Internacionalização da Educação Superior: lugar, sujeito e pesquisa como categorias substantivas de análise

Marlize Rubin Oliveira, Hamilton de Godoy Wielewicki, Giovanna Pezarico

Resumo


A internacionalização é uma questão de interesse crescente no contexto da Educação Superior (ES), principalmente pelos impactos da globalização dentro das instituições ao longo das últimas décadas. Este artigo busca aprofundar a análise de conceitos, políticas e ações orientadoras da internacionalização da ES, a partir de três instituições norte-americanas - Massachusetts Institute of Technology, Harvard University e Columbia University. O caminho metodológico foi percorrido a partir da abordagem qualitativa com entrevistas semiestruturadas, observações e análise documental, a partir de duas questões de investigação:1) Que concepções de internacionalização de ES estão presentes nas instituições? e 2) Que políticas e ações de internacionalização estão presentes nas instituições? Três categorias substantivas foram identificadas: Sujeito, Lugar e Pesquisa. Essas, por sua vez, expressam conceitos que sustentam políticas e ações de internacionalização. Os Sujeitos, em vez de indivíduos desprovidos de sua identidade, foram identificados como o ponto de partida e a força motriz dos processos de internacionalização. Os Lugares são espaços inerentemente repletos de contradições e possibilidades, reunindo Sujeitos que podem contar com apoio e meios para construir pontes para atuar dentro de zonas de fronteira, em esforços interdisciplinares de Pesquisa para abordar questões complexas que afetam a humanidade.



Palavras-chave


Internacionalização; Educação Superior; Universidade de Classe Mundial

Texto completo:

PDF HTML

Referências


AMERICAN COUNCIL ON EDUCATION (ACE). Mapping Internationalization on U.S. Campuses: 2017 Edition. Sponsor Nativas, Washington, DC, 2017.

ALTBACH, Philip G. Globalization and the university: Myths and realities in an unequal world, Tertiary Education & Management, 10:1, 3-25, 2004.

ALTBACH, Philip G.; SALMI, Jamil. The Road to Academic Excellence: The Making of World-Class Research Universities. The International Bank for Reconstruction and Development .The World Bank, 2011.

ALTBACH, Philip G.; WIT, Hans de; RUMBLEY Laura E.. Global

Perspectives on Higher Education. Volume 34 Center for International Higher Education, Boston College, USA. Series Editors, 2016.

BOGDAN, R.C. and BIKLEN, S.K. Qualitative Research for Education: An Introduction to Theory and Methods. 5th Edition, Allyn & Bacon, Boston, 2007.

CHARLES, Chistophe; VERGER, Jacques. História das Universidades. São Paulo: Editora da Universidade Paulista, 1996.

CONFERÉNCIA REGIONAL DE EDUCACIÓN SUPERIOR (CRES). Historia. Disponível em: http://www.cres2018.org. Acesso em: 3 jan. 2018.

COLUMBIA. Columbia World Projects - Office of the President April 11, 2017. Disponível em: https://president.columbia.edu/news/columbia-world-projects. Acesso em: 10 jan.2018.

COLUMBIA. Global Centers. Disponível em: https://globalcenters.columbia.edu. Acesso em: 3 fev. 2018.

COLUMBIA. Statistics & Facts. Disponível em: https://www.columbia.edu/content/statistics-facts. Acesso em: 10 fev. 2018.

EUROPEAN UNIVERSITY ASSOCIATION (EUA). Internationalization in European higher education: European policies, institutional strategies and EUA support, 2013.

EUROPEAN UNIVERSITY ASSOCIATION (EUA). Internalization Strategies. Disponível em: http://www.eua.be/policy-representation/internationalisation-of-he-and-research/internationalisation-strategies. Acesso em: 3 marc. 2018.

ESCOBAR, Arturo (2005). O lugar da natureza e a natureza do lugar: globalização ou pós-desenvolvimento? In: LANDER, Edgardo (org.). A colonialidade do saber: eurocentrismo e ciências sociais. Perspectivas latino- americanas. Colección Sur Sur, CLACSO, Ciudad Autónoma de Buenos Aires, Argentina. setembro 2005. Disponível em: http://www.clacso.org.ar/biblioteca. Acesso em 4 jun.2009.

FAUST, Drew. We Are All Harvard. Janeiro, 29 de 2017. Disponível em: https://www.harvard.edu/president/news/2017/we-are-all-harvard. Acesso em 10 jan. 2018.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 50ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2015.

HARVARD - Worldwide. Disponível em: https://worldwide.harvard.edu/worldwide-data. Acesso em 10 jan. 2018.

HARVARD - International Affairs: Policies on International Projects and Sites. Disponível em: https://provost.harvard.edu/links/policy-and-guideline-category/international-affairs. Acesso em 5 jan. 2018.

HARVARD - Fact and Book 2016-2017. Disponível em: https://oir.harvard.edu/fact-book/faculty-and-staff-headcounts. Acesso em 5 jan 2018.

HAZELKORN, E. Rankings and the reshaping of higher education: The battle for world class excellence. Basingstoke: Palgrave Macmillan, 2011.

HORIZON. Policies, Information and Services. Disponível em: https://ec.europa.eu/programmes/horizon2020/en. Acesso em: 3 marc. 2018.

JONES, Elspeth; COELEN, Robert; BEELEN, Jos; WIT, Hans de. (Ed). Global and Local Internationalization: Global Perspective in Higher Education. Volume 34. Published by: Sense Publishers, 2016.

JOHNSON-BAILEY, Juanita. Enjoining Positionality and Power in

Narrative Work: Balancing Contentious and Modulating Forces. In: DEMARRAIS, Kathleen B., LAPAN, Stephen D. Foundations for

Research: Methods of Inquiry in Education and the Social Sciences. New York: Routledge, 2003.

KNIGHT, Jane. Internationalization Remodeled: Definition, Approaches, and Rationales. Journal of Studies in International Education 2004; 8; 5 DOI:10.1177/1028315303260832

LEITE, Denise; GENRO, Maria Elly Herz. Quo vadis? Avaliação e internacionalização da educação superior na América Latina. In:

LEITE, Denise et.al. Políticas de evaluación universitaria em América Latina: perspectivas críticas. 1a ed. - Ciudad Autónoma de Buenos Aires: CLACSO; Instituto de investigaciones Gino Germani, 2012. Disponível em: http://bibliotecavirtual.clacso.org.ar/clacso/posgrados/20120914120239/Politicasde EvaluacionUniversitaria.pdf. Acesso em: 20 ago. 2016.

LESTER, Richard K. (Associate Provost). A global strategy for MIT. May 2017. Disponível em: http://web.mit.edu/globalstrategy/. Acesso em: 10 fev.2018.

MAXWELL, Joseph A. Qualitative Research Design: An Interactive Approach: 41 (Applied Social Research Methods). 3rd ed. SAGE Publications. Kindle Edition, 2013.

MCCORKEL, Jill A.; MYERS, Kristen. What Difference Does Difference Make? Position and Privilege in the Field. Qualitative Sociology 26(2):199-231, January 2003. DOI: 10.1023/A:1022967012774

MIGNOLO, Walter D. Colonialidade: o lado mais escuro da modernidade. RBCS. Revista Brasileira de Ciências Sociais. Vol. 32 n° 94 junho/2017, volume 32 n. 94 DOI 10.17666/329402/2017

MIANAYO, Maria Cecília de Souza. O desafio do conhecimento: pesquisa social em saúde. Rio de Janeiro: Hucitec-Abrasco, 2000.

MASSACHUSETTS INSTITUTE OF TECHNOLOGY (MIT) - Facts. Disponível em: http://web.mit.edu/facts/faqs.html. Acesso em: 10 fev. 2018.

MOROSINI, Marília C. Internacionalização da Educação Superior:

um modelo em construção? In: AUDY, Jorge L.N.; MOROSINI, Marília C. (orgs.) Inovação e Empreendedorismo na Universidade. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2006, p-189-210, 2006.

PETERS, Michael A. Manifesto for the postcolonial university. Educational Philosophy and Theory, Routlendge, 20 Oct 2017.DOI: 10.1080/00131857.2017.1388660. Disponível em: https://doi.org/10.1080/00131857.2017.1388660. Acesso em: 10 dez. 2017.

PLANNING AND INSTITUTIONAL RESEARCH (PIR) - Office of the

Provost. Disponível em: http://www.columbia.edu/. Acesso em: 3 mar. 2018.

RAYNAUT, Claude. Interdisciplinaridade: mundo contemporâneo, complexidade e desafios à produção e à aplicação de conhecimentos. PHLILIPPI JR, Alindo & NETO, Antonio J. Silva. Interdisciplinaridade em Ciência, Tecnologia & Inovação. Barueri, SP: Manole, 2011. pp.69-105, 2011.

SALMI, Jamil . The challenge of establishing world-class universities. 3rd International Conference on World-Class Universities (WCU-3). 2 - 4 November, 2009 Shanghai, China.

Sponsored by Thomson Reuters, 2009.

SANTOS, Milton. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. Rio de Janeiro: Record, 2015.

SOUSA SANTOS, BOAVENTURA. A Gramática do Tempo: para uma nova cultura política. São Paulo: Cortez. (Coleção para um novo senso comum; v.4), 2006.

SILVA JÚNIOR, João dos Reis. The new brazilian university: a busca por resultados comercializáveis: para quem? Bauru: Canal 6, 2017.

WIELEWICKI, Hamilton de G. e RUBIN-OLIVEIRA, Marlize. Internacionalização da educação superior: processo de Bolonha. Ensaio: Aval.Pol.Públ.Educ. Rio de Janeiro, vol.18, n.67, p215-234, Abr/Jun, 2010.

WIT, Hans de. Globalisation and Internationalisation of Higher Education. Revista de Universidad y Sociedad del Conocimiento (RUSC). vol. 8, no 2, pp. 241-248. UoC. 2011.

WIT, Hand de. Internationalization of Higher Education, Historical Perspective .In: Shin; J. C. & Teixeira, P. (eds.), Encyclopedia of International Higher Education Systems and Institutions. Disponível em:https://doi.org/10.1007/978-94-017-9553-1_222-1, 2018. Acesso em: 10 fev.2018.

ZAJDA, Joseph & RUST, Val (Ed). Globalization and Higher Education Reforms: The Globalization, Comparative Education and Policy Research series (volumes 15). Springer. DOI 10.1007/978-3-319-28191-9, 2016.




DOI: https://doi.org/10.5902/1984644433141

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc - Prédio 16
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação (UFSM) agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

    

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar