do Sul, Santa Cruz do Sul, 2010.

OLIVEIRA, Thaís de. Aprendizagem e constituição profissional de uma professora de matemática: um estudo de si. 2015. 184 f. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Matemática) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2015.

PAZ, Mônica Lana da. A construção da identidade profissional do professor de matemática: o caso os egressos do Programa Especial de Formação Pedagógica de Docentes do CEFET- MG. 2008. 131p. Dissertação (Mestrado em Educação Tecnológica) - Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2008.

SANTANA, Verondina Ferreira. Constituição de identidade docente em memoriais de licenciandos do curso de Ciências Naturais e Matemática a distância da UAB – MT. 2012. 109f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Mato Grosso, Rondonópolis, 2012.

SEVERINO, Augusta Teresa Barbosa. O programa EMAI: uma análise sobre seus pressupostos políticos, filosóficos e pedagógicos, seus aspectos estruturais e metodológicos e o discurso presente no texto que o sustenta. 2016. 131f. Dissertação (Mestrado em Educação para Ciência) - Faculdade de Ciência, Universidade Estadual de São Paulo, Bauru, 2016.

SOUSA, Josimar de. A construção da Identidade Profissional do professor de matemática no projeto de licenciaturas parceladas da UNEMAT/MT. 2009. 284p. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.

SOUZA, Janderson Vieira de. A identidade profissional do professor de Matemática frente aos ciclos de formação e desenvolvimento humano do município de Goiânia à luz da etnomatemática. 2009. 137. Dissertação. (Mestrado em Educação em Ciências e Matemática) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2009.

TEIXEIRA, Bruno Rodrigo. O estágio supervisionado e o desenvolvimento profissional de futuros professores de matemática: uma análise a respeito da identidade profissional docente. 2013. 184 f. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) - Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2013.

VIEIRA, Andrea Cristina. Um estudo sobre as contribuições do PIBID-FURB para a formação inicial de professores de matemática. 2014. 99 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Naturais e Matemática) - Universidade Regional de Blumenau, 2014.

ZANINI, Renato. A identidade profissional do professor de Matemática frente ao trabalho docente no ensino fundamental em ciclos. 2006. 156p. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.

Referências do Corpus 2

BENNISON, Anne. Developing an analytic lens for investigating identity as an embedder-of-numeracy. Mathematics Education Research Journal, v. 27, n. 1, p. 1-19, 2015.

BJULAND, Raymond; CESTARI, Maria Luiza; BORGERSEN, Hans Erik. Professional mathematics teacher identity: Analysis of reflective narratives from discourses and activities. Journal of Mathematics Teacher Education, New York, v. 15, n.5, p. 405-424, 2012.

BOYLAN, Mark. It’s getting me thinking and I’m an old cynic: Exploring the relational dynamics of mathematics teacher change. Journal of Mathematics Teacher Education, New York, v.13, p. 383-395, 2010.

BROWN, Tony; HEYWOOD, David; SOLOMON, Yvette.; ZAGORIANAKOS, Andonis. Experiencing the space we share: Rethinking subjectivity and objectivity. ZDM Mathematics Education, New York, n. 45, 561-572, 2013.

CYRINO, Márcia Cristina de Costa Trindade. Mathematics teachers’ professional identity development in communities of practice: Reifications of proportional reasoning teaching. Bolema, Rio Claro-SP, v. 30, n. 54, p. 165-187, April 2016a.

GELLERT, Uwe.; ESPINOZA, Lorena.; BARBÉ, Joaquim. Being a mathematics teacher in times of reform. ZDM Mathematics Education, New York, n. 45, p. 535-545, 2013.

GONÇALVES COSTA, Wanderleya Nara; PAMPLONA, Admur Severino. Entrecruzando fronteiras: a educação estatística na formação de professores de matemática. Bolema, Rio Claro, SP, v. 24, n.40, p. 897-911, 2011.

GONÇALVES, Marcos Antônio; DE CARVALHO, Dione Lucchesi. Perscrutando diários de aulas e produzindo narrativas sobre a disciplina estágio supervisionado de um curso de licenciatura em matemática. Bolema, Rio Claro, SP, v. 28, n.49, p. 777-798, 2014.

GOOS, Merrilyn E.; BENNISON, Anne. Developing a communal identity as beginning teachers of mathematics: Emergence of an online community of practice. Journal of Mathematics Teacher Education, New York, n. 11, p. 41-60, 2008.

HOBBS, Linda. Examining the aesthetic dimensions of teaching: Relationships between teacher knowledge, identity and passion. Teaching and Teacher Education, Philadelphia: Elsevier, v. 28, n.5, p. 718-727, 2012.

HODGEN, Jeremy.; ASKEW, Mike. Emotion, identity and teacher learning: Becoming a primary mathematics teacher. Oxford Review of Education, Oxford, v. 33, n.4, p. 469-48, 2007.

HOSSAIN, Sarmin; MENDRICK, Heather; ADLER, Jill. Troubling “understanding mathematics in-depth”: Its role in the identity work of student-teachers in England. Educational Studies in Mathematics, New York, n. 84, p. 32-48, 2013.

KAASILA, Raimo.; HANNULA, Markku S.; LAINE, Anu. My personal relationship towards mathematics has necessarily not changed but… analyzing preservice teachers’ mathematical identity talk. International Journal of Science and Mathematics Education, Taiwan. 10, n.4, p. 975-995, 2012.

LLOYD, Gwendolyn M. Preservice teachers’ stories of mathematics classrooms: Explorations of practice through fictional accounts. Educational Studies in Mathematics, New York, v. 63, n.1, p. 57-87, 2006.

LUTOVAC, Sonja.; KAASILA, Raimo. Pre-service teachers’ future-oriented mathematical identity work. Educational Studies in Mathematics, New York, v. 85, n.1, p. 129-142, 2014.

NOLAN, Kathleen. Dispositions in the field: Viewing mathematics teacher education through the lens of Bourdieu’s social field theory. Educational Studies in Mathematics, New York, n. 80, p. 201-215, 2012.

OWENS, Kay. Identity as a mathematical thinker. Mathematics Teacher Education and Development, n. 9, p. 36-50, 2008.

PAZ, Mônica Lana da; FRADE, Cristina. A história de Nair: a força da identidade institucional para a permanência na docência em matemática. Bolema, Rio Claro-SP, v. 30, n.56, p. 1260-1279, dezembro de 2016.

SANHUEZA, Susan.; PENALVA, María Carmen; FRIZ, Miguel. Identidades y competencias profesionales de estudiantes para maestro de educación infantil relativas a la enseñanza de la geometría. Relime, v. 16, n.1, p. 99-122, marzo 2013.

SKOG, Kicki.; ANDERSSON, Annica. Exploring positioning as an analytical tool for understanding becoming mathematics teachers’ identities. Mathematics Education Research Journal, v. 27, n.1, p. 65-82, 2015.

TEIXEIRA, Bruno Rodrigo; CYRINO, Márcia Cristina de Costa Trindade. Desenvolvimento da identidade profissional de futuros professores de matemática no âmbito da orientação de estágio. Bolema, Rio Claro-SP, v. 29, n. 52, p. 658-680, 2015.

TICKNOR, Cindy S. Situated learning in an abstract algebra classroom. Educational Studies in Mathematics, New York, n. 81, p. 307-323, 2012.

VAN PUTTEN, Sonja.; STOLS, Gerrit; HOWIE, Sarah. Do prospective mathematics teachers teach who they say they are? Journal of Mathematics Teacher Education, New York, n. 17, p. 369-392, 2014.




DOI: https://doi.org/10.5902/1984644434406

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc - Prédio 16
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação (UFSM) agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

    

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar