A RELAÇÃO ENTRE DESMOTIVAÇÃO E O PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM

Teresinha de Fátima Souto Almeida, Jerônimo Sartori

Resumo


http://dx.doi.org/10.5902/223613086194

Este artigo busca analisar a influência da desmotivação no processo ensino-aprendizagem, abordando a questão da interdisciplinaridade, como fator de integração no processo de construção do conhecimento; levantando indicadores sobre o que leva professores e alunos a se sentirem desmotivados. Para a análise adotam-se os pressupostos do ensino-aprendizagem, entendendo a educação no seu aspecto interdisciplinar e sua relação com a desmotivação. Para estabelecer um contraponto com o referencial teórico analisado, foi realizado um diagnóstico sobre o contexto escolar, o qual fora sistematizado após a análise sob um olhar crítico e reflexivo, identificando algumas alternativas de soluções para o problema da desmotivação no Ensino Fundamental. Segundo o diagnóstico ficou evidente que a desmotivação leva o aluno à repetência e à evasão escolar, no entanto, acredita-se ser possível reverter o quadro trabalhando na perspectiva da interdisciplinaridade, empregando as tecnologias da comunicação e investindo na formação continuada dos professores para que se reflita na possibilidade de mudar a prática pedagógica, tendo um olhar mais atento às necessidades dos alunos do ensino noturno.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5902/223613086194

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.