PREMISSAS PARA A ELABORAÇÃO DO PLANO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA A ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL DO BANHADO GRANDE

Aurici Azevedo da Rosa

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/223613087087

A Área de Proteção Ambiental do Banhado Grande - APABG é uma área extensa que envolve uma diversidade de habitats, fauna e flora, além de abranger quatro municípios Viamão, Gravataí, Glorinha e Santo Antônio da Patrulha. Sendo uma APA, ela constitui-se em um tipo de unidade de conservação de uso sustentável. Com poucos anos de existência, ainda é pouco conhecida e sofre com os mais variados tipos de degradação. O presente trabalho pretende elencar pressupostos teóricos e metodológicos que colaborem com a elaboração do Plano de Educação Ambiental para essa unidade. Para tanto, realizou-se uma revisão bibliográfica e duas pesquisas quantitativas; onde, a primeira, teve como objetivo diagnosticar o nível de conhecimento a respeito da APABG e do Refúgio da Vida Silvestre Banhado dos Pachecos - uma unidade de conservação inserida dentro da APA. Essa pesquisa foi realizada na região de Águas Claras/Viamão. A segunda pesquisa foi o mapeamento de ações em Educação Ambiental nos municípios constituintes da Unidade. Com isso, pretendeu-se formar um arcabouço de conhecimentos associados a sua realidade e a toda complexidade das relações ambientais e sociais da região servindo assim, de orientação e embasamento para a elaboração do referido Plano e de proposta para formação de educadores ambientais para a APA visando a sua sustentabilidade. Os pressupostos teóricos se baseiam na formação da cidadania e da consciência ecológica, tendo-se por base a Educação Ambiental Crítica.

Palavras-chave


plano de educação ambiental, sustentabilidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/223613087087

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.