RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS COMO TEMÁTICA PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA)

Vanuberci Franco Monteiro da Silva, Elaini Soares de Lima, Arnaldo Gonçalves de Campos, Ronaldo Eustáquio Feitoza Senra

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo compreender as concepções dos educandos do 2°segmento da Educação de Jovens e Adultos – EJA da Escola Estadual Marechal Rondon, acerca dos resíduos sólidos urbanos (RSU). A escola além de ser um centro de referência para esta modalidade educativa permite que o trabalho pedagógico se desenvolva por meio de diversas práticas e experiências diversificadas. A pesquisa descreve uma das experiências pedagógicas desenvolvidas neste contexto da EJA que ocorreu entre o período de novembro de 2013 a setembro de 2014 com 20 educandos, dos quais 08 educandos eram do sexo feminino e 12 do sexo masculino. A metodologia adotada no desenvolvimento da pesquisa foi o estudo de caso e  utilizou-se de vários instrumentos para a coleta de dados tais como observação participante e questionários, além da realização de uma  intervenção pedagógica que ocorreu em etapas tais como: apresentação da intervenção à turma; realização de diagnóstico conceitual sobre RSU; aulas teóricas sobre a temática; oficina sobre os 3 Rs (reduzir, reutilizar e reciclar) e; aula de campo (visita técnica) ao barracão de reciclagem do município. Os resultados obtidos na pesquisa demonstraram que o público pesquisado apresenta baixo nível de conhecimento sobre a temática em questão, que é de alta relevância no contexto da comunidade local, bem como na sociedade geral. Entretanto, percebe-se também, que ao trabalhar com uma problemática de alcance local, de maneira adequada, temas como Resíduos Sólidos Urbanos passam a ganhar maior importância no processo de construção de conhecimento desses educandos. Além disso, oportuniza-se ainda o protagonismo do indivíduo, abrindo espaço para a formação de cidadãos muito mais comprometidos com as causa sociais ao seu entorno.


Palavras-chave


Ciências naturais; Resíduos sólidos urbanos; Educação de Jovens e Adultos – EJA

Texto completo:

PDF

Referências


ADEODATO, Marise Tissyana Parente Carneiro. Análise das estratégias do projeto para incorporação de princípios e indicadores da sustentabilidade em políticas públicas no município de Jaboticabal – SP. 2005. 264 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Urbana) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2005.

ANDRADE, M.L.F e MASSABNI, V.G. O desenvolvimento de atividades práticas na escola: um desafio para os professores de ciências. Revista Ciência & Educação, v. 17, n. 4, p. 835-854, 2011.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: Ciências Naturais/Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1998. 138p.

BRASIL. Parâmetros curriculares nacionais: Ciências Naturais/Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1998. 138p.

BRASIL. Lei nº 12.305 de 02 de Agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei n 9.605, de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências. Diário Oficial da União 2010; 3 ago. [acessado 20/10 de 2014 ]. Disponível em: http://www.mncr.org.br/box_2/instrumentos-juridicos/leis-e-decretos-federais/Lei%20%2012.305-2010%20Politica%20de%20Residuos%20Solidos.pdf/view.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2002.

FREIRE, Paulo. Naõ há Docência sem Discência - acessado 05/01/15

Disponível em: https://sites.google.com/site/pibidifpi/.../nao-ha-docencia-sem-discencia

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. Ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GOUVEIA, Nelson. Resíduos sólidos urbanos: impactos socioambientais e perspectiva de manejo sustentável com inclusão social. Ciência & Saúde Coletiva, 17(6):1503-1510, 2012.

LOZANO, Marisa Cubas. Um olhar para a gestão de resíduos sólidos urbanos a partir de indicadores de sustentabilidade. (Dissertação de Mestrado) Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental/ Universidade Federal de São Carlos, 2012.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 7 ed. São Paulo: Atlas, 2010.

NARCIZO, Kaliane Roberta dos Santos. Uma análise sobre a importância de trabalhar Educação Ambiental nas escolas. Rev. eletrônica Mestrado em Educação Ambiental. ISSN 1517-1256, v. 22, janeiro a julho de 2009.

OLIVEIRA, M. M. de. Como Fazer projetos, monografias, dissertações e teses. 5 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011.

OLIVEIRA NETO, Raul; SOUZA, Luis Eduardo de; PETTER, Carlos Otávio. Avaliação da gestão integrada de resíduos sólidos urbanos no Brasil em comparação com países desenvolvidos. Revista Monografias Ambientais - REMOA v.13, n.5, dez. 2014, p.3809-3820.

SOUZA, Ricardo Gabbay; CORDEIRO, João Sérgio. Gestão estratégica de resíduos sólidos: utilização do balanced scorecard. planejamento e políticas públicas | ppp | n. 32 | jan./jun. 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.5902/2236130820456

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.