Infância, passagens para um flâneur aprendiz

Eduardo Oliveira Sanches, Divino José da Silva

Resumo


Este estudo de natureza teórica tem por objetivo analisar as imagens bejaminianas do flâneur e da infância, aproximando-as, para refletir sobre a ideia de um flâneur aprendiz como uma figura que conserva viva em sua percepção do mundo uma sensibilidade que recusa o discurso linear, o que o leva para o caminho indireto na relação com os objetos cognoscíveis. Desses desvios emerge a aura das coisas, da qual pode-se ter a experiência possível com o moderno; a sensibilidade da criança como equivalente à de um flâneur; e uma compreensão sobre a cultura da criança, sendo constituída, em parte, dos restos da história, à margem da cultura adulta, em outra, pelos desvios originado pela ação da criança em seu protagonismo. O protagonismo da criança e o modo desviante como ela se aproxima das coisas do mundo a dotam das mesmas habilidades do flâneur, segundo as possibilidades da criança, os que nos leva a ideia do flâneur aprendiz. Em termos de método, o limiar formado pela aproximação e jogo de imagens entre essas duas figuras têm o potencial de ampliar a compreensão e a importância tanto da imagem do flâneur como da noção de infância na obra de Walter Benjamin.


Palavras-chave


Infância; Flâneur; Cultura da criança.

Texto completo:

PDF

Referências


BARRENTO, João. Walter Benjamin: limiar, fronteira e método. In: Olho d´água. Revista do Programa de Pós-graduação em Letras da UNESP, São José do Rio Preto, v. 4, n. 2, p. 41-51, jul./dez. 2012.

BARRENTO, João. Limiares sobre Walter Benjamin. Florianópolis: Ed. da UFSC, 2013.

BENJAMIN, Walter. Paris, capital do século XIX. Exposé de 1939. In: Passagens. Belo Horizonte: UFMG; São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2006. p. 53-63.

BENJAMIN, Walter.Walter Benjamin, Sociologia. 2.ed. Trad., introd. e org. Flávio Kothe. São Paulo: Ática, 1991.

BENJAMIN, Walter. O anjo da história. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2013c.

BENJAMIN, Walter. Obras escolhidas II. São Paulo: Brasiliense, 1989.

BENJAMIN, Walter. Reflexões: a criança, o brinquedo, a educação. São Paulo: Summus, 1984. BENJAMIN, Walter. Reflexões: sobre a criança, o brinquedo e o brincar, a educação. São Paulo: Duas Cidades; Ed. 34, 2002.

BENJAMIN, Walter. Rua de mão única: Infância berlinense: 1900. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2013a.

BOTTOMORE, Tom (Org.) Dicionário do pensamento marxista. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001.

BROUGÈRE, Gilles. A criança e a cultura lúdica. In: O brincar e suas teorias. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2002. p. 19-32.

GANGNEBIN, Jeannne Marie. História e narração em W. Benjamin. São Paulo: Editora Perspectiva, 2013.

LÖWY, Michael. Walter Benjamin - Aviso de Incêndio: uma leitura das teses “Sobre o conceito de história”. São Paulo: Boitempo Editorial, 2005.

LÖWY, Michael. Prefácio – Walter Benjamin, crítico da civilização. In: O capitalismo como religião. São Paulo: Boitempo, 2013. p.7-21.




DOI: https://doi.org/10.5902/1984644432833

CONTATO:

E-mail: revistaeducacaoufsm@gmail.com

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Centro de Educação - Lapedoc - Prédio 16
Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária
97105-900 - Santa Maria - RS, Brasil.
Telefone: +55 55 3220 8795

Link: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao


ISSN Eletrônico: 1984-6444

DOI: http://dx.doi.org/10.5902/19846444

Qualis/Capes: Educação A1

Periodicidade: Publicação contínua

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

 

A Revista Educação (UFSM) agradece auxílio recebido por meio do Edital Pró-Revistas, da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, da Universidade Federal de Santa Maria. 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International (CC BY 4.0).

Contador de visitas
click counter
Contador de visitas

Acessos a partir de 30/11/2016

____________________________________________________

    

SalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar